Ator da Globo desaparece no Rio São Francisco; Camila Pitanga tentou salva-lo

Atriz berrava com as mãos na cabeça por Domingos Montagner

O ator Domingos Montagner, o protagonista Santo da novela da Globo Velho Chico, desapareceu após mergulhar nas águas do Rio São Francisco nesta quinta-feira, na cidade de Canindé de São Francisco, em Sergipe, a cerca de 200 quilômetros de Aracaju. O ator mergulhou por volta das 13 horas e não retornou à margem. Na região das buscas, há helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, salva-vidas, ambulâncias e pescadores locais.

Par romântico de Domingos Montagner na novela Velho Chico, trama das 9 da Globo, a atriz Camila Pitanga estava com o ator quando ele mergulhou no rio São Francisco, no começo da tarde desta quinta-feira, e desapareceu. Ao notar que o ator não voltava à superfície, Camila entrou em desespero e começou a berrar. “Ela gritava com as mãos na cabeça”, conta Josivânia Maria de Araújo Domingos, a Lalá, dona do restaurante Caçoá, localizado na prainha do rio onde Montagner e Camila estavam.

“Um menino veio me contar no restaurante, eu achei que fosse gravação. Mas, quando vi o movimento na área, percebi que era algo sério e fui olhar de perto. Camila estava em cima de uma pedra, de onde o ator pulou, gritando em desespero, ‘Socorro, socorro’”, conta Lalá. Segundo ela, foi preciso um barco para tirar Camila, porque a pedra usada por Domingos para o mergulho fica no meio do rio.

De acordo com Lalá, o rio São Francisco tem uma correnteza muito forte naquela área. Ela também conta que Montagner sempre foi “dos melhores” do elenco deVelho Chico. “Ele é super-simpático, brincava com a gente e vinha trazer o prato no balcão depois de comer. Era dos melhores”, diz. “Tem atores mesmo que… meu Deus do céu.”

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário