Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

testando

On : --

teste do gutenberg Anúncios

Anúncios

Marcos Rocha manda prender servidores públicos; coronel da PM também recebe voz de prisão

On : --

O clima anda tão ruim entre a PM e os agentes que, nesta terça-feira, o coronel Fábio Alexandre, interventor dos presídios nomeado pelo governador, recebeu voz de prisão em flagrante no Panda porque estaria cometendo abuso de autoridade

A estratégia do governador Coronel Marcos Rocha (PSL) de jogar policiais militares contra agentes penitenciários está fazendo o clima esquentar entre as duas categorias.

Nesta terça-feira, a direção do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia (Singeperon) , em gravação publicada no Facebook pela presidente da entidade sindical, durante manifestação da categoria no Cenro Político e Administrativo de Rondônia (CPA), denunciou arbitrariedades e perseguições que estariam ocorrendo contra servidores públicos por ordem direta do coronel governador.

Segundo Dahiane Gomes, presidente do Singeperon, a mando do governador, a Polícia Militar prendeu, de forma arbitrária, sem nenhuma base legal, agentes penitenciários. Ela não deu mais detalhes sobre o..

STF autoriza Lula a sair da prisão para se encontrar com familiares em São Bernardo

On : --

Ex-presidente poderá se encontrar com a família em Unidade Militar. Ele pediu à Justiça para deixar a prisão para acompanhar enterro do irmão Vavá, que morreu na terça-feira (29)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de plantão no recesso do Judiciário, autorizou nesta quarta-feira (30) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a deixar a prisão para se encontrar com familiares em São Bernardo Campo (SP).

Genival Inácio da Silva, o Vavá, como era conhecido, morreu na manhã desta terça-feira (29), aos 79 anos.

Toffoli assegurou o direito de Lula de se encontrar com os familiares em Unidade Militar em São Bernardo, com a possibilidade de que o corpo de Vavá seja levado até lá.

O corpo de Vavá, contudo, já foi sepultado no início da tarde desta quarta (30), no Cemitério Paulicéia, em São Bernardo do Campo.

“Por essas razões, concedo ordem de habeas corpus de ofício para, na forma da lei, assegurar, ao requerente Luiz Inácio Lula da Silva, o direito de se encon..

Lula decide não deixar a prisão para se encontrar com familiares: ‘Seria um vexame’, diz advogado

On : --

Saída do ex-presidente da cadeia foi autorizada pelo presidente do STF, Dias Toffoli, nesta quarta-feira (30). Vavá morreu na terça (29)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não deixar a prisão, em Curitiba, nesta quarta-feira (30), para encontrar familiares em uma unidade militar, após a morte de um de seus irmãos. Genival Inácio da Silva, conhecido como Vavá, morreu de câncer na manhã de terça-feira (29), aos 79 anos.

“Seria um vexame”, disse o advogado Manoel Caetano Ferreira, em entrevista concedida em frente à Superintendência da Polícia Federal (PF), onde Lula está preso desde 7 de abril de 2018. Ele disse que o ex-presidente não se submeteria a essa decisão avaliada como tardia.

A saída do ex-presidente foi autorizada no início da tarde pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de plantão no recesso do Judiciário. O corpo de Vavá foi enterrado às 13h em São Bernardo do Campo (SP).

Lula havia pedido na terça-feira para comparecer ao enterro..

Flávio Bolsonaro diz “não ter mais nada para falar sobre Coaf”

On : --

Ele foi questionado por jornalistas sobre quando iria ao Ministério Público dar explicações para movimentações bancárias consideradas atípicas. Senador se disse vítima de perseguição

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou nesta quarta-feira (30) que não tem mais nada a dizer sobre os relatórios do Conselho de Controle de Atividade Financeiras (Coaf) que apontaram movimentações bancárias suspeitas nas contas dele e de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Ele foi ao Congresso no início da tarde para fazer registro biométrico, procedimento de praxe no início do mandato. Flávio foi questionado por jornalistas quando iria ao Ministério Público do Rio de Janeiro para dar esclarecimentos sobre as movimentações apontadas como suspeitas. Ele era aguardado no dia 10 de janeiro, mas não compareceu.

“Eu já falei o que tinha para falar, não tem novidade nenhuma”, afirmou o senador.

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro abriu procedimento investigatório criminal para apurar o caso, m..

Câmara dos Deputados reiniciará trabalhos com nova composição partidária

On : --

O reinício dos trabalhos legislativos na Câmara dos Deputados será marcado por um novo balizamento de forças entre os 30 partidos com representantes eleitos para esta legislatura (2019-2023).

O resultado das eleições de outubro de 2018 mostra PT e MDB com bancadas reduzidas em relação à legislatura anterior; e partidos até então com pouca representatividade, como o PSL, com mais espaço na Casa.

O MDB teve a maior perda, saindo de 65 deputados eleitos em 2014 para apenas 34 parlamentares em 2018. O PT, que em 2014 elegeu 69 deputados, perdeu 15 cadeiras na última eleição e terá 54 deputados.

Por outro lado, o PSL – partido do presidente da República, Jair Bolsonaro – saiu de 1 deputado eleito em 2014 para 52 deputados em 2018. O estreante Partido Novo, que não tinha representantes eleitos, conquistou 8 vagas no último pleito.

Composição da Câmara

O reequilíbrio de forças tem impacto direto no funcionamento da Casa, uma vez que o tamanho de uma representação partidária impacta diret..

Hildon Chaves deixa audiência sobre transporte coletivo para ir ao casamento da filha

On : --

Trabalhadores decidem pedir demissão em massa e consórcio SIM diz não ter mais condições de atuar

A audiência de conciliação, ocorrida na manhã desta quarta-feira(30), na Vara da Fazenda Pública de Porto Velho, entre o Consórcio SIM, Prefeitura da capital, Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transportes Coletivo Urbano – Sitetuperon e Ministério Público não chegou a um acordo em relação a situação do transporte público na cidade.

Apesar do resultado não ser o que a população esperava, um dos fatos que mais chamou a atenção foi a postura do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, que não ficou até o final da audiência.

O motivo alegado por ele, atropelando a fala do advogado da prefeitura, e diante de todos foi, no mínimo, inusitado. “Eu não posso ficar mais. Eu tenho o casamento da minha filha”, disse retirando-se do local. Quem estava na sala de audiência, ficou perplexo e só restou desejar uma boa viagem ao mandatário da cidade.

Após a saída repentina de Hildon Chaves do ..

Índios dizem que filha adotiva de Damares foi roubada de aldeia, diz revista

On : --

Damares apresenta Lulu, hoje com 20 anos, como sua filha adotiva, mas a adoção na verdade foi roubo de criança

Índios da aldeia Kamayurá, localizada no centro da reserva indígena do Xingu, no norte do Mato Grosso, afirmaram à revista Época que a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, levou Kajutiti Lulu Kamayurá, à época com seis anos, irregularmente da tribo. Damares apresenta Lulu, hoje com 20 anos, como sua filha adotiva, mas a adoção nunca foi formalizada legalmente, conforme a própria ministra já admitiu em entrevista à TV Globo.

Segundo os índios, Lulu deixou a aldeia levada pela amiga e braço direito de Damares, Márcia Suzuki, sob o pretexto de fazer um tratamento dentário na cidade, mas nunca mais voltou. Márcia fundou, junto com Damares, a ONG Atini, cuja bandeira é salvar crianças indígenas do infanticídio. “Márcia veio na Kuarup (festa tradicional em homenagem aos mortos), olhou os dentes todos estragados (de Lulu) e falou que ia levar para t..

Condenado a quase 30 anos de prisão, ex-presidente da ALE/RO é solto com menos de 2 anos no regime fechado

On : --

Natanael Silva cumpre pena de 14 anos e 8 meses, e tem uma segunda condenação com sentença de 15 anos

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Natanael Silva está solto. Ele foi preso em março de 2016 na cidade de Abadiânia (GO) onde ficou dois anos foragido, após ter sido condenado em 2014 pelo Superior Tribunal de Justiça a 14 anos e 8 meses de prisão em regime fechado.

Natanael também foi ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e condenado por peculato combinado com vários outros artigos do código penal como coação, com o objetivo de paralisar a ação da justiça e destruir provas e supressão de documentos públicos. Natanael queimou documentos e arrancou computadores no momento do cumprimento dos mandados de busca e apreensão.
A ação, datada de 2003, refere-se a provas coletadas no ano de 2001, quando Natanael era presidente da ALE. Mediante cheque depositado em banco no valor de mais de 600 mil reais, o dinheiro público oriundo da Assembleia foi desviado para c..

Posseiros armados invadem terras indígenas em RO dizendo “Bolsonaro agora é presidente”

On : --

Presidente da Funai fez viagem de emergência para Rondônia, onde povos Karipuna e Uru-Eu-Wau-Wau estão sob ameaça

O presidente da Funai, Franklimberg de Freitas, fez uma viagem de emergência para Rondônia para monitorar de perto a escalada de violência entre indígenas dos povos Karipuna e Uru-Eu-Wau-Wau e posseiros armados da região, que estariam inclusive atirando para ameaçar os indígenas. Segundo Freitas, os indígenas relataram ter ouvido dos posseiros que invadiriam as terras porque “agora Bolsonaro é presidente”.

“Algumas lideranças indígenas dos povos Karipuna e Uru-Eu-Wau-Wau, que relataram dificuldades que estão passando em razão das frequentes invasões de posseiros interessados em atuar como na extração de madeira e no garimpo ilegais”, afirmou Franklimberg.

A equipe da Funai tirou a foto de uma placa da terra dos Uru-Eu-Wau-Wau, com marcas de bala. Devido ao risco que os posseiros representam, Franklimberg quer o apoio da Polícia Federal.

“Vamos acionar os órgãos de segur..