Ações da JBS desabam na Bolsa de Valores

Ações da empresa JBS Friboi, cujo sócio foi denunciado pelo Ministério Público Federal na última terça-feira, 26, desabaram na Bovespa nesta quarta-feira, 27. A queda chega a 15% e continuam com previsão de mais redução. Os acionistas estão pulando fora e a tendência é de mais quedas nos próximos dias. Segundo a denúncia, as empresas concederam empréstimos entre si, em [su_frame align=”right”] [/su_frame]operações conhecidas como “troca de chumbo”, na qual instituições financeiras de diferentes grupos econômicos emitem crédito a empresas que também fazem parte desses conglomerados. A lei veda a concessão de empréstimo de uma entidade financeira a suas sociedades controladoras.

De acordo com o MPF, J&F Participações e a Flora Produtos de Higiene e Limpeza, da J&F, obtiveram 80 milhões de reais em empréstimos do Banco Rural, um dia após abrirem contas correntes na instituição.Quatro dias depois, a empresa Trapézio, controladora do Banco Rural, recebeu empréstimo no mesmo valor, 80 milhões de reais, ao firmar contrato com o Banco Original, da J&F, responsável por emitir a nova operação de crédito.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário