Acusada de gastar R$ 2 milhões no cartão pede liberdade a Moro

Mulher de Wilson Carlos, secretário de Sérgio Cabral, Mônica Carvalho alega doença emocional e necessidade de sustentar a família.

Mulher de Wilson Carlos, ex-secretário de Sérgio Cabral, Mônica Carvalho entrou com um pedido de absolvição na justiça. A petição, que vai ser analisada pelo juiz Sérgio Moro.

A defesa de Mônica pede que ela seja absolvida do processo em que é acusada de desvio de dinheiro por falta de provas.

“Ao contrário do que prega a mídia, a família não possui padrão de vida luxuoso, os bens de família são um apartamento e um automóvel fabricado em 2010”.

Alega ainda que ela sofre de lúpus, e que “as crises advêm de elevado nível de estresse”.

As afirmações, entretanto, contrastam com o que foi documentado pelos procuradores do Ministério Público. Entre 2007 e 2015, o casal torrou 2,1 milhões de reais no cartão de crédito.

Os procuradores afiram ainda que Carlos era o operador administrativo do ex-governador, responsável pela organização da forma de pagamento e da cobrança das propinas ajustadas pelas empreiteiras com Sérgio Cabral”.

Fonte: radar on line

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário