Bebê morre após comer bolo que seria levado para o pai em presídio

Todos os ingredientes utilizados na preparação do bolo vão passar por análises. O caso ocorreu no Acre

Uma bebê de 1 ano e 11 meses morreu após comer um pedaço de bolo, que seria levado para o pai no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira (AC). Segundo informações da polícia, o quitute foi feito pela mãe de Kethelly Katrinny. O caso ocorreu nessa quarta-feira (25/4).

O corpo da menina foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco e será submetido a exames cadavéricos. Além disso, todos os ingredientes utilizados na preparação do bolo vão passar por análises. Dois adolescentes, primos de Kethelyn, também comeram o quitute passaram mal.

O pai, que está preso, ficou transtornado ao saber da morte da filha. Segundo um parente, em entrevista ao G1, o homem tentou, inclusive, se matar dentro do presídio. Já a mãe está em estado de choque e não entende como isso aconteceu. O médico que atendeu a bebê no hospital diz que houve intoxicação alimentar. A polícia investiga o caso.

Fonte: metropoles

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário