Acusada de matar ex-namorado no ato sexual fará novo exame psiquiátrico em RO

Painel Político Revista - https://revista.painelpolitico.com

Jovem fará exame para tentar ir ao regime semiaberto. Avaliação será feita em Porto Velho

Vânia Basílio Rocha, acusada de matar o ex-namorado a facadas no ato sexual, vai passar por um novo exame psiquiátrico na quarta-feira (30). Vânia fará a avaliação em Porto Velho com objetivo de cumprir o restante da pena no regime semiaberto. Um laudo psiquiátrico feito em 2016 aponta Vânia como sociopata.

Nesta terça-feira (29), Vânia foi levada à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena, cidade onde está presa, para passar por exames de corpo de delito. O exame faz parte do procedimento exigido para que a acusada seja levada à capital Porto Velho.

Em 2018, Vânia ganhou direito de progredir para o regime semiaberto, porém a Justiça ressaltou que ela teria que passar por um psiquiatra a fim de ser atestado que a detenta está apta para viver em sociedade.

No exame feito no ano passado, Vânia foi reprovada e agora tenta um novo laudo. Segundo a defesa de Vânia o exame está marcado para esta quarta-feira.

De bom comportamento a casamento

Vânia foi condenada a 13 anos de prisão, mas teve a pena reduzida para 8 anos e cumpre pena no regime fechado por ter matado o ex-namorado a facadas, durante o ato sexual, em dezembro de 2015. A defesa pediu progressão para o regime semiaberto no ano passado, mas o pedido foi negado em primeira e segunda instância.

Segundo a direção da unidade prisional de Vilhena, a jovem continua com bom comportamento e trabalha e estuda dentro da unidade.

Vânia casou no início deste ano em Vilhena — Foto: Rede Amazônica/Reprodução
Vânia casou no início deste ano em Vilhena — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Em janeiro deste ano, Vânia conseguiu uma autorização judicial para casar, em Vilhena. A cerimônia foi realizada no cartório da cidade e o “sim” para o noivo foi acompanhado de beijos

‘Queria matar alguém’

Na época em que matou ex a facadas, a acusada confessou ter matado Marcos Catanio Porto e disse: “queria matar alguém”. Antes do assassinato, a jovem chegou a escrever um post no Facebook afirmando não ter sido uma má namorada.

Um laudo feito meses depois da prisão apontou que Vânia é sociopata. No júri em que foi condenada, em setembro de 2016, a acusada fez cara de fúria ao ouvir a sentença. Em setembro de 2017, a jovem foi agredida por uma detenta e chegou a sair para registrar boletim de ocorrência.

Vânia está presa desde 2015 por matar o ex — Foto:  Facebook

Vânia está presa desde 2015 por matar o ex — Foto: Facebook

Menina pede socorro por WhatsApp após ser estuprada pelo pai: ‘Não aguento mais’

Painel Político Revista - https://revista.painelpolitico.com

Prints mostram a vítima pedindo ajuda para a irmã. Segundo relata, o homem chegou a dopá-la e abusos eram recorrentes. Crimes teriam ocorrido em São Vicente (SP)

Uma menina de 13 anos pediu socorro para irmã pelo WhatsApp após ser estuprada pelo próprio pai, de 47, em São Vicente, no litoral de São Paulo. A irmã da vítima relatou que a adolescente sofreu abusos sexuais diversas vezes por parte do suspeito. A Polícia Civil investiga o caso.

O crime teria acontecido em setembro, mas a irmã resolveu divulgar agora, devido ao homem permanecer solto oferecendo riscos a integridade dos familiares. A irmã diz que, nas mensagens enviadas, a adolescente diz que os abusos aconteceram, pelo menos, em outras quatro ocasiões anteriores, sempre da mesma forma.

No caso mais recente, ela acordou de madrugada com o suspeito em cima dela e com as roupas abaixadas. “Não aguento mais, quero morrer. Ele diz que só quer fazer carinho em mim, mas só quer passar a mão no meu peito”, diz a menor em um dos trechos.

A irmã contou que mora em São José do Rio Preto, no interior do Estado e, logo depois de receber a mensagem, foi até São Vicente para buscar a irmã. “No mesmo dia que recebi as mensagens eu fui. Quando cheguei, ela arrumou as malas e eu trouxe ela e mais dois irmãos meus, de 14 e 10 anos, para cá. Assim que cheguei na minha cidade procurei a delegacia”, relatou.

A vítima morava sozinha com os dois irmãos e o pai no bairro do Catiapoã. Segundo a irmã, a mãe não mora na casa há cerca de dois anos e os filhos não têm contato com ela.

Estupros recorrentes

Entre as mensagens enviadas via WhatsApp, a menina pede para se mudar para a casa da irmã. “Se você quiser, te ajudo a pagar o aluguel, água, mas por favor me tira daqui”. Ela ainda prometeu que reagiria caso o homem tentasse abusar dela novamente. “Vou bater nele. Ele pode até me bater, mas não quero mais sofrer por isso”, escreveu.

Na delegacia, a vítima disse que chegou a ser drogada pelo suspeito várias vezes, para facilitar os abusos. Segundo ela, inicialmente o suspeito passava a mão nas partes íntimas, mas depois ele tirava a roupa e cometia o ato sexual. Conforme relatou, os estupros começaram com um ‘remédio em líquido misturado com refrigerante e, depois, ele passou a dar comprimidos frequentemente’.

Investigação

A irmã afirmou que, pouco antes de chegar na casa da menina de 13 anos, o homem saiu de lá dizendo que ia embora e não foi mais localizado. “Só quero que a justiça seja feita. Que ele pague pelo que fez. A polícia não pode procurá-lo como culpado porque não tem provas materiais, só se ela estivesse morta ou grávida ou se tivesse feito o exame logo após o estupro.”

Na delegacia, os policiais pediram exame de corpo de delito e encaminharam a vítima. Apesar do trauma, a irmã diz que a irmã passa por atendimento psicológico no Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o homem é investigado por estupro de vulnerável e que as investigações seguem para esclarecer o caso.

Com G1/SP

Aos gritos de ‘Bolsonaro traidor’, comissão aprova Previdência de militares

Político – ::Painel Político:: - https://politico.painelpolitico.com

A reforma da Previdência dos militares foi aprovada nesta terça-feira (29) na comissão especial que analisou o projeto de lei na Câmara. Sob forte protesto de parentes de “praças”, como são chamados os profissionais de patente mais baixa das Forças Armadas, houve até gritos de “traidor” dirigidos ao presidente Jair Bolsonaro devido à rejeição de destaques que os beneficiaria. 

Embora terminativa, podendo ir direto para o Senado, a oposição e partidos ditos independentes desejam levar a proposta para votação no plenário da Casa. Para isso, precisam da assinatura de, pelo menos, 51 parlamentares. O PSol diz já contar com o apoio de 70. 

Mulher diz ter feito campanha para Jair Bolsonaro

No plenário, os deputados que são favoráveis aos destaques que não passaram na comissão especial nesta terça e motivaram os gritos de “traidor” contra Bolsonaro acreditam que conseguem colocar na proposta os trechos não avalizados no colegiado. Eles estendiam gratificação às categorias mais baixas da carreira, hoje restritas a oficiais, para qualquer militar. De acordo com a equipe econômica, a aprovação representaria um impacto de R$ 130 milhões nos caixas da União. 

No meio da confusão, a reunião até foi paralisada. A presidente da União Nacional de Familiares das Forças Armadas e Auxiliares (Unifax), Kelma Costa, foi retirada do plenário. Ela é casada com um sargento do Quadro Especial do Exército, atualmente na reserva, e obteve 8.656 votos para deputada federal em 2018, pelo PSL de Minas Gerais.

“Eu gostaria de fazer um apelo ao presidente da República. Por muitos anos ele defendeu aqui [na Câmara] o Exército, a Marinha e a Aeronáutica, para que ele possa entrar de cabeça em pé nas instalações, que em plenário ele libere toda a bancada para votar.

Mulher chora após aprovação da reforma

Recentemente o parlamentar protagonizou uma troca de farpas com Bolsonaro e foi substituído na liderança do partido pelo filho 03 do mandatário, Eduardo (SP). “Já tivemos com o presidente Bolsonaro grave problema na votação dos policiais, e ali o presidente foi chamado de traidor. Novamente aqui nós estamos ouvindo o presidente sendo chamado de traidor por sua base. Se ele for inteligente, rápido, peço que se retrate e libere os deputados para votar a favor de sua base, cabos, praças, sargentos”, finalizou o deputado. 

Como ficou

A reforma dos militares chegou à Câmara em março, um mês após a PEC da reforma da Previdência para civis, cuja votação foi concluída na semana passada e tem uma previsão de economia por volta dos R$ 800 milhões em dez anos. 

Com poucas alterações feitas pelo relator, o deputados Vinícius Carvalho (Republicanos-SP), a estimativa da equipe econômica é que a economia com as novas regras de aposentadoria aos militares fique em torno dos R$ 10 bilhões em dez anos. 

Para o Ministério da Defesa, a reforma do sistema de proteção social dos militares é autossustentável. 

Eu gostaria de fazer um apelo ao presidente da República. Por muitos anos ele defendeu aqui [na Câmara] o Exército, a Marinha e a Aeronáutica, para que ele possa entrar de cabeça em pé nas instalações, que em plenário ele libere toda a bancada para votar favorável.deputado Delegado Waldir, ex-líder do PSL

Para passar à inatividade, o texto aprovado determina que o tempo mínimo de serviço subirá dos atuais 30 para 35 anos, com pelo menos 25 anos de atividade militar, para homens e mulheres. A remuneração será igual ao último salário (integralidade), com os mesmos reajustes dos ativos (paridade).

As contribuições referentes às pensões para cônjuge ou filhos, por exemplo, aumentarão dos atuais 7,5% da remuneração bruta para 9,5% em 2020 e 10,5% em 2021. Pensionistas, alunos, cabos e soldados e inativos, atualmente isentos, passarão a pagar essa contribuição, que incidirá ainda em casos especiais.

Policiais e bombeiros militares

As regras para as Forças Armadas foram estendidas aos PMs e bombeiros, categorias incorporadas ao texto a pedido de integrantes da comissão especial. Os militares estaduais também asseguraram a integralidade e a paridade, vantagem que já havia deixado de existir em alguns estados, como o Espírito Santo.

Conforme regra de transição proposta no original do Executivo, os atuais integrantes das Forças Armadas terão de cumprir pedágio de 17% em relação ao tempo que faltar, na data da sanção da futura lei, para atingir o tempo mínimo de serviço de 30 anos, que é a exigência em vigor hoje para esse grupo.

Essa mesma regra valerá para os PMs e bombeiros, que atualmente têm de cumprir os 30 anos de serviço, como ocorre na maioria dos estados e no Distrito Federal. Para outra parte dos PMs e bombeiros, que atualmente precisam cumprir tempo de serviço de 25 anos – como é o caso de mulheres em alguns estados –, haverá outro tipo de pedágio, neste caso sobre o que faltar para o tempo mínimo de atividade militar, considerando janeiro de 2022, e limitado até 30 anos.

(Huffpost com Agência Câmara)

Polícia Civil de Rondônia teria incriminado falsamente ex-governador, revela áudio

Político – ::Painel Político:: - https://politico.painelpolitico.com

Delegado responsável pelas investigações teria induzido, propositalmente, justiça a erro; e é ele quem confessa

“Ninguém está acima da lei”. A frase que vem sendo uma espécie de mantra para alguns setores da segurança pública no Brasil vem causando estragos em reputações e vidas país afora. Em Rondônia, o que parecia ser uma promissora investigação da Polícia Civil contra uma suposta organização criminosa que teria como ‘chefe’ o ex-governador Daniel Pereira, deve se transformar em um vexame jurídico e entrar para a história ao lado da famigerada “Apocalipse”, como a segunda maior lambança institucional do órgão.

Delegado Júlio Cezar

Um áudio, revelado pelo radialista Fábio Camilo em seu programa Informa na Hora, mostra o delegado Júlio Cezar afirmando que não existiam provas contra o ex-governador, e mesmo assim a polícia teria mantido o pedido de busca e apreensão que aconteceu em 12 abril deste ano, durante a operação Pau Oco. Na ocasião, a polícia informou que “os suspeito são investigados pelos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, crimes contra a flora, contra a administração ambiental, advocacia administrativa, peculato digital, tráfico de influência, falsificação de documento público e falsidade ideológica”.

Ouça a íntegra do áudio do delegado Júlio Cezar

Na época, o ex-governador, em entrevista, afirmou desconfiar que a operação na verdade tinha cunho político, “a impressão que se tem é que o papel maior dessa operação não é esclarecer fatos, não é buscar informações, porque ao chegar na minha casa as autoridades policiais e a representante do Ministério Público, eu perplexo disse: me ajuda a dizer o que é que vocês estão buscando de informação. Se tem alguém que tem interesse em esclarecer os fatos e não deixar pairar qualquer dúvida sobre minha conduta, sou eu. Tenho mais de 30 anos de vida pública, nunca me apropriei de um copo d’água de qualquer entidade. E não é agora, com 50 e poucos anos, que eu vou começar a fazer. Realmente não sei o conteúdo do processo”, complementou o ex-governador.

O advogado do ex-governador, Nelson Canedo, afirmou que o caso é extremamente grave, “induziram um magistrado a erro”, afirmou.

Operação Pau Oco

Em novembro de 2018, quando Daniel Pereira ainda era governador, a Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão as Ações Criminosa Organizadas de Cacoal (Draco/Interior), em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco/RO) e o Ministério Público de Rondônia (MP/RO). deflagrou a Operação Pau Oco, cujas investigações haviam iniciado em julho do mesmo ano, visando apurar um esquema de extração ilegal de madeiras, sem qualquer verificação prévia em áreas florestais de jurisdição estadual.

Na operação, foram presos quatro servidores públicos que, segundo a Polícia Civil, faziam parte ou chefiavam uma organização criminosa e eram suspeitos de lavagem de capitais, crimes contra a administração ambiental e falsidade ideológica. As ações da organização envolviam lançamentos de informações falsas em documentos e sistemas públicos, bem como tomadas de decisões administrativas que iam contra a legislação.

O conhecimento sobre as fraudes aconteceu após a Polícia Civil realizar operações em reservas estaduais, no Vale do Jamari, em 2017. Na região, os policiais identificaram e entenderam as formas de ilegalidades na concessão de licença.

Daniel Pereira foi alvo da Pau Oco

Teste do Sabre

Em novembro deste ano, a polícia deflagrou a fase batizada de “Teste do Sabre” que cumpriu buscas e apreensões na residência de Daniel Pereira, já ex-governador do Estado.

Bolsonaro foi citado por suspeito de matar Marielle Franco, diz jornal

Político – ::Painel Político:: - https://politico.painelpolitico.com

Segundo o Jornal Nacional, investigação da Polícia Civil do Rio mostra que ex-PM anunciou que visitaria o presidente antes do assassinato

O presidente Jair Bolsonaro foi citado por um suspeito de ter matado a ex-vereadora Marielle Franco , mostra uma investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgada pelo Jornal Nacional , da TV Globo. De acorco com as informações, o ex-PM Élcio Queiroz  anunciou na portaria do condomínio Vivendas da Barra que visitaria Bolsonaro, mas acabou indo à casa da Ronnie Lessa, que mora no mesmo condomínio e também é suspeito de ter matado Marielle.

Segundo do porteiro do condomínio à polícia, horas antes do assassinato de Marielle e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018, Élcio entrou no condomínio e disse que iria para a casa de Bolsonaro, que à época era deputado federal. Registros de presença da Câmara dos Deputados, no entanto, mostram que Bolsonaro estava em Brasília no dia.

Com a citação de Bolsonaro no caso, toda a investigação pode ir ao Supremo Tribunal Federal (STF) por conta do direito que ele tem, como presidente, ao foro privilegiado.

Bolsonaro diz que não tinha motivo para matar ninguém e ataca Witzel

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta terça-feira, 29, em transmissão ao vivo pelo Facebook, que não deve nada a ninguém e que “não tinha motivo nenhum para matar quem quer que seja no Rio de Janeiro”. Bolsonaro usou a live para responder à reportagem do Jornal Nacional, da Rede Globo, veiculada pouco antes, que afirmou que um suspeito da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) visitou o condomínio onde ele mora no Rio no dia do crime. “Nós vamos resistir, a verdade está ao meu lado”, afirmou o presidente.

Ainda na live, realizada em Riad, na Arábia Saudita, onde está em viagem oficial, Bolsonaro atacou o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC). O presidente acusou o antigo aliado de ter vazado o inquérito sobre Marielle, que “está em segredo de Justiça”. Bolsonaro acusou o governador do Rio de querer “destruir” a sua família para “chegar à Presidência da República”. “Por que essa sede pelo poder, senhor governador Witzel?”, questionou.

Durante toda a transmissão, realizada durante a madrugada saudita, Bolsonaro mostrou-se bastante irritado, falou em tom exaltado e conteve o choro ao menos uma vez. Ele disse estar à disposição para falar com a polícia na investigação sobre a morte de Marielle. “Eu gostaria muito de falar neste processo, conversar com esse delegado”, disse. Bolsonaro afirmou que, “pelo que tudo indica”, o processo sobre a morte de Marielle está “bichado” e pediu ao Conselho Nacional do Ministério Público que “supervisione o processo”.

Bolsonaro disse que estava na Câmara no dia em que o suspeito foi ao condomínio, informação também divulgada pela reportagem do Jornal Nacional.

O presidente também relatou que seus filhos estão sofrendo por causa de investigações. “Vocês não têm como me pegar e ficam inventando patifaria”, reagiu, enfático. “Eu seguro a onda, tenho uma tremenda responsabilidade”, disse. Bolsonaro declarou que trabalha para o bem do País: “Se o Brasil der errado, todo mundo vai para o espaço”.

Na live, o presidente disse também que quer saber quem mandou matá-lo, em referência à facada da qual foi vítima durante a campanha presidencial, em Juiz de Fora (MG). O autor do atentado, Adélio Bispo, foi declarado inimputável pela Justiça.

PSL

Ao citar a crise no PSL, Bolsonaro pediu ao partido “transparência”. “Porque vai dar problema nas contas do partido e, se eu não tivesse tomado providência, eu ia pagar o pato”, declarou, sobre o pedido de auditoria que fez.

Globo

Durante a transmissão, Bolsonaro afirmou que não irá “perseguir” a Rede Globo no processo de renovação da concessão da TV, em 2022. No entanto, disse que o processo tem de “estar limpo”. “Se não estiver limpo, legal, não tem renovação da concessão de vocês (Globo) e de TV nenhuma”, disse.

Um pouco depois do fim da transmissão, Bolsonaro reiterou as declarações em entrevista ao Jornal da Record, da RecordTV.

TV Globo se defende de ataques desferidos por Bolsonaro

Em resposta aos ataques desferidos pelo presidente Jair Bolsonaro durante transmissão ao vivo no Facebook, na noite da terça-feira, 29, a TV Globo afirmou que “não faz patifaria nem canalhice”, mas “jornalismo com seriedade e responsabilidade”.

“A Globo lamenta que o presidente revele não conhecer a missão do jornalismo de qualidade e use termos injustos para insultar aqueles que não fazem outra coisa senão informar com precisão o público brasileiro”, diz o comunicado da emissora.

Bolsonaro fez pesados ataques à Globo após uma reportagem do Jornal Nacional mostrar que um porteiro do condomínio no Rio onde moravam o atual presidente e o ex-policial Ronnie Lessa, um dos acusados de matar Marielle Franco, mencionou Bolsonaro em depoimento. Segundo o porteiro, o outro acusado do crime, Élcio Queiroz, procurou o então deputado federal – que estava em Brasília – no dia do atentado, 14 de março de 2018.

A Globo também fez referência à afirmação de Bolsonaro de que não perseguiria a emissora, mas que só renovará sua concessão, que vence em 2022, se o processo estiver “enxuto”. “A Globo afirma que não poderia esperar dele outra atitude. Há 54 anos, a emissora jamais deixou de cumprir as suas obrigações.”

Leia a nota na íntegra:

“A Globo não fez patifaria nem canalhice. Fez, como sempre, jornalismo com seriedade e responsabilidade. Revelou a existência do depoimento do porteiro e das afirmações que ele fez. Mas ressaltou, com ênfase e por apuração própria, que as informações do porteiro se chocavam com um fato: a presença do então deputado Jair Bolsonaro em Brasília, naquele dia, com dois registros na lista de presença em votações. O depoimento do porteiro, com ou sem contradição, é importante, porque diz respeito a um fato que ocorreu com um dos principais acusados, no dia do crime. Além disso, a mera citação do nome do presidente leva o Supremo Tribunal Federal a analisar a situação. A Globo lamenta que o presidente revele não conhecer a missão do jornalismo de qualidade e use termos injustos para insultar aqueles que não fazem outra coisa senão informar com precisão o público brasileiro. Sobre a afirmação de que, em 2022, não perseguirá a Globo, mas só renovará a sua concessão se o processo estiver, nas palavras dele, enxuto, a Globo afirma que não poderia esperar dele outra atitude. Há 54 anos, a emissora jamais deixou de cumprir as suas obrigações.”

Com IG/Estadão/A Tarde

Garotinho e Rosinha são presos no Rio de Janeiro

Painel Político Revista - https://revista.painelpolitico.com

Esta é a quinta vez que Garotinho é preso, e a terceira de Rosinha

Os ex-governadores do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho e Rosinha Matheus, foram presos na manhã desta quarta-feira, 30, pela Polícia Civil. O casal foi encontrado na residência, no Flamengo, na Zona Sul do Rio.

De acordo com o portal G1, os mandados de prisão preventiva foram cumpridos às 6h30, depois que a Justiça derrubou, nesta terça-feira, 29, o habeas corpus que mantinha o casal em liberdade. 

A expedição de novos mandados judiciais para prisão dos ex-governadores ocorre após pedido do Ministério Público, que apontou indícios de interferência do casal nas investigações, incluindo ameaças a uma testemunha-chave. 

Esta é a quinta vez que Garotinho é preso, e a terceira de Rosinha. A dupla é investigada por integrar um esquema que teria causado um prejuízo de R$ 60 milhões aos cofres públicos.

Capricorniano, atenção às armadilhas do ego, como a ganância. Veja as previsões

Painel Político Revista - https://revista.painelpolitico.com

Veja a previsão desta quarta para seu signo e ascendente com Marcelo Dalla

ÁRIES

Você pode fazer contatos e agilizar os novos projetos. Porém, Marte segue em Libra e desafia Plutão: quanto mais diplomacia, menos prejuízos. É importante agora se abrir para as novas soluções, para a consciência de cidadania e as necessidades dos outros, para que possa avançar em conjunto. Ao mesmo tempo, a Lua nova segue em Sagitário, favorecendo a criatividade, pedindo espaço e amplos movimentos. O aprendizado é ampliar a visão, equilibrar a liberdade com a responsabilidade.

TOURO

Ousadia, coragem, criatividade e irreverência são as palavras-chave do período. A Lua segue novinha em folha pelo idealista Sagitário, enquanto o Sol ainda confronta Urano: é importante deixar espaço para o imprevisível. Os intercâmbios, e a comunicação também estão favorecidos. Leituras, cursos, palestras, estudos e diálogos esclarecedores ganham destaque. Vale apostar em novas propostas também. Expandir os horizontes, abrir-se para o mundo, novas soluções e novos conhecimentos.

GÊMEOS

Os relacionamentos podem ganhar novo ânimo com conversas amorosas e esclarecedoras. Bom período para promover divulgações, buscar novidades e rotas alternativas. A Lua nova segue Sagitário: vale ficar com a mente aberta e as antenas ligadas. Entusiasmo, confiança, liderança, inspiração e espontaneidade são qualidades em destaque. Atividades artísticas se beneficiam com mais entusiasmo, intuição e profundidade.

CÂNCER

É tempo de cultivar independência e liberdade de pensamento, de dar espaço a acontecimentos surpreendentes. A Lua nova segue no expansivo Sagitário: fica mais fácil afastar mente pensamentos derrotistas, quebrar com velhos padrões e regras obsoletas. Aproveite para estudar e filosofar. Vale lembrar que o impossível só existe na mente dos acomodados e o futuro se insinua para quem está de antenas ligadas. No período da noite é melhor relaxar e recolher-se mais cedo. Lua e Netuno indicam possível queda de energia.

LEÃO

Sol em Escorpião, Lua em Sagitário: aproveite para conectar-se com ideais elevados, compreender mais sobre si mesmo e a vida, buscar sabedoria e consciência. Os aprendizados que absorver agora podem ajudá-lo a compreender velhas limitações a serem superadas para tornar-se uma pessoa melhor. Os assuntos filosóficos, os conhecimentos superiores e os intercâmbios com regiões distantes estão beneficiados. É tempo de estipular novas metas, de expandir sua visão do mundo para crescer e progredir.

VIRGEM

Conte com mais intuição e capacidade de análise. Você pode promover reformas para tornar a vida mais leve, abandonar hábitos retrógrados, romper com padrões impostos. Pode também renovar velhas crenças e descobrir até mesmo o interesse por novos assuntos. Com a combinação entre Mercúrio e Vênus, procure estar aberto para o diálogo. Está mais fácil conectar-se com ideais elevados, obter bons diagnósticos, encontrar respostas. Fazer algo fora do comum também pode trazer satisfação e alimentar novas ideias.

LIBRA

Conte com mais intuição e abertura para compreensões profundas. Com a Lua nova em Sagitário, você pode renovar energias, investir em novas metas e intenções. Conte com mais entusiasmo também. Esta é uma oportunidade de renovar os pensamentos. Novas amizades, novas ideias, novos ambientes e aprendizados estão em pauta. Porém, Marte segue em seu signo e desafia Plutão, procure evitar situações arriscadas e conflituosas. A preferência vai para amplos espaços e movimentos, em clima de liberdade.

ESCORPIÃO

Uma nova aventura, um programa ao ar livre ou um passeio de preferência junto à natureza é bem vindo com a Lua nova em Sagitário. Mas evite grandes riscos, confrontos ou disputas, pois Marte desafia Plutão. Invista na comunicação amorosa e curativa, no prazer, na beleza e na harmonia. Você sai ganhando se souber reforçar os laços com quem ama, cultivar mais comprometimento em suas relações. Procure manter a mente aberta para aprender e pensar diferente também.

SAGITÁRIO

Aproveite para atualizar as informações e buscar novos aprendizados. É tempo de abrir a mente, desvendar mistérios, buscar novos horizontes e se aventurar. A Lua nova segue agora em seu signo, a sensibilidade ganha evidência. Cresce seu poder para utilizar as palavras certas, convencer e angariar colaboradores para os seus projetos. Tudo o que é inovador fica favorecido. Vale lembrar que está finalizando um ciclo solar: os assuntos mágicos, místicos e metafísicos também ganham força.

CAPRICÓRNIO

A Lua segue em Sagitário, inspirando a expansão do conhecimento. Os novos projetos podem sair da gaveta, os intercâmbios se mostram mais produtivos. Mas esteja atento para as disputas de poder e as armadilhas do ego, como a ganância, por exemplo. A dica de hoje é cultivar independência, originalidade, dar espaço a acontecimentos surpreendentes. A preferência para rotas alternativas e novas soluções. Você pode investir em boas conversas, estipular novas metas e fazer contatos produtivos.

AQUÁRIO

Está mais fácil se libertar de velhos hábitos e padrões rígidos. O Sol ainda confronta Urano: prefira fazer algo inovador, conhecer um lugar diferente, fugir da rotina e da mesmice. Propostas ousadas e criativas podem acalmar a inquietação. Permita-se fazer algo novo, fazer novos contatos, sem medo de tentar, errar e acertar. Surpresas e convites inesperados costumam ser bem recebidos com essa combinação. É tempo de abrir a mente, ampliar o olhar, buscar novos horizontes e permitir tentar algo diferente.

PEIXES

Período bom para conversas curativas. É tempo de caprichar no visual para se mostrar mais belo e sedutor. Aproveite para promover intercâmbios, fazer contatos, cultivar abertura para aprender algo novo. A Lua nova segue em Sagitário, aproveite para filosofar, pensar grande e entrar em contato com regiões distantes. Você também pode aprofundar os laços de afeto e união em suas parcerias, ou investir em novos relacionamentos. Tudo o que é novo e diferente também está favorecido.