Bebê tem pé e pontas dos dedos amputados após ser internado com pneumonia em SP

A Polícia Civil instaurou um inquérito por suspeita de erro médico depois que um bebê teve o pé esquerdo e as extremidades dos dedos das mãos amputados ao ser internado com pneumonia na Santa Casa de Franca (SP).

A família do menino Miguel, de 1 ano, afirma que o procedimento ocorreu por complicações causadas pela aplicação errada de um antiviral e pela negligência dos profissionais diante da piora do bebê, durante a internação entre dezembro e janeiro.

“Eu só queria que ele melhorasse, porque eu confiei nos profissionais, mas eles são irresponsáveis. Aquela pediatria não tem capacidade de ter nenhuma criança”, afirma a técnica de enfermagem Lucimar Pereira Bueno, mãe da criança.

No final do mês passado, o menino chegou a ser internado novamente na Santa Casa e submetido a uma traqueostomia devido a problemas respiratórios decorrentes de uma nova pneumonia, mas foi liberado no início deste mês e se recupera bem, segundo a mãe.

O delegado Luiz Carlos da Silva, responsável pelas investigações na Polícia Civil, espera laudos do Instituto Médico Legal (IML) e pareceres do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Conselho Regional de Medicina (Cremesp). O caso foi registrado como lesão corporal culposa.

A Santa Casa informou que tomou todos os cuidados necessários e que o paciente perdeu parte dos tecidos e passou pelas amputações devido a uma infecção grave no organismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *