Assembleia cancela sessão itinerante para  acompanhar “Plateias”

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Assim que tomou conhecimento da Operação Plateias da Polícia Federal, que tem por objetivo desarticular organização criminosa formada por lobistas e agentes públicos responsáveis por desvio de verba pública e direcionamento de licitações, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho cancelou a sessão itinerante que seria realizada no município de Ji-Paraná e decidiu retornar imediatamente para Porto Velho, a fim de acompanhar de perto o desenrolar da ação.

O deputado, que há dois anos vem sistematicamente denunciando irregularidades e atos de corrupção do governo Confúcio Moura, ainda estava no hotel em Ji-Paraná, quando tomou conhecimento da operação, já em andamento. Ele explicou que não havia mais clima para a realização de sessão que iria debater e votar projetos de interesse do governo.

“Como vamos votar projetos de um governo que está enrolado em fatos que segundo as investigações de Polícia Federal e do Gaeco, já resultaram no desvio de R$ 47 milhões, envolvendo contratos que atingem a soma de R$ 300 milhões?”, questionou, acrescentando que irá “acompanhar o desenvolvimento das ações e propor uma nova sessão itinerante para os próximos dias”, disse o deputado.

Embora tenha sido o político que mais acumulou denúncias de corrupção no governo, tendo tornando-se inclusive referência da oposição ao governo Confúcio Moura, Hermínio Coelho lamentou que “mais uma vez esse governo põe na lama o nome e a honra do povo de Rondônia. Infelizmente, como comprovou a Polícia Federal e o Ministério Público, estávamos certos em nossas denúncias”, observou.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário