Bebê de 4 meses é estuprado no Paraná; pai e irmão são suspeitos

Duas pessoas envolvidas em um crime sexual de um bebê de 4 meses foram ouvidas nesta quinta-feira (5), pela Polícia Civil do Paraná. A criança foi internada e diagnosticada com uma doença sexualmente transmissível na última semana. Havia sêmen na vagina da vítima. Os suspeitos, o pai dela, 42 anos, e o pai de outra irmã do bebê prestaram depoimento. O irmão, de 13 anos, também investigado, deve ser ouvido ainda hoje. O caso aconteceu em Ponta Grossa, interior do estado.

De acordo com informações do Extra, a investigação deu início após denúncia da mãe da menina, no último dia 28, que foi à delegacia e mostrou uma foto da região íntima da filha com uma secreção incomum. A suspeita era infecção urinária, no entanto, depois dos exames realizados foi constatada a DST. A mulher acabou sendo presa por haver um mandado de prisão contra ela em 2015 por assalto à mão armada.

A delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), Ana Paula Cunha de Carvalho, disse que a mãe estava nervosa no primeiro depoimento à polícia. “Ela afirmou que queria encontrar o culpado pelo crime, mas ao mesmo tempo não nos passou todas as informações que nos ajudariam a solucionar esse caso. Ela disse inclusive que não era mais usuária de drogas, o que foi desmentido por todas as testemunhas que ouvimos”, afirmou, acrescentando que ela será ouvida novamente na próxima semana.

Fonte: noticiasaominuto

 

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário