Assembléia Legislativa recebe representação contra deputados Edson Martins e Adelino Folador

[su_frame align=”right”] [/su_frame]A Assembléia Legislativa de Rondônia recebeu na última sexta-feira duas representações contra os deputados Adelino Folador (DEM-Ariquemes) e contra Edson Martins (PMDB-Urupá), por quebra de decoro parlamentar, um por nepotismo outro por suspostamente cobrar propina de empresa de oxigênio.

A representação vai ser lida nesta terça-feira na sessão ordinária e logo após vai ser encaminhado a comissão de ética, onde a denuncia é analisada e se tiver procedência é mandado para plenário para ser votado pelos deputados.

Contra o deputado estadual Edson Martins (PMDB-Urupá) a denúncia é que ele tem vários parentes empregados na Assembléia Legislativa e no Governo de Rondônia, além de sua chefe de gabinete ter nove parentes praticando o famoso nepotismo cruzado.

Todas as denúncias que pesam contra o deputado e sua chefe de gabinete foram assinadas por Geyse Esteves e foram encaminhadas a Assembléia Legislativa, Ministério Público, OAB/RO, Governador Confúcio Moura, Ouvidoria do Governo de Rondônia, DEOSP, SEDAM, SEDES, SEAGRI, defensoria Pública e ao Ministro do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins.

Contra o deputado estadual Adelino Folador a denúncia é que ele cobrava propina no valor de 15% da empresa Oxiporto para agilizar pagamentos da empresa na SESAU – Secretaria de Saúde de Rondônia.
Os dois agora com a representação se elas forem aceitas terão que enfrentar o julgamento político dos colegas deputados estaduais.

As informações são do Observador

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *