Ameron entra na fase final de preparação para o Campeonato Nacional dos Magistrados

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Dezesseis atletas foram convocados para representar Rondônia no Campeonato Nacional dos Magistrados na categoria Master acima dos 40 anos. A competição faz parte do calendário de atividades esportivas da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Entre os dias 12 e 15 de novembro em Maceió-AL, a Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), estará em campo em busca de mais um título para galeria de troféus, o primeiro na competição nacional.

A esperança de gols do time rondoniense está na dupla que compõe a linha de frente, os atacantes José Antônio Robles que assinalou três vezes durante a Fase Regional disputada em maio na cidade de Rio Branco-AC e Aldemir de Oliveira que recebeu um troféu simbolizando 50 gols marcados em toda história da competição.

Às vésperas do embarque para capital alagoana, a Ameron tem se dedicado nos treinamentos e apostado nos amistosos para dar ritmo de jogo aos atletas. Em setembro, o time dos magistrados enfrentou a equipe da Embaixada São Paulina de Rondônia. “A maior parte dos jogadores da Embaixada tinha menos de 35 anos, mesmo assim provamos que nosso time tem qualidade e vencemos por 5 a 4”, comemora o diretor de esportes da Ameron, Johnny Gustavo Clemes que também é responsável por fechar a meta do time composto por juízes e desembargadores. O próximo desafio será o time dos Oficiais da Polícia Militar, “estamos só no aguardo da resposta deles, tentamos marcar o jogo para a próxima quarta-feira (5)”, completa o goleiro.

Último amistoso disputado pela Ameron foi diante dos Alunos da Escola da Magistratura, os magistrados mais uma vez saíram de campo com uma vitória elástica por 7 a 4. Ainda de acordo com o goleiro da equipe, a Ameron pode surpreender no torneio isso porque, “o pessoal é sempre muito focado e está acostumado a participar de competições, ainda mais nessa categoria que agrega pessoas com mais experiência. É uma oportunidade de desenvolver uma atividade que além de ser uma paixão nacional, também proporciona chances de fazer novas amizades e contatos importantes para a realização da Justiça em todos os cantos do país”, avalia Johnny.

Os treinos da Ameron acontecem todas as segundas e sextas a partir das 19 horas no campo da sede da associação, localizada na Estrada do Santo Antônio, Km 3, Triângulo. A equipe também busca agendar amistosos nas noites de quarta-feira e aos sábados pela manhã.

Competição

O time da Ameron se classificou para o torneio ao sagrar-se campeão da Fase Regional Norte, ocorrida em maio no Acre. Ao todo 16 equipes se classificaram para a fase nacional da competição a ser disputada em Alagoas. O sorteio dos grupos acontece na véspera da rodada de abertura.

As despesas para organização do evento como arbitragem e manutenção de campo serão bancadas pela Associação dos Magistrados de Alagoas (Almagis), enquanto que transporte, alimentação e hospedagem ficam por conta dos próprios atletas. Isso porque se trata de uma atividade de natureza privada e destina a promover somente a saúde e integração dos magistrados que não tem patrocinadores e não utilizam verbas públicas.

Regras

Durante o torneio as regras básicas serão semelhantes ao do futebol society, mas com algumas adaptações. Oficialmente são dois tempos de 30 minutos, porém, no torneio dos magistrados a duração das partidas será reduzida para duas etapas de 25 minutos cada.

Tiro-livre concedido após a sétima falta coletiva, inserção do cartão azul (eliminando um jogador para o restante da partida podendo ser substituído por outro) e, além disso, cada equipe tem direito a pedir duas vezes tempo técnico que pode ser utilizado uma vez no primeiro tempo e a segunda vez na etapa complementar. A idade mínima permitida entre os jogadores é de 39 anos.

No fim do torneio os diretores de esportes de todas as associações participantes vão se reunir e com base no rodízio feito por região será escolhida a sede do campeonato para o ano que vem.

Histórico

No ano passado, a competição foi disputada em Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul e a Ameron ficou em 5º lugar do total de 16 equipes, ficando com a melhor campanha entre todos os times que terminaram com a vice-liderança nos respectivos grupos. O time de Rondônia foi eliminado devido ao confronto direto contra São Paulo (Apamagis).

Na ocasião, Minas Gerais (Amagis) se sagrou campeão ao derrotar o Rio de Janeiro (Amaerj) nos pênaltis. Caso a Ameron vença o torneio, será o primeiro título de Rondônia na competição nacional.

Confira quem são os magistrados que vão representar Rondônia no torneio nacional:

Adriano Lima Toldo

Aldemir de Oliveira

Álvaro Kalix Ferro

Áureo Virgílio Queiroz

Edvino Preczevski

Fabiano Pegoraro Franco

Ivens dos reis Fernandes

José Antônio Barretto

José Antônio Robles

Luiz Marcelo Batista da Silva

Maximiliano Darcy David Deitos

Sebastião Teixeira Chaves

Juizes do Trabalho:

Afrânio Viana Gonçalves

Domingos Sávio Gomes dos Santos

(Servidores)

Alexandro Vieira Gonçalves

Lucas Silva Barreto

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário