Após furto, matemático receberá nova medalha Fields

Segundo organização do ICM 2018, entrega acontecerá neste sábado, no Riocentro

Depois de ter tido sua medalha Fields furtada, o matemático iraniano Caucher Birkar receberá uma nova. O furto ocorreu durante a abertura do Congresso Internacional de Matemáticos (ICM, na sigla em inglês), iniciado nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro.

A organização do ICM 2018 informou que entregará um novo exemplar da medalha Fields ao matemático neste sábado, às 12h, no Pavilhão 6 do Riocentro.

Além das quatro medalhas entregues na quarta-feira, a organização recebeu uma “sobressalente”, igual às outras mas sem seus nomes gravados, para imprevistos. A gravação do nome de Birkar na quinta láurea está sendo providenciada.

O furto teria acontecido quando o matemático Caucher Birkar, meia hora após receber a medalha, deixou o item juntamente com a carteira e um celular dentro de uma pasta colocada sobre uma mesa. Depois que o furto foi percebido, a equipe de segurança do Riocentro foi acionada.

Nesta quinta-feira, foram divulgadas imagens pela Polícia Civil do Rio que seriam do momento em que a pasta do matemático foi levada. O vídeo, feito por um cinegrafista desavisado, captura o rosto dos dois suspeitos.

Esta é a primeira vez que o Brasil sedia o Congresso Internacional de Matemáticos, realizado no Riocentro, na Barra da Tijuca, Rio.

OURO 14 QUILATES

Considerada o “Nobel” da Matemática, a medalha Fields é toda feita de ouro 14 quilates e equivale a cerca de R$ 15 mil, segundo os responsáveis pelo congresso internacional no qual ocorre a premiação. A insígnia foi idealizada pelo escultor canadense R. Tait McKenzie.

Em um de seus lados, há a figura de Arquimedes e uma citação atribuída a ele. Do outro lado, a frase: “Matemáticos do mundo inteiro reunidos deram este prêmio por seus escritos extraordinários”, em latim. Na premiação, os cientistas ganham também uma recompensa financeira de aproximadamente R$ 42 mil.

O reconhecimento da Fields é uma honraria que poucos pesquisadores do mundo têm. Este ano, quatro matemáticos foram premiados. Entre eles estava o iraniano Caucher Birkar, que teve a medalha furtada.

Fonte: oglobo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *