fbpx
Whindersson Nunes reclama de haters do Piauí: “Não sei que mal eu fiz”

Humorista desabafou após ser vítima de comentários de ódio

Whindersson Nunes cansou de receber mensagens de ódio de pessoas de seu estado natal, o Piauí, e resolveu desabafar com uma sequência de tweets na noite de terça-feira (22/8).

Natural de Palmeira do Piauí, mas criado em Bom Jesus, Whindersson resolveu fazer o desabafo após ser novamente alvo de críticas nos comentários feitos por leitores de um dos maiores portais do Piauí, o 180graus:

Os comentários de ódio surgiram no Facebook do portal, em uma notícia sobre a decisão da 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, especializada na defesa dos direitos do consumidor, que determinou que o youtuber terá que fazer um show gratuito, no Abrigo São Lucas, para reparar os “danos ou prejuízos causados às pessoas que adquiriram ingressos para o show ‘Proparoxítona’, realizado em abril de 2017”.

Em sua coluna sobre famosos no portal, a jornalista Amanda Santos saiu em defesa de Whindersson Nunes, deixando claro que o 180graus não compactua com a conduta dos leitores que ofenderam o youtuber, escrevendo coisas como:

“O piauiense por muito tempo foi acostumado a escutar que seu estado era muito pobre, que as pessoas eram feias, que o Piauí não ia pra frente, mas parece que quando alguém se destaca, as outras não aceitam, como se as pessoas sempre tivessem que viver na miséria.”

As informações são da revista Capricho

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta