Cuidado: novo golpe no WhatsApp promete máquina de café de graça

A popularidade do WhatsApp faz com que o app seja cada vez mais visto com bons olhos por cibercriminosos em busca de vítimas para golpes, e o mais recente deles quer atrair quem gosta de um bom café.

De acordo com a ESET, o mais recente golpe detectado na plataforma promete ao usuário uma máquina de café da Nespresso de presente. Mas, quando ele clica no link da mensagem, é direcionado para uma plataforma de publicidade que realiza inscrição em serviços não desejados e pagos conseguindo, assim, arrancar dinheiro da vítima.

Golpe usa máquinas de café e site falso

Os cibercriminosos que espalham o golpe são bonificados dependendo da quantidade de usuários que caem no golpe, por isso solicitam que a vítima envie um convite para 10 pessoas ou grupos diferentes antes de ganhar o “brinde”

O golpe tem características bem comuns a ataques do tipo: a oferta de uma vantagem incomum, mensagens com links, erros de português e que indicam urgência – é bom ficar de olho nesse tipo de coisa em mensagens suspeitas para evitar cair nesse tipo de golpe.

Mãe amamenta filho durante sexo e diz que “não há nada de errado em fazer amor”

Tasha defende que amamentar durante o sexo reforça os laços entre a família

Mãe de três crianças, a norte-americana Tasha Maile mantém um canal no YouTube (“Spiritual Tasha Mama”) onde aborda temas sobre maternidade , saúde da mulher e cuidado com os filhos sob uma perspectiva natural e vegana . Em um vídeo publicado recentemente, Tasha defende uma prática que gerou polêmica.

mãe afirma que amamenta o filho mais novo, de três meses, enquanto faz sexo com o marido. “Não há nenhum problema em fazer as duas coisas ao mesmo tempo, já que ambas são atos de amor”, defende. Tasha explica que faz isso desde que o primeiro filho nasceu e que a prática nunca foi prejudicial à criança. “De todas as experiências que tive com a prática, garanto que reforça muito os laços da família”.

Tasha já havia se manifestado sobre o tema em 2015, quando também fez um vídeo sobre amamentação e sexo. Agora, a jovem voltou a falar sobre o tema porque o filho mais novo não consegue ficar longe dela e continuar a amamentação durante o sexo foi uma saída para evitar o choro e manter a criança sempre por perto. “Só quero o melhor para os meus filhos. É algo normal e completamente natural”, diz.

No vídeo, Tasha ainda comenta que tudo depende da forma como a família encara o sexo e qual o significado vai ser dado ao ato. “Não há nada de errado em fazer amor”, fala. Ela também convida a todos para uma reflexão sobre o tema. “O sexo é bonito, graças ao sexo estamos aqui, experimentando a vida. Você está pensando por você mesmo? Ou alguma pessoa lhe disse o que pensar/ acreditar?”.

Love’s 1st day at the beach ????☀️ #babybum #nakeybaby #magicsandsbeach there was sand today!! Crazy shore breaks but sand ???? #hawaii????

Uma publicação compartilhada por SpiritualTashaMama (@spiritualtashamama) em

Repercussão

O vídeo de Tasha causou repercussão nas redes sociais e muitos internautas criticaram a postura da jovem. “Como alguém consegue ficar excitada enquanto está amamentando um filho?”, disse um internauta. “Eu não gostaria que meus filhos observassem eu e meu marido fazendo amor. Isso é extremamente pessoal”, escreveu outro.

No entanto, algumas pessoas compreenderam a prática e saíram em defesa da mãe. “É lindo ver alguém que pensa dessa forma”, escreveu uma pessoa. “É como ela diz, normal e natural, não vejo como alguém pode achar isso nojento”, completou outra.

Brasileiro é preso por jogar ácido em arquiteto na Itália

Um brasileiro de 29 anos foi preso por lançar um líquido ácido contra um arquiteto italiano de 43 anos nesta sexta-feira (7/7), informou a polícia de Milão. O episódio de agressão ocorreu nesta quinta-feira (6) e a vítima sofreu queimaduras no rosto e no peito. Apesar do estar no hospital em estado grave, ele não corre risco de vida.

De acordo com o depoimento prestado nesta sexta, o brasileiro assumiu a culpa e informou que teve “uma relação” com o arquiteto e que, depois disso, foi chantageado e obrigado a se prostituir para que as fotos do encontro entre eles não fossem divulgadas. O ataque teria sido uma resposta a essas chantagens após uma discussão.

Apesar de ter confessado, a prisão do brasileiro ainda precisa ser autorizada pela Procuradoria para ser validada e ele ir para cadeia. Estima-se que o o procurador Isidoro Palma deve ratificar o pedido das autoridades e enviá-lo para um presídio após um interrogatório, que deve ocorrer entre sábado (8) e domingo (9).

Ainda que a história do brasileiro não tenha sido confirmada, o profissional já tem uma passagem na justiça, com condenações em primeiro grau, em 2010, e em segundo grau, em 2012, por calúnia agravada, injúria e difamação, informou o jornal “Corriere della Sera”. O arquiteto foi também professor e, entre os anos de 2006/2007, espalhou cartas e montagens para separar um casal de alunos, que na época tinham 17 e 19 anos. Ele ficou três anos preso pelo caso.

Fonte: metropoles.com

Jovem gasta mais de R$ 100 mil em cirurgias para ficar parecido com elfo

Jovem gasta mais de R$ 100 mil em cirurgias para ficar parecido com elfo

Desde 2012, o argentino Luis Padron, 25 anos, já gastou mais de R$ 106 mil com um só objetivo: se transformar em um elfo. Ele justifica que as intervenções são uma forma de conseguir vencer o bullying que sofreu durante a adolescência.

Por meio de rinoplastias, remoção de pelos e outros tratamentos especiais, o jovem tem conseguido se aproximar da imagem do ser que faz parte da mitologia nórdica e céltica. Além das cirurgias, ele gasta mensalmente cerca de R$ 17 mil apenas com maquiagens, tinturas e protetores solares.

“Quero ter minhas orelhas cortadas para ficar pontudas como as de um elfo e minha mandíbula afiada como um diamante, lifting facial e lifting ocular para dar um aspecto felino aos meus olhos”, contou Luis. “Há uma cirurgia para deixar-me mais alto e vou remover 4 costelas também para que eu possa deixar minha cintura mais fina”.

A busca por se tornar um elfo é tão radical que o argentino já fez até mesmo uma operação para mudar a cor dos seus olhos de castanhos para azuis. “No começo, até ver estrelas no céu era doloroso. Mas, três dias depois, eles estavam normais de novo. Não sei como isso vai afetar minha visão no futuro.” Em sua página do Facebook, Padron afirma que tem na apresentadora brasileira Xuxa Meneghel uma das suas inspirações para o visual élfico.

Confira algumas imagens:

Fonte: metropoles.com

Em vídeo, Temer se engana e diz que está ‘fazendo voltar o desemprego’ no Brasil; assista

Planalto instala 'misturador de voz' no gabinete de Temer

Em um vídeo publicado em sua conta oficial no Twitter após participar de uma reunião com chefes de Estado do G-20, na Alemanha, o presidente Michel Temer (PMDB) cometeu um engano e disse que seu governo está “fazendo voltar o desemprego” no País. A frase foi dita quando o peemedebista falava sobre o conteúdo de sua mensagem no encontro.

“Cada país fez um relato daquilo que está fazendo no seu país, como eu pude fazer um relato daquilo que nós estamos fazendo no Brasil, gerando exatamente inflação baixa, reduzindo os juros, fazendo voltar o desemprego e combatendo a recessão”, disse Temer.

Ele destacou, além disso, que há um interesse “muito grande” pelas questões do Brasil durante a reunião do G-20 e que o Brasil manifestou interesse em negociações com os outros países. “Nossa presença aqui, a presença do Brasil, tem sido extremamente útil para o Brasil e útil para o G-20”, afirmou.

Fonte: metropoles.com

Rodrigo Maia diz que ‘sempre’ vai ser ‘leal e correto’ com Temer

Rodrigo Maia diz que 'sempre' vai ser 'leal e correto' com Temer

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (7) que será sempre “leal e correto” com o presidente da República, Michel Temer.

Maia deu entrevista durante viagem oficial a Buenos Aires. Ele é o primeira na linha sucessória e assumiria a Presidência da República em caso de queda de Temer. Essa situação pode ocorrer caso a Câmara dê prosseguimento à denúncia contra o presidente e o Supremo condene Temer.

Diante da crise política, integrantes de um dos principais partidos da base, o PSDB, vêm dando sinais de que querem desembarcar do governo. Na quinta-feira (6), o presidente interino da sigla, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), disse que Maia é um nome que poderia unir os partidos e dar governabilidade ao país.

Para Maia, que foi questionado sobre o tema por jornalistas na Argentina, o momento é de “responsabilidade com a democracia e com o futuro do Brasil”.

“Eu aprendi em casa a ser leal, a ser correto, e serei com o presidente Michel Temer sempre”, afirmou o presidente da Câmara.

Maia disse ainda que, desde o primeiro dia da crise, deflagrada com as denúncias da delação da JBS, manifestou ao DEM que o partido, em caso de agravamento da situação de Temer, deveria ser o último a desembarcar do governo.

“Eu disse ao presidente do meu partido no primeiro dia da crise que, se tivesse que acontecer alguma coisa, o DEM deveria ser o último a desembarcar do governo. Então nós vamos aguardar, vamos manter a nossa posição de apoio ao governo”, completou.

Maia também comentou a repercussão em torno de mensagens publicadas no Twitter dele nesta sexta. Os textos diziam que o país passa por um momento que pede prudência e também defendiam a aprovação de reformas propostas pelo governo. Segundo Maia, as postagens na rede social geraram ” interpretações que não fazem nenhum sentido”.

Na posição que eu estou hoje, qualquer movimento que eu faça é interpretado. Hoje minha assessoria pegou a entrevista que eu dei a vocês ontem e colocou no Twitter. Já veio [questionamento] ‘por que você colocou no Twitter?’ Não tem nada de mais, saiu em todos os meios de comunicação, não tem nenhuma novidade. Mas já começam interpretações que não fazem nenhum sentido”, afirmou Maia.

Fonte: g1.com

Spencer Johnson, autor de ‘Quem mexeu no meu queijo’, morre aos 78 anos

Spencer Johnson, autor de 'Quem mexeu no meu queijo', morre aos 78 anos

O escritor Spencer Johnson, autor do best-sellerQuem mexeu no meu queijo“, morreu aos 78 anos na Califórnia (EUA), informou nesta sexta-feira (7) a editora Record, responsável pela publicação do livro no Brasil. Ele sofria de um câncer no pâncreas e morreu na segunda (3).

Lançado em 2001, “Quem mexeu no meu queijo” vendeu mais de 1,5 milhão de cópias só no Brasil e se tornou um dos mais bem-sucedidos livros motivacionais da história no país. A obra também ganhou versões para o público infantil e jovem.

A história sobre mudança e transformação pessoal é centrada em quatro personagens – dois ratos e dois humanos do mesmo tamanho dos roedores -, que vivem em um labirinto em eterna procura pelo queijo que os alimenta e os faz feliz. No livro, o queijo é uma metáfora daquilo que se busca ter na vida, e o labirinto é o local onde as pessoas procuram por isso.

Johnson começou a carreira como escritor de livros infantis e, em 1980, escreveu ao lado de Ken Blanchard “O gerente-minuto”, seu primeiro best-seller, uma parábola sobre liderança que vendeu mais de 15 milhões de cópias no mundo todo.

Seu último livro publicado no Brasil foi “O novo gerente-minuto”, lançado no segundo semestre de 2015. A obra atualiza o conteúdo de “O gerente-minuto”, levando em conta novos aspectos, como a globalização e o avanço da tecnologia. O escritor deixa três filhos.

Fonte: g1.com

Fox suspende mais um apresentador após denúncias de assédio

Fox suspende mais um apresentador após denúncias de assédio

A rede de televisão “Fox Business Network” suspendeu o veterano apresentador Charles Payne em meio a uma investigação interna após denúncias de assédio a uma mulher, publicaram nesta sexta-feira meios de comunicação locais.

“Levamos os assuntos desta natureza muito a sério e temos uma política de tolerância zero para qualquer tipo de má conduta profissional”, disse um porta-voz do canal ao jornal “The New York Times”.

Payne, de 56 anos, apresenta há anos o programa “Making Money” no canal e foi denunciado por uma analista política que colaborava com “Fox” e “CNN”, identificada por outros veículos como Scottie Nell Hughes.

“Este assunto já está sendo investigado em profundidade e vamos adotar todas as medidas que forem necessárias para alcançar uma resolução o quanto antes”, acrescentou o porta-voz do canal ao mesmo jornal.

O advogado de Scottie, Paul Weiss, que afirmou que sua cliente foi dispensada do canal após tentar denunciar a seus superiores que teve relações sexuais com Payne.

Através de seu advogado, Neal Korval, o apresentador desmentiu “categoricamente” as acusações da mulher e assegurou ao jornal “The Los Angeles Times” que responderá nos tribunais caso receba alguma denúncia.

A suspensão do apresentador acontece um ano após explodir o escândalo na “Fox News” por denúncias de assédio contra o seu ex-presidente Roger Ailes e outra das estrelas do canal, o apresentador Bill O’Reilly.

Ailes, que foi um dos fundadores da “Fox News” em 1996, morreu em maio aos 77 anos, meses depois de pedir demissão por conta das denúncias de assédio sexual da jornalista Gretchen Carlson.

Por sua vez, O’Reilly foi demitido do mesmo canal em abril após ser revelado que ele pagou até US$ 13 milhões desde 2002 a cinco denunciantes para que não continuassem com suas queixas de assédio.

Fonte: exame.com

De rapel a rock, como o Allianz Parque tem faturado alto

De rapel a rock, como o Allianz Parque tem faturado alto

Antigo Parque Antártica, administrado pelo Grupo WTorre, lança novas opções de serviços e previsão de lucro fica mais próxima

Mais de 700 visitantes são aguardados neste sábado, dia 8, para o novo tour do Allianz Parque, antigo Parque Antártica, estádio do Palmeiras, na capital paulista. Eles pagarão a partir de 55 reais pelo acesso às arquibancadas, vestiários e setores exclusivos, que remontam a história do estádio e do clube.

O número é pequeno perto do previsto para o mês de julho, de até 10.000 pagantes, e menor ainda perto do esperado para os próximos doze meses: 70.000 visitantes contra os 50.000 recebidos no ano passado, mesmo com o reajuste do preço – o tour antigo custava 44 reais.

A iniciativa é uma das várias lançadas hoje para atrair mais pessoas ao estádio fora dos dias de jogos. Entre elas, estão um bar temático para integrar fãs e atletas de futebol, competições de games e até a realização de um rapel de 40 metros, altura da cobertura ao gramado, feito por uma equipe especializada – serviço que começa a ser ofertado no próximo dia 15, por 220 reais.

As atrações foram planejadas e anunciadas por Rodrigo Geammal, ex-diretor de marketing do Palmeiras e atual sócio da Arena Experience, empresa criada para atender o Allianz Parque, mas com a ambição de levar o modelo de negócios para outros estádios do país.

Tanto entusiasmo é justificado pelo saldo de gols financeiros que a administradora WTorre e, claro, à própria Sociedade Esportiva Palmeiras, vem conquistando com o espaço. A construtora investiu, em 2014, 500 milhões de reais na reforma do estádio e outros 190 milhões de reais em melhorias da cidade para poder ganhar com a concessão.

“Os bons resultados noz faz estimar o retorno do investimento em oito e dez anos e não mais em doze/quinze anos, como esperávamos no início do projeto”, afirmou Rogério Dezembro, CEO da Capital Live, braço do Grupo WTorre responsável pela gestão do Allianz Parque.

Show de gols

É fácil entender a animação das companhias quando se pensa em alguns dos maiores shows promovidos em São Paulo nos últimos tempos – e dos que ainda estão por vir. Próximo de uma estação de metrô e de várias linhas de ônibus, o local foi palco de Elton John e James Taylor, em abril, e receberá os fãs de The Who, Bon Jovi e U2, entre outros, até o final deste ano.

Além das apresentações, eventos corporativos de grandes empresas, como as convenções feitas por Puma e Centauro no ano passado, têm sido cada vez mais recorrentes. Há ainda a verba gerada com a vende camarotes – 159 dos 164 já estão fechados para empresas, por meio de contratos que variam de três a cinco anos.

“Vemos espaço para crescer muito mais nesse sentido, com a busca das companhias por lugares diferentes para reuniões e espaços para grupo de diferentes gostos, como corrida e automobilismo”, afirma Geammal.

Apenas com os novos tours pelo Allianz Parque, a estimativa modesta é de um faturamento de 3 milhões de reais até o final do ano. Pelos próximos três anos, a Arena Experience pretende investir 1,5 milhão de reais em melhorias, recurso proveniente do próprio negócio.

Tanta maneira nova de faturar acaba trazendo mais recursos para o Palmeiras investir nele próprio. Pelo acordo com a WTorre, o clube fica com 20% da receita bruta vinda com locação de espaços (para shows, por exemplo) e com 5% do que é faturado com serviços.

A cada cinco anos, o Palmeiras tem 5% de reajuste em cada uma das duas modalidades de receita, sendo que a administradora terá direito sobre a gestão do espaço por 30 anos. O dinheiro arrecadado com a bilheteria dos jogos, esse é sagrado, vai todo pro Palmeiras.

Fabricante deixará de produzir cápsula biodegradável de Nespresso

Fabricante deixará de produzir cápsula biodegradável de Nespresso

A ECC, em batalha judicial com a Nestlé por causa das cápsulas compatíveis com a Nespresso, disse que vai reduzir a produção a quase zero até o fim do ano

A empresa suíça Ethical Coffee Company (ECC), que disputa o mercado de cápsulas para máquinas Nespresso com a Nestlé, disse nesta semana que vai deixar de produzir o seu formato, biodegradável, que deixou de ser “rentável”.

A ECC, envolvida há quase uma década numa batalha judicial com a gigante alimentar por causa de suas cápsulas compatíveis com a Nespresso, disse que vai reduzir a produção do formato “não rentável” a quase zero até o fim do ano.

“Estamos deixando o mercado do formato Nespresso, que é totalmente obsoleto, onde ninguém mais ganha dinheiro”, disse à AFP o fundador da empresa, Jean-Paul Gaillard.

A companhia foi a primeira a desafiar o monopólio da Nestlé nesse setor. No auge, ela produzia 300 milhões de cápsulas do tipo por ano. Agora, eles pretendem fabricar entre 10 e 15 milhões de cápsulas biodegradáveis “apenas para agradar” seus “clientes mais fieis”, disse Gaillard.

A ECC vai focar numa “nova geração” ecologicamente correta e mais flexível de cápsulas que vão “fazer pelo mercado de cafés o que o iPhone fez pelo de telefones”, prometeu.

Gaillard, que fundou a ECC em 2008 – 10 anos depois de deixar o cargo de CEO na Nespresso -, disse que sua empresa ficou muito abalada pela disputa permanente com a Nestlé, e que também sofreu com os cerca de 100 competidores que seguiram seus passos.

A Nestlé perdeu muitos processos, inclusive um esta semana na Alemanha e outro no fim de maio no Escritório Europeu de Patentes, por violar a patente da ECC usando uma espécie de “arpão” em algumas de suas máquinas para inutilizar as cápsulas de outras companhias.

Gaillard alegou que o formato da Nespresso está esgotado e que todos os fabricantes desse mercado estão padecendo. “Até a Nestlé vai começar a perder dinheiro”, disse.

A Nestlé negou veementemente. “Eu posso garantir que o mercado de cafés em cápsulas é uma categoria dinâmica e em expansão e que temos tido crescimento sólido e rentável ano após ano”, disse a porta-voz da empresa Katherine Graham à AFP por e-mail.

A Nestlé não divulga dados da Nespresso, mas a agência Bloomberg estima que ela vendeu 4,5 bilhões de dólares em 2015.