Cunha diz que decisão sobre impeachment pode não sair hoje

Deputados criticam data escolhida para votar cassação de Cunha

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 30, que “provavelmente” não decidirá hoje se irá deferir ou não os principais pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff protocolados na Casa. De acordo com o peemedebista, o anúncio deve ser adiado para que sua decisão sobre os pedidos de afastamento da petista não seja confundida com as denúncias de que ele teria recebido R$ 45 milhões do BTG Pactual para aprovar emenda à Medida Provisória que beneficiava a instituição financeira.

“Vou me debruçar sobre isso, mas, obviamente, esse assunto aqui (denúncia de favorecimento ao BTG em emenda à MP) tem que primeiro ficar muito bem claro, para não confundir a minha decisão com esse assunto”, afirmou em entrevista coletiva. Para ele, o fato de ele ter anunciado na última quinta-feira, 26, que iria decidir hoje sobre os pedidos de saída de Dilma pode ter motivado o vazamento da denúncia contra ele. “Então, provavelmente eu não decidirei hoje em função disso, mas é minha intenção decidir”, emendou, sem dizer quando deverá fazer o anúncio.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Como divulgado ontem na imprensa, documento colhido em buscas feitas na casa de Diogo Ferreira, assessor do líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), cita pagamento feito a Cunha para aprovar emenda em MP que beneficiaria o BTG Pactual, de André Esteves. O banqueiro e o senador foram presos na última quarta-feira, 26, sob acusação de estarem tentando atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. O texto aparece no verso de um documento que seria o roteiro de uma das reuniões em que Delcídio tentou comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

“Em troca de uma emenda à medida provisória número 608, o BTG Pactual, proprietário da massa falida do banco Bamerindus, o qual estava interessado em utilizar os créditos fiscais de tal massa, pagou ao deputado federal Eduardo Cunha a quantia de R$ 45 milhões”, diz o texto.

Ainda segundo o escrito no documento: “Pelo BTG, participaram da operação Carlos Fonseca em conjunto com Milthon Lyra. Esse valor também possuía como destinatário outros parlamentares do PMDB. Depois que tudo deu certo, Milton Lyra fez um jantar pra festejar. No encontro tínhamos as seguintes pessoas: Eduardo Cunha, Milton Lyra, Ricardo Fonseca e André Esteves”.

Multa

Cunha disse também que não recebeu nenhuma notificação sobre pagamento de multa à Justiça da Suíça e o valor cobrado se referia à custa processual. “Não existe multa, isso é custa de processo. Custa processual é uma coisa, multa é outra. Não tem nenhuma notificação de multa”, rebateu.

O peemedebista foi obrigado a pagar R$ 22,3 mil à Justiça daquele país por tentar impedir que os extratos de suas contas fossem enviados ao Brasil. Documentos obtidos pelo jornal O Estado de S.Paulo confirmam que o Tribunal Penal Federal da Suíça constatou que Cunha, sua mulher Cláudia Cruz, e seu truste usaram o mesmo advogado e os mesmos argumentos no esforço de impedir que seus dados bancários fossem encaminhados ao Brasil e que o caso fosse julgado pela Justiça brasileira.

Cunha disse que o recurso não é conhecido, possivelmente porque não é residente naquele País, e explicou que custa é imposta a quem não obteve sucesso na demanda judicial. Segundo ele, não houve decisão de mérito em relação à matéria. “O que houve foi atribuição de custa pelo não conhecimento de recurso”, reiterou. Com informações do Estadao Conteudo.

Proteste aciona Ministério das Comunicações contra bloqueio do WhatsApp

ele pediu essa semana... mas se prontificou de ir na imobiliária

A associação de consumidores Proteste deve protocolar na próxima terça-feira, 1, no Ministério das Comunicações, em Brasília, mais um documento contra medidas regulatórias que permitam que as operadoras bloqueiem o aplicativo. A campanha “Não calem o WhatsApp” teve a adesão de 51,6 mil consumidores e pede que sejam garantidos os direitos de uso dos apps de voz.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]No documento, a Proteste pede que o ministério atue para garantir os direitos estabelecidos com o Marco Civil da Internet. “O bloqueio desses serviços, por alegada concorrência com o serviço de telefonia, desrespeita as garantias de neutralidade e prestação adequada do serviço, em prejuízo de milhões de consumidores. Mesmo utilizando o número de celular do usuário, o serviço de voz do WhatsApp é oferecido por meio da internet, não se tratando de uma ligação tradicional, e se dá por meio de pacote de dados, que é diferente de uma ligação da telefonia”, explica a associação em um comunicado divulgado nesta segunda-feira.

De acordo com a Proteste, as questões contratuais relativas à conexão e aos aplicativos deve ser resolvida com base no Marco Civil da Internet e no Código de Defesa do Consumidor. “[o aplicativo] está fora das atribuições da Agência Nacional de Telecomunicações , a Anatel, restrita às telecomunicações”, conta a associação.

Maika, a esposa, visita Delcídio e defende a delação premiada; filha sai em defesa em artigo

A esposa do senador Delcídio sempre foi uma mulher de atuação marcante na trajetória do marido.
Com  elegância, nas campanhas políticas ia pra rua, fazia caminhada, colava adesivos e participava decisivamente de todas as movimentações.
No exercício dos mandatos, sempre foi voz ativa, orientando e opinando.
[su_frame align=”right”] [/su_frame]Há muito tempo ela pede que Delcídio saia do PT. Por certo, entendia que o PT tinha tomado um rumo tortuoso e impopular, cabendo aos bons caírem fora. Ela Estava certa. Delcídio não ouviu Maika, não abandonou o PT e agora, numa atitude até desumana, foi abandonado pelo partido e tratado como ‘imbecil’ e ‘idiota’ pelo ‘presidente de honra’, o ex-presidente Lula.
Diante disso, Maika está convencida de que a única saída para o marido, é tentar um acordo de delação premiada com o Ministério Público.
Ela já, inclusive, teria discutido o assunto com o advogado do senador.
Delcídio, por sua vez, já teria também iniciado conversações nesse sentido. Está magoado, pois um partido que apoiou Delúbio e Vaccari, simplesmente o largou na ‘beira da estrada’, sem sequer ouvi-lo.
Filha de Delcídio sai em defesa do pai
A jornalista Lívia Martins do ‘Jornal da Cidade Online’ publicou o artigo intitulado ‘Delcídio, e agora? O que vai dizer para suas filhas?’ (o artigo foi apagado do jornal). Uma das filhas do senador, não satisfeita com o conteúdo,  pediu que fosse publicado um texto de sua autoria, rechaçando o artigo mencionado. Abaixo a íntegra:
Lívia Martins,
Não sei nem te dizer o que senti lendo essa “matéria” desnecessária que você se deu ao trabalho de fazer.
“Provavelmente, já constataram que o pai não é herói, é bandido”: Provavelmente não. A senhora está muito enganada e deveria medir suas palavras.
O meu pai é e sempre será o meu herói, a minha fortaleza e tenho orgulho de dizer que ele é o exemplo da minha vida!
Tenho mais uma correção a fazer a tanta baboseira que você escreveu: “Óbvio, acreditavam no caráter, na postura, no homem, no candidato, no pai, para elas um grande herói.”
Eu não acreditava, eu acredito e tenho certeza do carater, postura e grande homem que o meu pai é. Acho engraçado você querer perder seu tempo se perguntando o que eu e minha irmã estamos sentindo agora, se quiser eu mesma posso te responder ao invés de você tentar deduzir erroneamente!
Se a sua preocupação é saber se estamos envergonhadas, a resposta é: Não estamos.
Se a sua preocupação é saber se ainda admiramos ele, a resposta é: Admiramos muito.
E ah, antes que eu me esqueça, ele não precisa me dizer nada! Nós somos família e ele não precisa me explicar a pessoa maravilhosa que ele é.
Lamento sua postura!
Pode postar onde você quiser isso, será um prazer as pessoas verem o quanto o amo!
Abraços e desejo que você seja mais humana,
Maria Eugênia Amaral (orgulhosamente, filha do senador Delcidio do Amaral)
As informações são do jornal da Cidade Online

