Coluna – Ladrão invade casa de deputado e ele joga celular no vaso achando que é a PF

Coluna Painel Politico, jornalista Alan Alex

E ainda, pedido de vista atrasa julgamento de registro de candidatura de ex-prefeito Roberto Sobrinho no TRE

Tá difícil

Um pedido de vistas feito pelo desembargador Walter Waltenberg deu mais “um dia de vida” ao ex-prefeito Roberto Sobrinho, que tenta obter seu registro na Justiça Eleitoral. O sistema brasileiro chega a ser irresponsável com tamanha demora em julgar alguns casos. A situação de Roberto, por ser complicada, deveria ter sido prioritária na lista de julgamentos, e ter iniciado logo que foi protocolado o pedido de registro. A demora compromete o sistema e favorece os candidatos complicados com a justiça. Agora, mesmo que o procedimento encerre nesta quarta-feira, o candidato do PT constará na urna eletrônica e confunde o eleitor menos informado.

Além disso

O caso de Roberto já foi “pisado e repisado”, todos os juízes conhecem o processo de trás para a frente, não resta nenhuma dúvida sobre a condenação dele em segundo grau, o que automaticamente o elimina de ser candidato. São por causa dessas “interpretações” da legislação que o Brasil está uma verdadeira zona. Mas, vivemos em um país onde o representante do guardião máximo da Constituição, presidente do Supremo Tribunal Federal “interpreta” a lei como bem entende, o que não farão os estão abaixo na  hierarquia?

Em Vilhena

Um grupo de “aloprados” capitaneados pelo ex-prefeito Melki Donadon invadiu uma gráfica que imprime o jornal Rondoniagora e proibiu os profissionais da gráfica de concluírem o trabalho. Melki é irmão do ex-deputado federal cassado e cumprindo pena Natan Donadon e do ex-deputado estadual foragido da justiça Marcos Donadon. A esposa de Melki, Rosane, tenta disputar a prefeitura, mas ela tem tantos problemas na justiça quanto seus cunhados.

Já viu?

Se não viu, clique AQUI

Quem deve…

Deputado estadual está em casa com a esposa e uma visita que, conversa vai, conversa vem, entra pela madrugada. Em determinado momento, eles ouvem um barulho nos fundos da casa. A mulher sai correndo da sala, pega documentos e papéis e corre para o banheiro. O marido também corre para outro banheiro e joga dois celulares no vaso. A visita assiste a tudo atônita. O casal achava que era a Polícia Federal, mas era só um ladrão. O casal ficou aliviado quando descobriu que o sujeito roubou apenas a televisão que ficava na área externa, nos fundos da casa. A visita não voltou mais, ficou com medo de, da próxima vez, ser a polícia de verdade.

E no DER

A situação está cada vez mais complicada desde que Ezequiel Neiva assumiu a direção do órgão. Para fazer politicagem e se auto-promover, atendendo também os pedidos dos deputados para “colocar alguém em algum lugar”, foram contratados centenas de “emergenciais”. Essas contratações deveriam ser olhadas com lupa. Pior que os trabalhos não avançam, obras importantes como o anel viário de Ji-Paraná se transformaram em chacota, tal qual os viadutos de Porto Velho (esses de responsabilidade do governo federal). E quem sofre com esse foguetório é a população.

Enquanto isso

Um adesivaço marcado entre amigos na tarde desta terça-feira em Porto Velho levou para a superintendência da Polícia Federal em Porto Velho cerca de 20 pessoas após alguém ter feito uma denúncia anônima afirmando que estavam comprando votos em troca de gasolina para o candidato Léo Moraes. Na PF a situação ficou esclarecida e todos foram liberados, era, de fato, uma ação entre amigos sem nenhuma conotação de compra de votos.

Para Léo Moraes

A denúncia foi feita por adversários que estão “desesperados” e deram início ao “mimimi”. O candidato ressaltou que a Polícia Federal e o Ministério Público Eleitoral prestam um grande serviço e que a prática da compra de votos deve ser combatida com firmeza, “quero renovar a política, chega desse tipo de coisa”, declarou.

Narizinho dançou

Gleisi Hoffmann, também conhecida como “narizinho” virou réu no STF junto com o marido, ex-ministro Paulo Bernardo. A senadora petista vai ter que dar muitas explicações sobre supostas propinas recebidas em esquemas da Petrobrás.

Obra suja

E a Santo Antônio apareceu na planilha da Odebrecht como obra que pagou propina para agentes públicos. Nos próximos dias deveremos ter novidades sobre quem são essas figuras que andaram se lambuzando em Rondônia com o propinoduto…

Clínica Mais Saúde informa – Sucesso de vendas, pulseira fitness não faz perder peso

Popular entre as pessoas que querem emagrecer e os aficionados de exercícios, as pulseiras fitness, aquelas que rastreiam a atividade física dos usuário, não contribuem para a perda de peso. De acordo com um estudo publicado na terça-feira no periódico científico JAMA, quando o objetivo é emagrecer, seguir um simples plano alimentar e de exercícios é mais eficiente do que o uso do dispositivo. Vendida com a promessa de ajudar na perda de peso, a  pulseira fornece informações sobre a quantidade de passos dados etapas, atividade física realizada e informações precisas sobre o seu consumo de energia – quantas calorias você está queimando no dia. Além disso, ela tem uma interface on-line que permite ver esses dados de uma forma muito mais detalhada. É possível também acompanhar a dieta.

PF detém cerca de 20 que estavam adesivando carros com nome de Léo Moraes

“Adesivaço” foi marcado por amigos e denúncia anônima levou a PF até o local

Na tarde desta terça-feira a Polícia Federal deteve cerca de 20 pessoas que estavam adesivando carros com o nome do candidato a prefeito de Porto Velho Léo Moraes (PTB), na Avenida Rafael Vaz e Silva com Paulo Leal. A ação havia sido combinada pelo assessor da Assembléia Legislativa lotado em gabinete de um deputado de Ariquemes, conhecido como “Ricardo Goiano”.

A PF foi acionada através de uma denúncia anônima que informava uma suposta compra de votos. Ao chegar no local, os policiais encontraram a movimentação e levou todos para a superintendência. Quatro pessoas, escolhidas aleatoriamente ficaram para prestar depoimentos e as demais foram liberadas. Todos confirmaram que eram amigos de Goiano e estavam adesivando no local combinado, mas que não estavam recebendo nada em troca.

O candidato Léo Moraes afirmou que agradece o apoio que vem recebendo, mas que não sabia da ação entre amigos, “só me resta agradecer esse gesto, eu não conheço o rapaz, mas sei que trabalha com o deputado Saulo e na Assembleia, graças a Deus, a maioria dos deputados me apoia”, explicou Moraes.

O candidato também elogiou a ação da PF, “eu queria que você colocasse na sua matéria que acho importante demais esse trabalho da polícia e do ministério público eleitoral, que prontamente atendeu uma denúncia anônima. Temos mesmo que mudar o jeito de fazer política no Brasil, não compactuo com a compra de votos, que é uma prática abominável”, afirmou.

Os detidos já foram liberados pela Polícia Federal.

 

Pedido de vista no TRE atrasa julgamento do registro de Sobrinho

Votação deve ser encerrada nesta quarta-feira

O Desembargador Walter Waltenberg divergiu de uma parte da leitura do relator Armando Reigota, que durou pouco mais de 30 minutos, e deu por certo seu voto a favor da continuidade da inelegibilidade do ex-prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho, que tenta obter seu registro de candidatura. Porém, Waltenberg pediu para que seu voto fosse adiado “para amanhã”, pois ainda dispunha de dúvidas a respeito do relatório.

Acompanharam de imediato o votos do relator a desembargadora Jaqueline Conesuque Gurgel do Amaral, e o desembargador Glodner Luiz Pauletto, que decidiu emitir seu voto de pronto logo após pedido de vistas pronunciado por Waltenberg, e acrescentou ainda que não entendia o que mais se tem a analisar do relatório que resultou na condenação por crime de improbidade administrativa do ex-prefeito.

Com três votos já declarados, o registro de candidatura fica cada vez mais complicado para o candidato.

Faltam ainda votar o desembargador Walter e os juízes. Jorge Luiz de Moura Gurgel do Amaral e Juacy dos Santos Loura Júnior. Se houver empate o presidente da Corte, Rowilson Teixeira também vota. As discussões devem ser retomadas nesta quarta-feira, até lá a campanha segue normalmente.

Bancários decidem manter a greve; nova rodada acontece nesta quarta

Greve dos bancários completou 3 semanas e é a mais longa da categoria

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desta terça-feira (27) terminou sem acordo, e os bancários decidiram manter a greve. Uma nova rodada de negociações foir marcada para quarta-feira (28), às 15h.

No 22º dia de greve, 13.449 agências e 36 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas, segundo o último balanço da Contraf-CUT. É a greve mais longa já realizada pela categoria dos bancários.

Veja a situação nos estados:

Acre
Segundo o Sindicato dos Bancários do Estado do Acre (Seeb-AC), 48 agências estão com as atividades paralisadas. Durante a greve, apenas nove, das 57 agências, estão funcionando no estado.

Alagoas
De acordo com o Sindicato dos Bancários de Alagoas, cerca de 90% das agências aderiram ao movimento grevista, mesmo número do balanço divulgado na semana passada.

Amapá
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Sintraf) no Amapá, cerca de 650 trabalhadores aderiram à greve, correspondendo a cerca de 70% da categoria e 28 agências tiveram as atividades paralisadas.

Ceará
Houve adesão de 430 das 562 agências no estado, que representa 76,5% do total. O balanço é do sindicato da categoria. Nesta segunda-feira (26), das 259 unidades existentes em Fortaleza, 208 fecharam, ou seja, 80%. Já no interior, das 303 agências, 222 ficaram sem funcionar, que representa 73,2%.

Espírito Santo
A greve dos bancários afeta 353 agências do Espírito Santo, o que representa 78% do total. Na Grande Vitória, estão paralisadas todas as 40 agências da Caixa, 56 entre as 58 agências do Banestes, 43 entre as 44 agências do Banco do Brasil, 15 entre as 15 agências do Santander, 15 entre 15 agências do Itaú, 15 entre 15 agências do Bradesco, uma agência do Banco Safra e cinco entre as cinco agências do HSBC.

No interior, estão fechadas 45 entre as 48 agências da Caixa, 46 das 56 agências do Banestes, 57 das 60 agências do Banco do Brasil, quatro das quatro agências do Bradesco, quatro, das quatro agências do Itaú, duas das duas agências do HSBC.

Goiás
De acordo com o presidente do sindicato, Sérgio Luiz da Costa,”a adesão é muito forte, em bancos como a Caixa Econômica, por exemplo, temos quase 100% das agências sem funcionar”.

Mato Grosso
A greve dos bancários em Mato Grosso completou três semanas com adesão de mais de 270 agências em 100 municípios. Em Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Cáceres, Sinop e Tangará da Serra as agências estão com o atendimento completamente suspenso, segundo balanço do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb-MT).

Mato Grosso do Sul
A greve dos bancários completa 22 dias com 92% das agências fechadas em Campo Grande e região, segundo informou o Sindicato dos Bancários de Campo Grande e região. Das 160 agências, 148 estão sem atendimento ao público.

Minas Gerais
Último balanço do Sindicato dos Bancários de BH e Região informa que 74,6% das agências estavam fechadas para atendimento presencial até esta segunda-feira (26), totalizando 562 das 753 unidades. O sindicato representa trabalhadores na capital mineira e outras 54 cidades.

Pará
A greve nacional dos bancários chegou ao 22º dia nesta com 447 agências públicas e privadas paralisadas em Belém e nos demais municípios do Pará, de acordo com o Sindicato dos Bancários do estado. O número corresponde a 89% do total de agências do Pará, segundo o sindicato.

Paraíba
A adesão ao movimento na Paraíba atinge 90,58% das agências, de acordo com balanço do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no estado (Seeb-PB). Ainda segundo o sindicato, em todo o estado, das 138 agências existentes, 125 aderiram à greve.

Paraná
Ao todo, 837 agências bancárias e 11 centros administrativos fecharam em todo o estado e mais de 21 mil trabalhadores estão de braços cruzados. Em Curitiba e Região Metropolitana (RMC), a estimativa do sindicato é a de que 15,6 mil trabalhadores estão paralisados, o que representa 86% da categoria.

Pernambuco
Das 625 agências existentes no estado, pelo menos 562, ou seja, 90% estão fechadas por causa da paralisação. No dia 16 de setembro, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Pernambuco conseguiu na Justiça uma liminar determinando que 30% das agências voltem a funcionar, no mínimo, duas horas por dia. Em resposta, o sindicato informou que caberia aos bancos cumprir a liminar, mobilizando os funcionários que não aderiram à greve.

Rio de Janeiro
Segundo o sindicato da categoria no Norte Fluminense, 85% das agências permanecem fechadas, porém, mais funcionários aderiram ao movimento: antes, 800 servidores estavam paralisados (81%); agora, 910 funcionários estão de braços cruzados (93%). De acordo com o sindicato da Região dos Lagos, a média é de cinco funcionários atuando em cada agência.

Rio Grande do Sul
De acordo com os bancários, no 21º dia de greve, 1.037 agências ficaram fechadas em todo o Rio Grande do Sul.

Rondônia
Em Rondônia, das 130 agências existentes, 115 permanecem fechadas, segundo o Sindicado dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (Seeb-RO).

Roraima
O Sindicato dos Bancários informou que todas as agências do estado estão paralisadas.

Santa Catarina
Em Santa Catarina, as adesões são maiores nas regiões da Grande Florianópolis, com 2 mil trabalhadores paralisados, Norte, onde são 950 em greve, e Vale do Itajaí, com 800.

Só na Grande Florianópolis, dos 5 mil trabalhadores, ao menos 2 mil  aderiram à paralisação. Em Joinville, no Norte, dos 1,8 mil trabalhadores, cerca de 950 estão em greve. Em Araranguá, são 245 bancários atuantes na região, destes, 140 estão paralisados.

Em Criciúma, no Sul do estado, dos 800 bancários da região, ao menos 650 estão em greve.
Na região serrana, de acordo com o sindicato dos bancários de Lages, são cerca de 470 bancários, dos quais 360 estão em greve. Em Chapecó, no Oeste, o sindicato desconhece o número de adesões ao movimento.

São Paulo
A greve dos bancários fechou 327 agências e departamentos em Campinas e região, nesta segunda-feira (26), segundo sindicato da categoria.

Na metrópole foram afetados 165 unidades de trabalho, incluindo bancos públicos e privados; enquanto outros 162 estão distribuídos em 33 cidades da região, entre elas, Americana, Sumaré, Hortolândia, Amparo, Mogi Mirim, Indaiatuba, Mogi Guaçu, Serra Negra, Valinhos e Vinhedo.

No Centro-Oeste do estado, a adesão da paralisação varia de 80 a 90%. Na Baixada Santista são 295 agências bancárias, sendo 232 fechadas e 63 abertas. Em Santos, são 118 fechadas e 114 nas demais cidades, segundo o Sindicato dos Bancários em Santos e Região.

Na região de Sorocaba, das 293 agências, 247 estão fechadas, segundo o sindicato da categoria. Já em Jundiaí há 57 unidades paradas.

Mogi das Cruzes e Suzano (SP)
A greve continua fechando grande parte das agências do Alto Tietê.  A paralisação começou no dia 6 de setembro. Regina Cardoso de Siqueira, diretora de imprensa do Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e região – que atende também Suzano, Poá, Biritiba Mirim e Salesópolis – estima que por volta de 80 agências estão fechadas na área de atuação da entidade.

Ribeirão Preto e Franca
A greve dos bancários completou três semanas nesta terça-feira (27) e mantém 166 agências fechadas em Ribeirão Preto (SP), de um total de 215, o que representa 77% dos bancos da cidade. Para os clientes que precisam do serviço dos bancos, 49 agências estão funcionando em horário comercial na cidade de Ribeirão Preto.

 

Com G1

Usina de Santo Antônio aparece na lista de “obras sujas” da Odebrecht

Planilhas apreendidas na Operação Omertà listam as propinas

Brasília – Demorou, mas apareceu em uma planilha apreendida pela Polícia Federal durante a Operação Omertà, 35ª fase da Lava Jato, o pagamento de propina para agentes públicos nas obras civis da Usina de Santo Antônio, no rio Madeira, em Porto Velho (RO).

PAINEL POLÍTICO mostrou em 2014 que as usinas haviam pago propina e fizeram doações de campanha naquele ano. Nesta terça-feira, o blog O Antagonista mostrou que os codinomes apontados nas planilhas secretas da empreiteira Norberto Odebrecht, responsável pelas obras da usina em Rondônia estão sendo investigados.

Santo Antônio é listada como "obra suja"
Santo Antônio é listada como “obra suja”

Nos próximos dias os nomes dos agentes públicos que foram beneficiados com o dinheiro das obras em Rondônia deve aparecer.

Semana “fria” em Brasília, até advogado do Sintero sumiu

Direto deBrasília, com Alan Alex e Carlos Terceiro

No programa desta terça-feira, semana “fria” em Brasília, que está quente apenas para o ministro da Justiça que “falou demais”. A entrevista com Raupp foi adiada em função do falecimento da mãe do senador.

E Carlos Terceiro cobra que sejam cumpridos os prazos no caso dos precatórios do Sintero e a o trabalho do advogado do sindicato, que há tempos não se manifesta. Acompanhe a 4ª edição Direto de Brasília:

Projeto de lei cria cadastro nacional de condenados por estupro

Projeto de lei cria cadastro nacional de condenados por estupro

Proposta do deputado Hildo Rocha prevê lista digital com informações sobre pessoas condenadas por crimes de agressão sexual

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 5618/16, do deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), que cria o cadastro nacional de pessoas condenadas por estupro. O cadastro deverá conter as características físicas e dados das digitais dos estupradores, além de informação do DNA e fotos. Para o preso em liberdade condicional, também será necessário constar informação do local de moradia e de trabalho nos últimos três anos.

Pela proposta, a União e demais entes federados definirão como será o acesso às informações e as responsabilidades de atualização e validação dos dados inseridos. O Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), criado pela Lei 10.201/01, custeará gastos com desenvolvimento, instalação e manutenção da base de dados.

Segundo Rocha, a prevenção é a maneira mais eficiente forma de se evitar um crime. “A informação constitui ferramenta essencial, pois permite o planejamento de ações para evitar a ocorrência de eventos criminosos.”

A Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84), ressaltou Rocha, já prevê que quem está em liberdade condicional deve comunicar periodicamente sua ocupação ao juiz e não mudar sem prévia autorização.

Tramitação

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. As informações são da Agência Câmara Notícias.

Em encontro, Temer acerta permanência de ministro da Justiça

Oposição no Senado condena possível indicação de Moraes para o STF

Contudo, o presidente alertou Moraes que não quer a repetição deste tipo de comportamento

Após reunião nesta terça-feira (27) pela manhã, o presidente Michel Temer ratificou sua decisão de manter o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, no cargo depois de suas declarações polêmicas no domingo (25), dizendo que “nesta semana” haveria uma nova Operação da Lava Jato.

No encontro, Temer repreendeu pessoalmente seu ministro pelas declarações dadas em Ribeirão Preto (SP), repetindo as reclamações já feitas no dia anterior por telefone. O presidente alertou seu ministro da Justiça que não quer a repetição deste tipo de comportamento, porque gera desgaste para o Palácio do Planalto.Depois da reunião, Alexandre de Moraes disse a interlocutores que estava tudo resolvido entre ele e o presidente depois da conversa realizada nesta manhã.

Assessores de Temer chegaram a defender sua demissão, mas o peemedebista avaliou que isto iria trazer uma crise pior para o Palácio do Planalto e seria uma admissão oficial de que houve vazamento da Lava Jato.

Alexandre de Moraes foi acusado por petistas de usar politicamente uma informação, de que haveria operação da Lava Jato nesta semana, o que, de fato, ocorreu, quando foi preso nesta segunda (26) o ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil) dos governos Lula e Dilma. Moraes negou ter a informação privilegiada sobre a realização da operação.

Temer disse a assessores que vai realizar o mesmo tipo de conversa com os demais ministros de sua equipe que têm dado declarações que provocam desgaste em seu governo. Na lista, além de Moraes, estão Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), Ricardo Barros (Saúde) e Ronaldo Nogueira (Trabalho).

TSE pune três partidos por falta de propaganda de apoio à mulher

Partidos podem escolher candidatos para eleição municipal a partir de hoje

A decisão do TSE cassou o quíntuplo do tempo, ou seja, cinco minutos de propaganda. Esses cinco minutos, no caso, a partir de agora, serão usados pela Justiça Eleitoral para atender a tal finalidade.

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral cassaram o tempo de propaganda partidária, no rádio e na televisão, dos diretórios estaduais do Partido Progressista (PP) e do Partido Socialista Brasileiro (PSB), ambos do Rio Grande do Sul, e do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) de Minas Gerais. As legendas foram punidas por não terem destinado o mínimo de 10% de sua propaganda para a promoção e difusão da participação da mulher na política.

Como penalidade, os partidos perderam tempo de propaganda equivalente a cinco vezes àquele que deveria ter sido destinado para a promoção da mulher na política. Esse tempo, calculado com base na integralidade do que deveria ter sido destinado pelas legendas para tal finalidade, será usado pela Justiça Eleitoral para promover propaganda institucional destinada a incentivar a participação da mulher na política, conforme proposto pela ministra Luciana Lóssio.

A Lei 12.034/2009 estabeleceu que cada partido político deve dedicar o mínimo de 10% de sua propaganda partidária gratuita para promover e difundir a participação da mulher na política. Os partidos que elegeram mais de cinco deputados federais têm direito à realização de um programa de dez minutos, por semestre. Significa que devem destinar no mínimo um minuto do programa para a promoção da participação da mulher na política.

O ministro Herman Benjamin, em voto-vista no processo do PSB, e a ministra Luciana Lóssio (relatora dos processos do Pros e PP) votaram por penalizar os diretórios estaduais das siglas na obrigação de destinarem o quíntuplo do tempo devido à promoção e à valorização das mulheres na política.

A ministra Luciana Lóssio afirmou que a atual legislação obriga os partidos a destinarem pelo menos 10% da propaganda partidária à participação da mulher na política. Porém, disse que a maioria deles descumpre com muita frequência a norma. “Estamos aqui para tratar de uma política afirmativa, por isso temos que analisar o conjunto. Se ele [o partido] destinou uma das inserções por inteiro, mas, na outra, não, considero que foi descumprida toda a regra”, disse a ministra.

Ainda na avaliação da relatora, a destinação de pelo menos 10% do tempo da propaganda partidária caracteriza um mínimo do que pede a igualdade de gênero. Dessa maneira, ela propôs em seu voto que, “caso exista omissão do partido, ele perderá cinco vezes mais o tempo descumprido. Contudo, para que esse tempo não seja perdido, sugiro que a Justiça Eleitoral o utilize para propaganda institucional”.

Já o ministro Henrique Neves disse que ações afirmativas como essa têm de ser interpretadas com muito cuidado para que seus objetivos possam ser aplicados da melhor forma possível. “Além disso, é importante que o tribunal deixe claro, desde já, que a suspensão do tempo para o semestre seguinte não influencia de modo algum o tempo que deve ser destinado no exercício seguinte à divulgação das mulheres [na política]. Dessa maneira, no semestre seguinte, os 10% devem ser calculados sobre o tempo total que teria direito sem o desconto”, salientou.

 

Respe 12.637, Respe 18.110 e Respe 12.552

Bola de fogo cruza o céu da Austrália e assusta população; vídeo

Fenômeno foi visto na noite de ontem e assustou os moradores de Queensland. Confira o vídeo

Os moradores da parte central de Queensland, na Austrália, foram surpreendidos por um clarão no céu acompanhado de um forte tremor de terra na noite da última segunda-feira. “Um impacto proveniente de um meteoro parece a melhor explicação até o momento para o estrondo e o brilho do fenômeno”, afirmou David Parkinson, professor de cosmologia da Universidade de Queensland ao site local The Gladstone Observer.

Meteoros são produzidos por fragmentos de asteroides que, ao entrarem em contato com a atmosfera da Terra, deixam um rastro brilhante no céu – popularmente conhecido como estrela cadente. A incandescência é resultado do atrito do objeto com o ar, e a onda de choque pode eventualmente resultar em leves tremores.

Uma representante do departamento de pesquisas geológicas do governo australiano, Geosciences Australia, confirmou que houve um tremor na região próxima às 20h30 no horário local, e informou que não se tratava de um terremoto.

Moradores da região relataram o ocorrido nas redes sociais, afirmando que viram a bola de fogo cruzar o céu e logo depois sentiram um tremor em suas casas. De acordo com o Observer, a polícia local recebeu diversas ligações de pessoas afirmando terem visto a mesma coisa. Em uma página do Facebook, Jacques Reimers relata que estava na praia de Boyne Island quando viu o clarão no céu. No instante seguinte, ouviu o estrondo e sentiu o impacto em seu carro. “Foi uma experiência incrível”, afirmou.

Confira abaixo o momento do clarão: