Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

PGR se manifesta contra revisão criminal ajuizada pelo senador Acir Gurgacz

On : --

Parlamentar foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou, ontem (1º), ao Supremo Tribunal Federal (STF), manifestação contra a revisão criminal, com pedido de liminar, ajuizada pelo senador Acir Gurgacz (PDT/RO). O parlamentar foi condenado em fevereiro do ano passado pela Primeira Turma do STF a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro. Para Raquel Dodge, “o inconformismo da parte com a decisão judicial a si desfavorável não pode traduzir-se numa sucessão de interposição de recursos e de medidas judiciais incabíveis e teratológicas, onerando o exercício da jurisdição, notadamente de um órgão da envergadura da Suprema Corte”.

No recurso, Acir Gurgacz questiona o fato de que o juízo de admissibilidade dos embargos infringentes interpostos pela defesa contra o acórdão de condenação foi feito não pelo relator, mas em decisão coleg..

Anúncios

“Porto Velho está sem comando”, diz vereador sobre caos no transporte público; prefeito está em Miami

On : --

Para Márcio Oliveira, Hildon Chaves foi irresponsável, “isso nunca aconteceu”

O vereador Márcio Oliveira (MDB) disse que o prefeito foi irresponsável no trato com o serviço de transporte público em Porto Velho, não dando a devida atenção para uma questão que é de fundamental importância para a população do município, afetando drasticamente a parte mais necessitada.

Márcio Oliveira relatou que fez parte, juntamente com a vereadora Cristiane Lopes, representantes da Defensoria Pública, do Ministério Público e Ministério do Trabalho e da Semtran, criando uma comissão para elaboração do edital de licitação para o transporte municipal. Foram várias reuniões de mais de cinco horas, até o edital ficar pronto, passando este pelos órgãos de controle e foi aprovado, com o prazo de que a licitação procederia em novembro do ano passado.

“Infelizmente o prefeito e a Superintendência de Licitações, (SML)que não lícita nada no município, não tomaram as medidas necessárias na hora certa, simplesme..

Jean Oliveira reafirma compromisso de trabalhar pelo progresso de Rondônia

On : --

O deputado Jean Oliveira (MDB), em seu pronunciamento após a posse, disse que o momento era de agradecimento e de dar sequência aos trabalhos que ele vem desenvolvendo desde o seu primeiro mandato.

O parlamentar agradeceu aos familiares e aos amigos “que vieram de municípios distantes para participar dessa cerimônia histórica”.

“É meu terceiro mandato, porém, cada posse é um momento único, de entusiasmo e comprometimento com a população de Rondônia. E é ao povo desse Estado que agradeço a oportunidade de ter sido o segundo deputado mais votado de Rondônia. Muito obrigado”, declarou o deputado.

Jean Oliveira disse que ainda há muito o que fazer por Rondônia e se comprometeu a continuar atuando com determinação e força de vontade em prol da população rondoniense.

“Força de vontade para fazer de Rondônia um Estado de progresso constante. Esse é o meu compromisso pelos próximos quatro anos”, concluiu

Foto: Gilmar de Jesus

Moro quer confisco de bens de corruptos e prisão em segunda instância; veja as 14 alterações

On : --

Proposta prevê, por exemplo, modificações em trechos do Código Penal, o Código de Processo Penal e da Lei de Crimes Hediondos.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, apresentou nesta segunda-feira (4) a governadores um projeto anticrime com propostas de alterações em 14 leis.

O texto prevê, por exemplo, modificar trechos do Código Penal, do Código de Processo Penal, da Lei de Execução Penal, da Lei de Crimes Hediondos, do Código Eleitoral, entre outros.

LEIA A ÍNTEGRA DO PROJETO

Moro explicou os pontos da proposta em uma reunião em Brasília. Além dos governadores, estavam presentes secretários de segurança pública.

O objetivo do projeto de lei anticrime, de acordo com o Ministério da Justiça, é dar mais efetividade ao combate à corrupção, a crimes violentos e ao crime organizado.

Veja principais pontos da proposta:

Caixa 2: pelo projeto, será crime arrecadar, manter, movimentar ou utilizar valores que não tenham sido declarados à Justiça Eleitoral. Essa prática é comumente chamada ..

Lei anticrime poderá criminalizar caixa 2 também em ato já praticado

On : --

Um ponto que será incluído é o que trata da chamada plea bargain que permite e incentiva o acordo, a negociação, entre o acusado de um crime e o Ministério Público

O projeto de lei anticrime que será enviado Congresso Nacional nos próximos dias deverá incluir a proposta de criminalização da prática de caixa 2, inclusive para atos já praticados. A informação foi antecipada pelo presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública, deputado Capitão Augusto (PR-SP), minutos depois de deixar a reunião em que o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro apresentou a proposta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reeleito na sexta-feira (1º).

“Não teremos dificuldade de criminalizar daqui para frente. A grande questão é criminalizar ações já ocorridas. Mas, provavelmente ele Moro irá incluir”, afirmou.

Depois de quase uma hora de conversas com Maia na residência oficial da Câmara, Moro reuniu-se com governadores e secretários de Segurança Pública para apresentar o me..

Alegando “problemas de saúde” prefeito de Cerejeiras renuncia ao cargo

On : --

Em carta-renúncia, prefeito revela “complicação da minha saúde, algo que se tornou mais intenso”

Em carta-renúncia enviada nesta segunda-feira (04) à Câmara Municipal, o prefeito de Cerejeiras, Airton Gomes, revela que enfrenta problemas de saúde, gerados, segundo ele, pelo desgaste físico e mental relativos ao cargo que exerce à frente do Poder Executivo. “ É de maneira irrecorrível, irretratável, minha renuncia ao cargo de prefeito municipal. A motivação desta decisão passa por uma grande reflexão acerca de todo um processo que, na sua essência, está ligado apenas a ordem pessoal, notadamente ao desgastes físico e mental que resultou na complicação de minha saúde, algo que vem se tornando cada vez mais intenso com o passar do tempo. Trata-se de uma decisão muito difícil, mas que não está atrelada a qualquer fato ou circunstâncias relacionadas à administração pública ou pessoas. Tenho muito orgulho e satisfação de boa convivência com todos do Poder Executivo, do Poder Legislativo e o..

Presidente da Assembleia destaca ações do Judiciário e diálogo permanente entre poderes

On : --

Durante a abertura do Ano Judiciário nesta segunda-feira em Porto Velho, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB) defendeu a harmonia entre os poderes como forma de garantir uma paz duradoura no Estado, assegurando caminhos cada vez melhores para a população. A solenidade foi comandada pelo presidente do Tribunal de Justiça, Walter Waltenberg, em evento que ainda com a presença do vice-governador, José Atílio Salazar Martins e dirigentes do Tribunal de Contas, Ministério Público e OAB.

Durante discurso, o presidente do Tribunal de Justiça destacou a liderança de Laerte Gomes na condução do Poder Legislativo rondoniense. “Parabenizo o jovem presidente da assembleia legislativa, que soube construir unanimidade em torno de seu nome, desde as sucessivas eleições para prefeito de Alvorada do Oeste, até a presidência da associação estadual de prefeitos já se sabia que vossa excelência se constituiria numa liderança estadual. A classe política tem enorme confia..

Morre Paulo Elifas, ex-senador de RO

On : --

O ex-senador Elifas Paulo da Silva, conhecido como Paulo Elifas, morreu aos 72 anos em Curitiba (PR), onde estava internado há cerca de três meses. Ele foi diagnosticado com leucemia há quase 20 anos e, desde então, vinha lutando contra a doença. Paulo era pioneiro em Cacoal (RO), onde exercia a profissão de médico.

A morte ocorreu no domingo (3) e o enterro será em Cacoal na terça-feira (5).

Após o comunicado de falecimento do ex-senador, amigos utilizaram as redes sociais para prestarem as últimas homenagens ao pioneiro.

O hospital onde o médico trabalhava e era dono, informou que o corpo está vindo para Cacoal de Curitiba e o velório deve começar na terça-feira a partir das 9h na câmara de vereadores local.

Quem era Paulo Elifas

Paulo Elifas tinha 72 anos. Nasceu em 25 de outubro de 1.946 em União da Vitória (PR). Casado com Denise Eugenio Paulo da Silva, eles tiveram três filhas. Ele era médico e proprietário de um hospital em Cacoal. Exerceu o cargo de senador no ano de 2004.

[COLUNA] – Site da prefeitura ignora princípio da impessoalidade e coloca Hildon como “grande salvador”

On : --

Prefeito abandonou audiência para viajar à Miami onde participou de casamento da filha em plena crise dos transportes. Episódio rendeu bate-boca em redes sociais e ameaças de processo. E ainda, Marcos Rocha leva sonora vaia em sua primeira aparição pública

Mudanças

O jornalista Gérson Costa assume a direção de comunicação da Assembleia Legislativa de Rondônia no lugar de Eliênio Nascimento. A mudança veio com a nova Mesa, presidida por Laerte Gomes (PSDB). O ex-deputado estadual Cleiton Roque (PSB) vai ficar na diretoria financeira da Casa. Gérson foi secretário municipal de esportes em Porto Velho, foi editor de política do Diário da Amazônia e do extinto Folha de Rondônia e editava o eletrônico Rondoniagora. Experiente e bem relacionado, deve dar um gás nas relações entre o legislativo e a imprensa.

Levou vaia

Marcos Rocha levou uma sonora vaia na posse dos deputados estaduais ocorrida na última sexta-feira, 1, em Porto Velho. Reflexo de seu fiasco como comunicador de Facebook. ..

Deputada sofre onda de ataques nas redes sociais por uso de decote ao tomar posse

On : --

Ana Paula da Silva, que foi prefeita de Bombinhas por dois mandatos, disse que preconceito precisa ser desconstruído

A roupa usada pela deputada estadual Ana Paula da Silva, conhecida como Paulinha (PDT), durante a cerimônia de posse no dia 1º de janeiro na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) provocou repercussão nas redes sociais. O macacão vermelho com decote foi alvo de milhares de comentários, muitos deles ofensivos. A parlamentar já foi prefeita de Bombinhas, no Litoral Norte, duas vezes.

Uma foto tirada no dia da posse e postada pela deputada numa página de rede social já teve mais de 8,5 mil comentários e 6,2 mil compartilhamentos. As ofensas vieram de várias partes do país. Um dos comentários foi feito por um homem que se identificou como policial militar.

Em entrevista à NSC TV, ela disse que sempre usou roupas justas e decotadas e que não vai ser agora que chegou à Alesc que vai mudar.

Comentários postados na página da deputada Ana Paula da Silva (PDT-SC), ap..