fbpx
“Vou estuprar sua mulher e filhas”, dizem ameaças a ex-jogador do Corinthians

Matías Defederico atualmente joga no Equador e está cobrando uma dívida do Independiente, da Argentina. E isso tem lhe causado muita dor de cabeça

Lembra do meio-campista argentino Matías Defederico? Ele foi contratado pelo Corinthians em 2009, jogando muito pouco na equipe alvinegra e sendo emprestado para outros clubes nos anos posteriores – seu contrato acabou em 2013. Atualmente aos 27 anos de idade, ele defende as cores do Universidad Católica, do Equador, time que vai disputar a Copa Sul-Americana.

Em um desses empréstimos feitos pelo Corinthians, o atleta atuou pelo Independiente, do seu país, entre 2011 e 2012, e essa passagem tem causado muita dor de cabeça a Defederico . Ele deixou o time de Avellaneda em litígio e recentemente cobrou salários atrasados, mas tem gente que não gostou.

O jogador divulgou nas suas redes sociais uma mensagem de texto que recebeu pelo aplicativo Whatsapp, onde uma pessoa não identificada faz ameaças gravíssimas. “Vou estuprar a sua mulher e as suas filhas por você estar processando o clube que te deu de comer. Tomara que você morra incapacitado jogando futebol”, dizia o forte texto enviado, supostamente, por um torcedor do Independiente.

Confira a mensagem:

Defederico é casado com Cinthia Fernandéz, com quem tem três filhas pequenas. Apesar de ele jogar e morar no Equador, a sua mulher ainda vive na Argentina, onde trabalha em produção de programas de televisão.

Sua carreira

Revelado no Huracán, o meia-atacante Matías Defederico chegou ao Corinthians em 2009, como grande esperança. Não vingou. Ele também defendeu as cores dos argentinos Independiente, novamente do Huracán e Nueva Chicago, além de atuar em outros centros do planeta, como Al Dhafra (Emirados Árabes Unidos), Eskisehirspor (Turquia), San Marcos de Arica (Chile) e Mumbai City (Índia), até chegar ao futebol equatoriano.

Do IG

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta