Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB em 2017

Segundo os ‘alckmistas’, o comando do PSDB ajudaria o tucano a ganhar protagonismo fora de São Paulo, possibilitando-o a disputar a Presidência da República em 2018

Apesar de resistir à proposta, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin deve presidir o PSDB a partir de 2017.

Políticos de outras siglas e tucanos defendem que Alckmin reivindique a presidência, atualmente sob comando do senador Aécio Neves, quando o mineiro concluir o seu mandado à frente do partido.

  • Aécio inicia tour pelo país em busca de liderança no PSDB

Segundo os ‘alckmistas’, o comando do PSDB ajudaria o tucano a ganhar protagonismo fora de São Paulo, possibilitando-o a disputar a Presidência da República em 2018.

Contudo, segundo informações da coluna Painel da Folha de S.Paulo, o governador ainda resista à proposta. Ele argumenta que seria difícil conciliar a gestão de São Paulo e a presidência da sigla.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

1 thought on “Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB em 2017

  1. Diferente dos outros partidos, o PSDB não tem um cacique, um dono, como a maioria. E essa é sua grande virtude. Tem ao menos 3 nomes em condições de disputar e ganhar a presidência em 2018. E é natural uma liderança como Alckmin, que governa o principal estado da federação e está demonstrando força nessas eleições pleiteie espaço equivalente no partido. Foi assim com Serra e Aécio nas eleições anteriores. Agora parece ser novamente a vez de Geraldo Alckmin.

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: