Zeca Pagodinho se irrita, e tira foto à contragosto com Doria no Anhembi

Cobiçado nos camarotes da Prefeitura e do Bar Brahma, no Sambódromo do Anhembi, o prefeito João Doria (PSDB) não teve o mesmo prestígio com o cantor Zeca Pagodinho.

O prefeito de São Paulo decidiu ir ao camarote Bar Brahma, que fica ao lado do camarote da cidade, nessa segunda noite de desfiles das escolas do Grupo Especial, após convite do empresário Álvaro Aoas, dono do camarote.

Doria foi parado diversas vezes por foliões para tirar fotos, mas quando chegou na área reservada ao sambista não teve a mesma recepção.

Irritado com a presença do tucano, Zeca se recusava a tirar uma foto com o político. Foi necessário a intervenção do dono do camarote, que fez um pedido ao cantor.

O prefeito de São Paulo, João Doria, conversa com Zeca Pagodinho no camarote no Anhembi (Foto: Tatiana Santiago/G1)

Após muita negociação das duas assessorias, Zeca concordou com a foto, mas com uma condição, queria a presença do ex-jogador Amaral, caso contrário, não posaria.

Extremamente irritado, Zeca gesticulava com as mãos e fazia sinal de negativo com a cabeça antes da aproximação de Doria. Quando o prefeito lhe deu a mão, Zeca não fez cara de muitos amigos e ficou com a cabeça baixa. Eles trocaram poucas palavras e o encontro durou menos de um minuto.

Questionado sobre o mal estar, Doria negou e disse que estava tudo normal.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta