AGU entende que policiais civis não podem entrar em greve

STF deverá analisar o assunto em sessão nesta quarta-feira (5)

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgará na quarta-feira (5) um recurso que trata do direito – ou não – à greve dos policiais civis. A Advocacia-Geral da União (AGU) se manifestará contra a hipótese.

O argumento da AGU é que a Constituição Federal veda o direito à greve dos policiais militares e, por analogia, deve ser estendido aos policiais civis, por uma questão de manutenção da “ordem e segurança pública”.

Da Época

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *