Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

Votação da reforma da Previdência é adiada para maio

0

O relator da matéria, deputado Arthur Maia (PSB-BA), deve ler seu parecer na próxima quarta-feira (26/4).

Pressionado pela oposição na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (19/4) o governo federal aceitou adiar em uma semana a votação da reforma da Previdência Social na comissão especial. Assim, a discussão e a avaliação do parecer do relator do texto, deputado Arthur Maia (PSB-BA), ficará para maio. O parlamentar deve ler o relatório na próxima quarta-feira (26). As informações são do G1.

A discussão e a votação do parecer estavam previstas para a semana que vem. Agora, ficou estabelecido que Maia fará a leitura do seu parecer no final desta quarta (19), provavelmente, após as 18h. Na semana seguinte, haverá somente o debate sobre o conteúdo. A votação do relatório ficará para a primeira semana de maio, a partir do dia 2.

A mudança no calendário, porém, não afeta o prazo previsto pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para a votação no plenário, que é a partir de 8 de maio.

Parecer
A leitura do parecer do deputado Arthur Maia sobre a reforma foi suspensa às 12h48 desta quarta-feira (19/4), para que os integrantes da Comissão Especial pudessem participar da votação, no plenário da Câmara, dos destaques do projeto que cria um Regime de Recuperação Fiscal (RRF) para estados em calamidade financeira. A previsão é de que a leitura do relatório na comissão seja retomada após as 18h.

Essa previsão, porém, é considerada muito otimista por deputados da base aliada. Isso porque serão votados no plenário pelo menos 19 destaques do projeto que cria o RRF. O texto-base da proposta já foi aprovado na noite dessa terça-feira (18).

Fonte: metrópoles.com

 

Comentários
Carregando