PT deve expulsar Delcídio na sexta-feira

O PT vai expulsar Delcídio Amaral na sexta-feira. Rui Falcão, presidente da legenda, no site do partido, escreveu o seguinte:

“A Comissão Executiva Nacional do PT discutirá quais medidas serão adotadas a respeito das violações éticas que o senador Delcídio do Amaral cometeu e que se comprovam por uma gravação cuja autenticidade foi reconhecida por ele mesmo.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]É inquestionável que o senador Delcídio traiu a confiança do PT, do governo Dilma, de quem era líder do Senado, e frustrou o seu próprio eleitorado.

Todos sabemos que há uma seletividade nas investigações da Lava Jato, como também são nítidas as manobras para criminalizar o PT como instituição.

Nada disso, contudo, exime o senador do delito de usar seu cargo em benefício próprio, com prejuízos para o PT, o governo e o próprio País, sobretudo ao cogitar o suborno e a fuga de um criminoso que estaria colaborando com a Justiça”.

A expulsão do senador agrava ainda mais as relações entre ele e o partido. A esposa de Delcídio, Maika, afirmou que quer que o marido faça delação premiada e “entregue geral”. De acordo com a coluna Radar, de Veja, ela estaria “dinamitando” qualquer ponte entre o PT, Lula, o Planalto e seu marido. “quero Delcídio em casa no natal”, disse ela. O senador era líder do governo e um dos homens mais influentes da República. Se tem alguém que pode implodir Dilma e Lula é Delcídio Amaral.

Com informações do blog O Antagonista

OAB Rondônia comemora 105 anos de instalação do monumento histórico “As Três Caixas D’Agua”

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO), lembra que nesta segunda-feira (30), comemora-se os 105 anos de instalação do monumento histórico e hoje um dos principais pontos turísticos da capital rondoniense “As três caixas d’água”.

O cartão postal de Porto Velho foi projetado e construído pela Chicago Bridge & Iron Works, de Chicago-Estados Unidos, para servir as obras da Estrada de Ferro Madeira Mamoré e à população da época. A primeira foi instalada no ano de 1910 e em 1912 as outras duas. Funcionaram até a década de 1950.

Também conhecida como as “Três Marias”, a obra retrata a história de Porto Velho e é conhecida e admirada nacionalmente, sendo inclusive símbolo da bandeira do município.

A OAB/RO, ao comemorar esta importante data, lembra dos árduos trabalhadores que, vindos de vários estados do país, ajudaram a construir o monumento que hoje marca o crescimento da capital.

Deputado Luizinho promove intercâmbio com produtores rurais

Estiveram reunidos em Vilhena, na última semana, 74 produtores rurais de Alvorada do Oeste, onde participaram de intercâmbio entre produtores rurais promovidos pelo deputado Luizinho Goebel (PV) e a Prefeitura de Alvorada, através do prefeito Ranieri Fabris (PP) e a Secretaria de Agricultura daquele município.

O grupo participou de palestras em indústrias, em Dia de Campo, visitaram produções de florestas plantadas e de hortifruticulturas, viveiros de mudas, entre outros setores produtivos.Luizinho Goebel

A agenda teve início na tarde de quinta-feira (26) quando o grupo de produtores participou de uma palestra na indústria Rical sobre o processo produtivo do arroz, as peculiaridades de sua cultura e o processo industrial do alimento.

Na sequência visitaram a Chácara Zonta, que além de produzir verduras e legumes também investe na produção de Gérberas e Rosas. Na Horticultura Vitória eles conheceram o processo de produção de hortifrutigranjeiros e encerraram o primeiro dia de intercâmbio conhecendo a criação de pescado no Pesque e Pague do Roque.

Na manhã de sexta-feira (27) os pequenos produtores visitaram o Reflorestamento Mirian onde está a maior floresta plantada do Estado com a produção seletiva de Pinus e Eucaliptos. Também participaram de palestra sobre o controle de doenças em olerículas (produção de legumes) através do processo de enxertia, evento promovido pela Emater-RO e que contou com a participação do Secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani.

Luizinho Goebel2Em seguida conheceram o processo produtivo de mudas de Pinus e Eucalipto no Viveiro Vale Verde Florestal. Encerraram o intercâmbio no período da tarde conhecendo o processo de confinamento de gado na Fazenda Bagatolli.

“Nossa vinda à Vilhena para conhecer o setor produtivo foi bastante importante.

Nossa realidade em Alvorada é diferente daqui, mas percebemos que podemos aproveitar muitas coisas que vimos e aprendemos para melhorar nossa cultura agrícola”, disse o produtor e vereador Paulão da 90 (PV).

Também participaram dos eventos os vereadores Jonacir Casteluber (PP) e Beto do Taxi (PP), além do prefeito Ranieri Luiz (PP) e da secretária municipal de Agricultura de Alvorada, Juliana Cândido.

Falando em nome dos produtores ela exaltou a iniciativa do deputado Luizinho acrescentando que os produtores voltarão para Alvorada, com mais conhecimentos sobre várias culturas do setor produtivo e com nova visão do setor.

O deputado Luizinho Goebel, defensor da agricultura como a grande indústria de geração de mão de obra e renda em Rondônia, pontuou que tão importante quanto aplicar o conhecimento que receberam durante o intercâmbio é repassá-lo para os filhos para que eles possam perpetuar a riqueza na área rural mantendo o ciclo produtivo no campo.

Para o parlamentar, os agricultores aprenderam nesses dois dias técnicas para produzir mais e melhor em pequenas áreas de terra sem necessitar ampliar a área a ser cultivada. Agora é “aplicar corretamente as técnicas ensinadas e envolver a família neste processo produtivo”.

Maurão de Carvalho entrega ambulância para distrito de Migrantinópolis

Os moradores do distrito de Migrantinópolis, em Novo Horizonte do Oeste, na Zona da Mata, passam a contar com os serviços de uma ambulância, entregue nesta sexta-feira (27), pelo presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), autor da emenda que garantiu a compra do veículo.

A entrega, com a presença do prefeito Varlei Gonçalves (PSDB), do vice-prefeito Kléber Fermino (PTB) e os vereadores Dorvalino Rodrigues (PTB) e Ronaldo Delazari (DEM), ocorreu em frente ao Centro de Saúde do distrito.

“O vice-prefeito Kléber e o vereador Dorvalino me apresentaram o pedido e destinei os recursos, trabalhei pela liberação e agora estou participando da entrega dessa ambulância, que vai beneficiar a todos do distrito”, relatou Maurão.

O prefeito reconheceu o apoio do deputado e o esforço do vice-prefeito e do vereador Dorvalino. “Fizemos o projeto e demos a nossa contrapartida, para assegurar a aquisição dessa ambulância, que vai atender exclusivamente ao distrito de Migrantinópolis”, afirmou.

Kléber Fermino agradeceu ao deputado pela emenda. “Passamos dificuldades aqui com a falta de ambulância e agora isso está superado, com a chegada da nova ambulância, assegurada com a emenda do deputado Maurão”.

Na solenidade, também houve a entrega de dois tratores para atender associações de produtores rurais do município.

Telefone celular

Sonho antigo dos moradores do distrito, a telefonia celular está perto de se tornar realidade. “Após interrupções, o projeto está na reta final. A torre está instalada, tem energia elétrica e o compromisso da empresa de telefonia é de liberar o sinal até o final deste ano”, acrescentou Maurão.

O vice-prefeito destacou a importância do sinal de celular para atender Migrantinópolis. “Vai ter telefonia móvel, que é um sonho dos moradores e graças à intervenção do deputado Maurão, vamos ter esse benefício até o final do ano”, disse Fermino.

Escola ampliada

O presidente visitou as instalações da Escola Sarah Kubitschek, conhecendo as necessidades da unidade escolar. Ele recebeu o pedido de uma emenda para contribuir com a ampliação da unidade escolar, que deverá atender cerca de 400 alunos no próximo ano.

“O prefeito e o vice-prefeito me solicitaram uma emenda para ajudar na construção de cinco salas de aula e de um refeitório. De pronto acatei o pedido e vou incluir nas minhas emendas do próximo ano”, relatou o presidente Maurão de Carvalho.

Maurão pede liberação ambiental para melhoria de estrada na capital

 

Após se reunir em seu gabinete com um grupo de moradores da Linha C3, que fica a 17 km de Porto Velho, no sentido Humaitá (AM), pela BR 319, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), apresentou indicação para que o governo, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), autorize a recuperação da estrada.

No local residem pelo menos 65 famílias e o prejuízo é grande para todos, pois sem estrada trafegável não podem retirar os produtos que cultivam no pequeno pedaço de terra.

“A área é uma reserva extrativista, mas a Sedam já liberou os serviços de recuperação nas estradas das linhas C1 e C2, restando apenas a C3 para ser recuperada. A autorização precisa ser dada de imediato, antes que o inverno aumente de intensidade e o trabalho fique inviável”, disse Maurão.

No local, é produzida muita macaxeira, que abastece ao mercado de Porto Velho. “Vendemos o produto para as feiras livres e mercados da capital, mas sem estrada não podemos escoar a nossa produção”, relatou o presidente da Associação de Produtores Rurais Extrativistas da Linha C3, Gilberto Barbosa, durante encontro com o parlamentar.

Cerveró presta depoimento em Curitiba

Cerveró amplia delação na Lava Jato e envolve ex-governador de MT

O blog O Antagonista informa que Nestor Cerveró presta depoimento agora em Curitiba ao juiz auxiliar Márcio Schiefler Fontes, que trabalha no gabinete de Teori Zavascki. A missão de Fontes é obter detalhes do esquema montado por Delcídio Amaral para impedir a delação de Cerveró.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O juiz também quer detalhes dos 28 temas que Cerveró prometeu entregar em seu depoimento, além de saber como parte da delação do ex-diretor foi parar nas mãos de André Esteves.

Fontes vai produzir um relatório para Teori Zavascki, que decidirá sobre a homologação antecipada da delação de Cerveró.

Edson Martins apoia leilão Direito de Viver em Urupá

O Deputado Estadual Edson Martins (PMDB), 1º Vice-presidente da Assembleia Legislativa, participou no último fim de semana do Primeiro Leilão Beneficente Direito de Viver no município de Urupá.

Foi o primeiro evento do gênero organizado pelos voluntários de Urupá para arrecadar recursos para o Hospital de Câncer de Barretos.

Durante o evento o deputado Edson Martins cumprimentou as famílias que estavam presentes, aproveitou para rever amigos da região e parabenizou os organizadores do leilão.

“É muito importante essa iniciativa das famílias de voluntários, doadores e familiares dos pacientes do Hospital do Câncer”, destacou.

Edson Martins também destacou o trabalho da entidade que atende pacientes de todo o país, especialmente de Rondônia.

“O trabalho dos voluntários, das entidades é muito importante para o Hospital do Câncer. Rondônia é o estado mais solidário”, informou.  O deputado frisou que o Estado é o que mais organiza eventos beneficentes para ajudar nos custos de tratamento de milhares de pessoas feito todos os anos pelo Hospital do Câncer. Edson Martins lembrou que no ano passado foram mais de 12 milhões de reais em doações arrecadadas em leilões e outros eventos em todos os municípios.

De acordo com os organizadores, o 1º Leilão Direito de Viver em Urupá arrecadou mais de 500 mil reais em doações.

Edson Martins comemorou a participação de Urupá nessa corrente da solidariedade.

“Estou muito feliz pois o povo de Urupá sempre foi solidário e mais uma vez demonstrou seu apoio a essa causa tão nobre” finalizou.