Números divulgados pelo anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta quinta-feira mostram que em Rondônia foram registrados em 2014, 504 mortes violentas (assassinatos) e 17 casos de latrocínio (roubo seguido de morte). Atualmente o Estado tem uma população de 1.748.531 habitantes, o que dá uma média de 30,9 de mortes para cada 100 mil habitantes, o que coloca Rondônia em 15º no ranking nacional. O campeão nas estatísticas é Alagoas, com 66,5 de assassinatos para cada 100 mil. São Paulo é o estado com o menor índice, 12,7 mortes para cada 100 mil pessoas.

No país todo, de acordo com o anuário, houve no ano passado 52.305 vítimas de homicídio doloso. Outras 3.022 pessoas morreram em decorrência de ações policiais (tanto em serviço quanto fora dele) – um crescimento de 37% em um ano. Por outro lado, 398 policiais foram assassinados (número ligeiramente menor que o de 2013, quando 408 agentes acabaram mortos).

Além disso, 2.061 pessoas morreram em decorrência de latrocínios (roubos seguidos de morte) e 773, por lesões corporais.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário