Acre sitiado: Acessos a Rio Branco são fechados em nova série de ataques

Polícia bloqueou entradas da cidade e intensificou revistas em carros e pedestres; criminosos incendiaram seis ônibus e 34 pessoas foram presas

Moradores do Estado do Acre viveram mais uma madrugada de terror nesta quinta-feira (18). No município de Senador Guiomard, a 24 quilômetros da capital Rio Branco, seis ônibus usados para transporte escolar pela Secretaria de Saúde foram queimados. De acordo com a Secretaria Pública do Estado do Acre, 34 pessoas foram presas pelos atos.

Em Rio Branco, um ônibus da Secretaria de Estado de Segurança Pública também foi incendiado. Uma ponte, localizada no bairro Taquari, um dos mais violentos da cidade, também foi queimada.

Os integrantes de uma facção criminosa que age de maneira semelhante àquela que promoveu ataques no início do mês no Rio Grande do Norte ainda tentaram atear fogo a uma escola pública da cidade, mas não conseguiram executar a ação.
A ordem dos atentados parte de dentro do presídio. O governo do Estado prometeu endurecer ações contra criminosos. Soldados do Exército e parte do efetivo da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal ajudaram no policiamento.

As entradas e saídas da capital do Estado foram bloqueadas e as revistas em carros e transeuntes foram intensificadas. Universidades da capital com aulas no período noturno suspenderam as aulas. Em vídeo, marginais ameaçam:

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário