Assista esse vídeo de 12 minutos e entenda porque Aírton Senna foi o melhor piloto da história da F1

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Brasileiro era absoluto nas pistas e considerado por todos os adversários o “número 1 do mundo”

O video abaixo é uma produção original do programa britânico Top Gear com tradução e legendas do Autoracing! Veja os impressionantes depoimentos de Martin Brundle, Jeremy Clarkson, David Coulthard e vários pilotos atuais da F1.

José Augusto autor de um dos maiores sucessos do país, analisa ‘Evidências’, a rainha dos karaokês

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Cantor e autor da canção dá detalhes sobre a música, a turnê Um Brinde ao Amor e diz que voltou a compor com parceiro do megahit, Paulo Sérgio Valle

O cantor e compositor carioca José Augusto, 65 anos, tem o faro raro e espantoso dos grandes perfumistas.

Mas não para distinguir cheiros e fragrâncias, e sim acertar o alvo do desejo do público brasileiro com suas composições.

Zé tem mais do que bala de prata na mão. Fez cerca de 400 músicas, muitas estouradas em sua voz e na de outros intérpretes, como Sonho por Sonho, Sábado, Fantasia, Aguenta Coração, Fui Eu e Chuvas de Verão.

Cinquenta delas foram criadas em parceria com o escritor carioca Paulo Sérgio Valle, 78 anos, letrista de bossa nova celebrado pelas composições ao lado do irmão Marcos Vale. Entre esses trabalhos está o maior fenômeno musical dos últimos anos no País: Evidências, a “rainha dos karaokês e dos bares”, um pop romântico de nascimento transformado em sertanejo – e em sucesso galáctico – nas vozes dos irmãos Chitãozinho e Chororó.

Tente ir a um karaokê ou a um barzinho com violão e música romântica e não escutar Evidências em algum momento da noite. Pouquíssimo provável, quase impossível.

Em 2017, a KWC Brasil, organização promotora do Campeonato Mundial de Karaokê, analisou o repertório escolhido em duas mil casas brasileiras com esse sistema. Não deu outra: Evidências na cabeça, disparada, cantada em média 5,2 vezes por noite, seguida por Olhos Coloridos, gravada por Sandra de Sá, Como Nossos Pais, de Belchior, e O Amor e o Poder, sucesso de Rosana.
A primeira gravação de Evidências – que não foi feita pela dupla – faz aniversário de 30 anos. Nesta entrevista ao R7, José Augusto, com show marcado para 17 de agosto em São Paulo, analisa o sucesso estrondoso da música e dá detalhes sobre seus novos projetos: o single e a turnê Um Brinde Ao Amor, que será transformada em DVD.
Além disso, deixa uma boa notícia: embalado pelas homenagens, voltou a produzir em parceria com o amigo Paulo Sérgio Valle. Vem sucesso pesado por aí. Acompanhe:

R7 – Você e Paulo Sérgio Valle devem estar nas nuvens com tantas homenagens pelos 30 anos de Evidências…
José Augusto – É um carinho indescritível do público, dos veículos de comunicação e do País, eu diria. Comentei com o Paulo Sérgio: Evidências chegou a um ponto que deixou de ser nossa. Agora pertence ao Brasil e aos brasileiros. Estamos evidentemente orgulhosos.

Tem até estatística de quantidade de pedido nos karaokês…
Pois é, vi essa conversa… Pesquisa de intenção de pedido (risos)…

O que Evidências significa para a sua carreira?
Nunca fui compositor sertanejo. Nós a concebemos como um pop romântico, mas ela estourou como uma música sertaneja, interpretada por uma dupla ícone do estilo, que nos colocou nesse universo. Isso é ótimo. Graças ao sucesso feito a partir do Chitão e do Chororó, hoje Evidências é tocada e cantada em vários ritmos e compassos por aí: samba, reggae, rock e muito mais. Uma maravilha.

Pesquisa mostra que Evidências é cantada 5,2 vezes em média nos karaokês

Pesquisa mostra que Evidências é cantada 5,2 vezes em média nos karaokês

Tenho Mais Discos Que Amigos

Você tem algum palpite sobre os motivos de Evidências fazer tanto sucesso?
Na carreira musical a gente acaba aprendendo que uma música dá muito certo ou faz sucesso fora da média por um conjunto de razões. Algumas claras, outras permanentemente misteriosas. A primeira coisa desejada por alguém que ama, seja ele rico, pobre, refinado, intelectual ou não, é ser lembrado, ou ao menos não esquecido, por quem se ama. Evidências deixa isso muito claro – e, ao meu ver, com amor próprio, sem que a personagem que se declara jogue a autoestima no chão. Essas características certamente ajudam muito. Mas a explicação completa foge da minha percepção.

Os quatro versos finais – “diz que é verdade, que tem saudade/que ainda você pensa muito em mim/diz que é verdade, que tem saudade/que ainda você quer viver pra mim” – são hoje os mais berrados pelo público. É fato que eles não estavam na primeira versão da letra de Paulo Sérgio?
Verdade. Depois de analisar a letra com mais calma, disse a ele: “não sei se você vai concordar, mas estou com a sensação de que falta um final para essa letra”. Ele concordou, a gente pensou esses quatro versos juntos e deu certo.

O curioso é que a primeira gravação da música, em 1989, foi feita por um cantor que também tem faro de sucesso: Leonardo Sullivan, irmão de Michael Sullivan, da dupla Sullivan & Massadas, um dos maiores hit makers da história da MPB. E não estourou…
Pois é… O Leonardo tem dúvidas sobre a eficiência do trabalho de divulgação da gravadora neste caso específico. Mas Paulo Sérgio e eu jamais deixamos de acreditar na música. Tanto que, depois, quando o Chitãozinho e o Chororó nos perguntaram se poderíamos enviar algumas inéditas, mandamos umas cinco ou seis e mais Evidências – o que não era o caso. Disse a ele: “olhem, são todas inéditas, menos a música tal, gravada uma única vez pelo Leonardo Sullivan. Não fez barulho até agora, mas a gente acredita muito nela e tem certeza de que vocês irão gostar”. Eles dizem até hoje que sentiram grande impacto quando ouviram Evidências. Bom, gravaram – e o resto da história, para nossa alegria, você o País inteiro conhecem.  

O Chororó disse que, em conversa recente, sugeriu a você e aproveitasse, junto com Paulo César, comemorações para fazer “uma outra Evidências”. Guardadas as realidades, não seria o mesmo que pedir a Lennon e McCartney uma nova Let It Be, ou a Mick Jagger e Keith Richards uma segunda Satisfaction?
Guardadas as realidades, como você disse, sim. Rimos do pedido e, claro, entendemos que a intenção dele era nos elogiar com uma brincadeira. Fui mais fundo. Brinquei dizendo o seguinte: “olhe, conversei com o Paulo Sérgio e decidimos fazer mais umas quatro Evidências. Não se preocupe”. Ele, claro, riu demais. Foi um elogio carinhoso.

Mas o fato é que Paulo e você, motivados por essas lembranças, voltaram a compor juntos.
Isso. Tenho cerca de 400 composições, cerca de 50 delas com o Paulo. Moramos no Recreio dos Bandeirantes, no Rio, distantes cem metros um do outro. Até essas caminhadas estão nos fazendo bem. Não dá para prometer, e tampouco para garantir, novas explosões como a de Evidências, mas tomara que a gente consiga fazer mais coisas bacanas para o público.

Essa parceria entre você, um compositor com marca romântica, com o Paulo Sérgio, um letrista da bossa nova, com história refinada, é interessante.
Também achamos. Começamos a parceria em 1982, quando Paulo já tinha um histórico na bossa nova e eu já era um compositor popular. Ele mesmo dizia que estava acostumado a compor, as músicas anteriores faziam algum sucesso, mas não ouvia o público cantando seus trabalhos em grande escala. Isso passou a acontecer a partir do nosso trabalho. Ele aprendeu comigo a ser popular e eu, com ele, a buscar a qualidade com maior rigor. Isso é o mais legal de tudo. Mas tomo meus cuidados. Quando quero sugerir algumas mudanças nas letras dele, costumo brincar: “Paulo, dá para deixar o meu Mobral estacionar um pouquinho ao lado da sua academia” (risos)

E a atual turnê?
O single de Um Brinde ao Amor, música inédita que gravei em estúdio com meu amigo Fábio Jr., e que também dá nome à turnê, será lançado nas próximas semanas, em junho ou no início de agosto. Na verdade, mais do que uma turnê, estamos executando um projeto que, com certeza, vai durar mais de um ano. Provavelmente dois, até dois e meio. Não tenho pressa com ele. A meta é ter a participação de amigos intérpretes nos shows, cantando comigo, em apresentações diferentes, cinco ou seis canções novas minhas, regravações ou algo que venha a despertar nosso interesse. No momento em que tiver um material interessante, lançarei um DVD com essas músicas e outras apresentadas na turnê. A primeira delas, claro, será Um Brinde Ao Amor, com o Fábio. Vou seguir nessa linha até reunir um material bonito e consistente.

O show em São Paulo será no próximo dia 17 de agosto?
Sim.

Um dia depois do seu aniversário.
Verdade.

Vai ter parabéns.
Será? Pode ser.

E, claro, o povaréu cantando e pedindo e pedindo uma certa Evidências…
Ah, isso tem chance bem maior.

Do R7

Veja o que esperar do ataque da seleção com Willian

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Richarlison deve mudar de posição e movimentação para entrada de atacante do Chelsea na ponta direita

Por Bruno Marinho e Igor Siqueira -O Globo – Willian desembarcou na manhã de sábado em Porto Alegre para se juntar à seleção brasileira e sua presença no lugar de Neymar deve significar mais do que apenas um novo dono para a camisa 10. O jogador do Chelsea deve mexer no ataque da equipe titular de Tite para a Copa América. Com ele entre os titulares, Richarlison deverá ser afetado positivamente.

O atacante do Everton é escalado pelo lado direito do campo quando Neymar está em ação. Sem o atacante do Paris Saint-Germain e com Willian atuando na direita, Richarlison deve jogar aberto pela esquerda. É a posição favorita dele, onde despontou pelo Fluminense e onde atua na maior parte do tempo na Inglaterra.

Formação do ataque com Neymar Foto: Reprodução
Formação do ataque com Neymar Foto: Reprodução

Além disso, o Willian aumenta o volume das jogadas na linha de fundo e a amplitude dos ataques. Com isso, abre espaço para Richarlison aparecer ainda mais dentro da área, como já aconteceu na partida contra o Qatar, quando subiu de cabeça para abrir o placar no amistoso de quarta-feira.

Ataque da seleção com Willian Foto: Reprodução
Ataque da seleção com Willian Foto: Reprodução

Apesar de chegar por último à seleção, Willian deve furar a fila de Everton e David Neres, presentes inicialmente na lista de 23 convocados de Tite. Na leitura da comissão técnica, é necessário que a equipe titular mantenha a cota de experiência que Neymar tinha. Willian, aos 30 anos e duas Copas do Mundo no currículo, preenche esse requisito.

Neste sábado, a seleção brasileira fará um treino aberto no Beira-Rio, na parte da tarde. Será a última atividade antes de enfrentar Honduras, domingo. Willian deverá já participar do treinamento, mas sua presença ao menos no banco de reservas do amistoso é considerada pouco provável. A tendência é que Tite preserve o jogador para a última semana de trabalho antes da estreia contra a Bolívia, dia 14, no Morumbi.

O Globo

Preços globais dos alimentos sobem em maio

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Em contrapartida, o índice do açúcar caiu 3,2% no mês e o índice de preços dos legumes caiu 1,1%

Os preços mundiais dos alimentos aumentaram pelo quinto mês consecutivo em maio, depois que o mau tempo elevou os preços do queijo e do milho, informou a agência de alimentos da ONU nesta quinta-feira. A Organização para a Alimentação e a Agricultura (FAO) também alertou que uma queda acentuada na safra de milho esperada nos Estados Unidos, afetada por cheias, diminuiu sua previsão anterior de produção global de cereais em 2019.

O índice de preços dos alimentos da FAO, que mede as variações mensais de uma cesta de cereais, oleaginosas, laticínios, carne e açúcar, registrou uma média de 172,4 pontos no mês passado contra 170,3 pontos em abril – seu maior nível desde junho do ano passado.

O índice de preços do leite da FAO subiu 5,2% em relação ao valor de abril, atingindo máxima de cinco anos, com o queijo ajudando a elevar o índice graças à forte demanda global pelo produto, já que uma seca na Oceania limitou as perspectivas de exportação da região.

O índice de preços de cereais da FAO subiu 1,4% devido a um aumento repentino nas cotações de preço do milho após o plantio da safra ter caído para o ritmo mais lento já registrado nos Estados Unidos devido às inundações generalizadas e chuvas.

Em contrapartida, o índice do açúcar caiu 3,2% no mês e o índice de preços dos legumes caiu 1,1%.

Em sua segunda previsão para 2019, a FAO previu que a produção mundial de cereais chegará a 2,685 bilhões de toneladas, abaixo da previsão anterior de 2,722 bilhões de toneladas, mas ainda 1,2% acima dos níveis de 2018, quando a produção caiu.

“O aumento na produção mundial de cereais na comparação anual reflete a expansão da produção de trigo e cevada, enquanto a produção global de arroz deverá permanecer próxima ao nível recorde do ano passado”, disse a FAO.

“A produção mundial de milho, no entanto, está agora projetada para cair, com a produção dos EUA podendo encolher 10% em relação ao ano anterior, em meio a um ritmo muito reduzido de plantações devido às condições climáticas desfavoráveis”.

A agência da ONU disse que as novas estimativas de produção e utilização sugerem que os estoques mundiais de cereais podem cair em até 3% na nova temporada, atingindo uma mínima de quatro anos de 830 milhões de toneladas.

Agrolink

CNJ dá cinco dias para Bretas explicar postagem sobre caso Neymar

Sentença - https://sentenca.painelpolitico.com

Corregedoria apura se postagem em que alertou para a possibilidade do caso ser marcado por uma “fraude” violou a conduta da magistratura

O ministro corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Humberto Martins, encaminhou, nesta sexta-feira, um ofício ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro, em que solicita explicações sobre a postagem feita na quinta-feira em que repercutiu a acusação de estupro de Neymar . Em texto publicado no Twitter,  Bretas disse que a acusação feita por Najila Trindade é “preocupante”, e alertou para a possibilidade do caso ser marcado por uma “fraude”. O magistrado tem cinco dias para encaminhar explicações ao CNJ.

Segundo o ofício, Bretas pode ter violado o artigo 36 da Lei Orgânica da Magistratura Nacional, que dispõe que é vedado ao magistrado “manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério”.

O CNJ apura se Bretas violou o Provimento 71 do órgão, que prevê, entre outros pontos, que o magistrado deve agir com reserva, cautela e discrição ao publicar seus pontos de vista nos perfis pessoais nas redes sociais, evitando a violação de deveres funcionais e a exposição negativa do Poder Judiciário.

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO GLOBO

Desaparecida a 5 dias, modelo Eloisa Fontes é encontrada perambulando em cidade próxima a NY

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Alagoana foi levada por um policial americano para hospital de White Plains; seu estado de saúde é estável

Após cinco dias de desaparecimento, a modelo alagoana Eloisa Pinto Fontes, de 25 anos, foi encontrada na tarde deste sábado . Segundo testemunhas, ela estava andando, visivelmente desorientada, em uma rua de White Plains, cidade do estado de Nova York que fica a cerca de 30 minutos de trem do centro de Mahanttan. Um transeunte a encontrou na rua e chamou a polícia, que a identificou. Eloisa foi levada para um hospital de White Planis. O seu estado de saúde é considerado estável.

Representada pela Agência Marilyn de Nova York, ela estava na cidade americana fazendo alguns trabalhos e foi vista pela última vez ao sair da agência, na Union Square, na manhã da terça-feira, dia 4.

O booker e agente da modelo, há um ano e três meses, foi o último a ter contato com a alagoana, antes do desaparecimento dela. Os dois estiveram juntos e conversaram no escritório da Agência Marilyn. De lá, ela teria ido ao Consulado Brasileiro, que fica próximo à Grand Central Station, para tirar um passaporte novo, pois havia perdido sua bolsa com todos os documentos e telefone celular na sexta-feira anterior.

A modelo estava morando nos Estados Unidos desde fevereiro. Nascida em uma cidade pequena no interior de Alagoas, a modelo deixou oito irmãos no Brasil para tentar, desde muito jovem, carreira como modelo no exterior. Ela foi casada e tem uma filha, Azzurra, com o modelo e produtor executivo russo Andre Birleanu, de 41 anos. Os dois se conheceram em 2012, em São Paulo, e se casaram em 2014. Ele — que ficou conhecido pela sua participação no programa americano “America’s most smartest model” — tem a guarda da criança.

Ela já fez capas para revistas conceituadas como “Elle”, “Grazia” e “Glamour”, além de campanhas para grifes como Dolce & Gabbana. “Eloisa é uma modelo responsável que, infelizmente, pode estar passando por problemas pessoais. Eu realmente espero que a gente consiga encontrá-la”, disse o booker na ocasião, antes dela ser encontrada.

CCJ decide na quarta se derruba ou mantém decreto de armas de Bolsonaro

Politico - https://politico.painelpolitico.com

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro, os decretos do governo que flexibilizaram o porte de armas voltam ao debate na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) na quarta-feira (12) quando serão lidos os votos em separado (relatórios contrários ao que apresentou o relator) dos senadores Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) e Fabiano Contarato (Rede-ES). Eles defendem a aprovação dos projetos de decreto legislativo que suspendem os efeitos dos decretos sobre armas. Em seguida, os PDLs 233, 235, 238286287 e 322 de 2019 deverão ser colocados em votação.

Os votos em separado serão transformados em parecer da CCJ caso o relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES) seja rejeitado. O senador é contrário aos PDLs por achar que o decreto do governo é legal. Na quinta-feira (5), a votação do relatório de Marcos do Val foi adiado por um pedido de vista coletiva.

Durante a reunião, senadores favoráveis ao decreto de Bolsonaro tentaram aprovar requerimentos para a realização de audiências públicas sobre o tema, o que adiaria a votação por mais tempo, mas os pedidos foram rejeitados por 16 votos a 4.

LGBTfobia

Outra questão que pode ser resolvida em definitivo pela CCJ na quarta-feira (12) é a criminalização da LGBTfobia (preconceito contra homossexuais e transsexuais, entre outros grupos que não se definem heterossexuais). O PL 672/2019, que inclui na Lei do Racismo (Lei 7.716, de 1989) a discriminação por orientação sexual ou de identidade de gênero foi aprovado em 22 de março, mas, por ser um substitutivo, precisa passar por turno suplementar de votação.

Depois da aprovação do relatório do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), favorável ao projeto, três senadores apresentaram emendas para alterar o texto sob o argumento de preservar a liberdade religiosa e de expressão.

Uma das emendas, apresentada pela senadora Juíza Selma (PSL-MT), retira do projeto o trecho que previa punição para quem “impedir ou restringir manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público, ressalvados os templos religiosos.”

Outra emenda, da senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), estabelece que a criminalização da LGBTfobia “não se aplica às condutas praticadas no exercício da liberdade de consciência e de crença”.

Já o senador Marcos Rogério (DEM-RO) sugere em uma terceira emenda que “não constitui crime a manifestação de opinião de qualquer natureza e por quaisquer meios sobre questões relacionadas a orientação sexual ou identidade de gênero, sendo garantida a liberdade de consciência e de crença, de convicção filosófica ou política e as expressões intelectuais, artísticas, científicas e de comunicação.”

O relator pode rejeitar as emendas, acatar integralmente ou parcialmente as sugestões. A proposta estará na pauta da CCJ um dia antes de o Plenário do STF retomar o julgamento de duas ações que pedem para equiparar atos de preconceito contra pessoas LGBT ao crime de racismo.

Perda de mandato

Outro projeto que esteve na pauta da reunião do dia 5 e que volta à análise dos senadores na CCJ é a PEC 36/2017, do senador Romário (Pode-RJ), que institui a perda automática de mandatos parlamentares nos casos de condenação por crimes que estejam previstos na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135, de 2010).

Esses atos estão elencados na Lei da Ficha Limpa e incluem lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, formação de quadrilha, estupro, trabalho análogo à escravidão, abuso de autoridade, crimes contra a vida, entre outros.

Caso a condenação se der por causa de crimes não listados na Lei da Ficha Limpa — ou seja, que não provoquem a inelegibilidade — a perda do mandato continua submetida à decisão dos Plenários da Câmara dos Deputados ou do Senado.

O relator, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), leu seu parecer favorável na reunião da última quarta-feira (5), mas um pedido de vista adiou a votação.

Agência Senado

Rival do Nubank, C6 Bank emite cartões com nomes de animais de estimação

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Novo banco digital está convidando desde maio clientes que queiram testar funcionalidades e serviços

Os primeiros clientes do C6 Bank começaram a receber seus cartões de crédito e débito em casa, com uma curiosidade: o banco digital permite que os usuários coloquem o nome que quiserem no plástico.

Há pessoas que resolveram homenagear seus animais de estimação e colocaram os nomes de gatos e cachorros no cartão. Alguns deles compartilharam a empolgação com a novidade nas redes sociais.

Juliana Monteiro, de São Luís (MA), emitiu o cartão em nome de seu gatos Mingo e Nutella e fez um post no Instagram e no Facebook. Veja abaixo a publicação.

Segundo o C6, as transações são autenticadas por chip e senha, por isso não importa o nome que esteja grafado no cartão. Nas operações pela internet, o nome válido será sempre o nome completo do cliente.

Concorrente do Nubank, o C6 Bank, banco digital que recebeu em janeiro a licença do Banco Central para operar como banco múltiplo, está convidando desde maio clientes que queiram testar funcionalidades e serviços antes do lançamento oficial.

Os interessados podem pedir um convite para integrar o programa no site da fintech. Todo mundo que pedir convite receberá, por ordem de inscrição, um código que permite começar a usar o app da instituição financeira, que já está disponível para iPhones e Androids.

No app, os usuários têm conseguido fazer o pedido de abertura de conta em cerca de dez minutos. O tempo médio para a efetivação da abertura de contas é de duas horas. O banco não divulga qual é o total de clientes que já pediram convites ou abriram conta.

Os testadores já podem ter acesso à conta-corrente sem taxa de manutenção, saques gratuitos e ilimitados, pagamentos de boletos, TEDs ilimitados e gratuitos, cartão de crédito múltiplo (crédito e débito) com tecnologia contactless (pagamento por aproximação) e uma oferta de CDBs próprios.

A ideia da fintech é aperfeiçoar o app conforme a experiência do usuário. Também haverá ampliação da oferta de produtos. A cada 15 dias, uma nova atualização do app será liberada nas lojas de aplicativos.

O banco digital

O C6 Bank foi criado em março de 2018 pelos ex-executivos do banco BTG Pactual Marcelo Kalim, Carlos Fonseca, Leandro Torres e Luiz Marcelo Calicchio. Kalim é o presidente do banco.

De pequeno, o C6 Bank não tem nada. O banco digital ocupa um prédio de oito mil metros quadrados no bairro dos Jardins, em São Paulo. Atualmente, a fintech tem 500 funcionários.

Com capital social de 250 milhões de reais no momento, os investimentos dos acionistas somarão 500 milhões de reais até dezembro.

Como saber se você foi bloqueado no Instagram?

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Rede social não envia nenhuma notificação quando algum usuário decide bloquear o seu perfil, mas alguns sinais podem confirmar a sua suspeita

Assim como a maioria das redes sociais, o Instagram permite que os usuários bloqueiem uma conta sem que a outra pessoa seja informada. O recurso é interessante por que evita situações indesejadas, mas, quando você é a pessoa bloqueada, a situação pode mudar, certo? Em busca de informações sobre um bloqueio, muitos usuários recorrem a soluções alternativas, afinal não é possível saber pelo aplicativo se alguém realmente te bloqueou.

No entanto, alguns sinais podem indicar que você foi bloqueado no Instagram . O primeiro deles verifica se ainda existe algum tipo de ligação entre a sua conta e a da outra pessoa. O método funciona porque se alguém que você segue te bloqueou, a ligação entre os perfis é imediatamente interrompida pela rede social. Veja como identificar se você foi bloqueado:

  1. No Instagram, acesse a aba do seu perfil – o ícone de uma pessoa no menu do aplicativo;
  2. Selecione a opção “seguindo”.
  3. Procure pela pessoa no campo de busca.

Caso ela não tenha aparecido para você, é um bom sinal de que ela te bloqueou. Outra forma de identificar se alguém te bloqueou é procurar pelo nome da pessoa na área de busca do app. Se a pesquisa não exibir o resultado esperado, é um sinal de que você não verá mais os posts dessa pessoa.

Se você sabe exatamente o nome de usuário usado pela pessoa, uma alternativa é acessar o perfil diretamente. A medida pode ser adotada tanto no aplicativo, quanto na versão web da rede social. Se a página exibir mensagens como “Esta página não está disponível” ou “Ainda não há publicações”, as chances são grandes de você ter sido bloqueado.

Por fim, para não restar dúvidas de que alguém te bloqueou no Instagram, peça para alguém de confiança acessar o mesmo perfil a partir de outra conta. Caso uma pessoa apareça no celular de seu amigo, é quase uma confirmação de que o bloqueio específico para a sua conta aconteceu.  Apesar dos indícios, é importante ressaltar que a rede social não confirma nenhum desses passos. 

Minas Gerais confirma sexta morte por febre maculosa; 4 foram em Contagem

Revista :: Tudo sobre tudo - https://revista.painelpolitico.com

Houve óbitos também nas cidades de Faria Lemos e Raul Soares

A Prefeitura de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, confirmou, neste sábado (8), a quarta morte por febre maculosa na cidade em 2019. Ainda segundo o Executivo, cinco casos da doença já foram confirmados.

Nesta manhã, representantes do Ministério da Saúde (MS) visitaram a área onde o carrapato-estrela é combatido com o objetivo de avaliar o trabalho realizado em Contagem e fazer coleta nos animais para pesquisa. O trabalho do MS deve durar alguns dias.

Transmissão

A transmissão em seres humanos ocorre por meio da picada do carrapato infectado pela bactéria causadora da doença.

Contagem é a cidade com maior número de mortes: 4. Faria Lemos e Raul Soares, ambas na Zona Mata, tiveram uma morte cada.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), além das seis mortes, outros dois casos — um em Faria Lemos e um em Governador Valadares, no Leste de Minas — tiveram diagnóstico positivo para febre maculosa, totalizando 7 casos confirmados no estado neste ano.

Em 2018, foram 58 confirmações, sendo 22 mortes. Já em 2017, 36 pessoas foram infectadas pela doença, e 19 morreram. O número de casos sob investigação não foi divulgado pela SES-MG.

Contagem

Já chega a 33 o número de casos notificados de febre maculosa em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, de acordo com a prefeitura.

O último foi registrado nesta quarta-feira (5). O paciente é um morador do bairro Eldorado, em Contagem, que procurou atendimento alegando ter tido contato com o carrapato-estrela, vetor da doença, em Betim, também na Grande BH.

A cidade está fora da área considerada de risco, onde 128 pessoas entraram em um terreno para fazer um cercamento. O local fica no bairro Vila Boa Vista, na Região do Nacional, em Contagem.

Com G1/MG