Francisco e Bento XVI inauguram jubileu juntos pela primeira vez

O Papa Francisco inaugurou nesta terça-feira um novo ano santo da Igreja Católica, o jubileu, diante de milhares de fiéis e oficiais de segurança. O foco da missa de inauguração, em uma Praça de São Pedro lotada, foi a misericórdia. A cerimônia também foi marcado por um encontro entre o Pontífice e seu antecessor emérito, Bento XVI, inaugurando juntos pela primeira vez um jubileu.

Quase 50 mil pessoas acompanharam a missa, incluindo o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, e o presidente Sergio Matarella. Francisco celebrou o evento em um altar instalado diante da esplanada e para centenas de cardeais, bispos e padres, além de milhares de fiéis.

Francisco inaugurou a cerimônia ao abrir a porta da Santa Sé. Ele parou por alguns minutos para rezar no local, seguido por Bento XVI. Os dois se abraçaram no local. No ato simbólico, o Pontífice fez um apelo à Igreja para que “se abra ao mundo, respeite o próprio impulso missionário de ser samaritano e de antepor a misericórdia ao julgamento”.

Aos 88 anos, Bento XVI apresentou saúde frágil e teve de ser acompanhado de perto por assessores.

A exemplo da Itália, o Vaticano tem adotado medidas de segurança firmes após os atentados de novembro em Paris.

 

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

1 thought on “Francisco e Bento XVI inauguram jubileu juntos pela primeira vez

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: