Advogado de Victor Chaves afirma que esposa agrediu mãe do sertanejo

Em coletiva de imprensa, representante legal do músico revelou próximos passos do processo

Indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por agressão a esposa, Poliana Bagantini, Victor Chaves vive momentos de tensão. Na manhã desta quarta-feira (5), o advogado de defesa do cantor, Felipe Martins Pinto, reuniu a imprensa para falar sobre o indiciamento do sertanejo.

De acordo com representante, apesar da agressividade de Victor, o músico não tinha intenção de machucar Poliana. “Victor tem convicção da conduta dele e da sua inocência. O laudo e as testemunhas atestam que ele não machucou a Poliana. Ela entrou a força no elevador e ele a puxou para fora. Porque queria proteger a filha da mulher, que estava descontrolada. Apesar da agressividade do Victor ao tirar a Poliana do elevador, ele não a machucou”, afirma.

Felipe Martins revela que Poliana também teve uma atitude agressiva com a mãe do cantor, Marisa Chaves, mas que a pedido do músico, a esposa não foi denunciada. Na declaração feita a imprensa, o advogado de Victor afirma que o sertanejo está tranquilo com a acusação e que se fosse necessário faria tudo de novo. “Victor tem a tranquilidade de dizer que o que ele fez ele faria de novo. O que ele fez, fez para proteger a filha. E se ele precisasse ele faria de novo”, relata.

O representante legal do músico ainda revelou os próximos passos do caso. “Houve a conclusão do inquérito e a juíza abriu vias para o Ministério Público. O MP vai analisar e ele pode ou não ser denunciado”, explica.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário