Vitor Belfort, após mais de 20 anos no MMA, vai parar. Na tarde desta quinta-feira (11), o lutador brasileiro anunciou que o combate deste fim de semana contra o jamaicano Uriah Hall, válido pelo UFC St. Louis, será o último da carreira.

A partir da próxima semana, o “Fenômeno” se dedicará a novas atividades ligadas à modalidade, mas longe da dura rotina de um atleta profissional de MMA (Artes Marciais Mistas).

“Vou começar segunda-feira [15], quando começo a abrir as franquias da academia. Estou investindo no meu negócio. É hora de descansar meu corpo e abrir as academias. Estou focado na minha segunda jornada”, afirmou o lutador brasileiro em conversa com jornalistas.

Aos 40 anos, Belfort se dedicará agora a sua própria academia, a Belfort Lifestyle. O lutador tem planos de expandir o conceito de seu novo negócio e afirma que apenas uma oferta muito interessante o faria voltar ao octógono.

“Muito dinheiro, muito dinheiro [para voltar]. Bota milhões nisso. Vou estar sempre treinando, me dedicando às pessoas. Vou estar sempre preparado. Gosto de fazer isso, é meu estilo de vida. Mas tem que ser muito interessante, estou muito insatisfeito com essa decisão. Falar de 10 milhões para cima. Começar a conversa aí”, prosseguiu.

Sobre a carreira, o ex-campeão meio-pesado e peso-pesado do UFC disse não se importar com a maneira em como será lembrado pelas próximas gerações.

“Fiz o meu melhor. Errei, acertei. Chegou o momento de passar em transição para a segunda jornada. Como vou ser lembrado, na realidade, é como o próximo vai lembrar de como você era. O princípio de tudo é estar satisfeito com você mesmo”, completou.

Com informações da Folhapress.

Redação Painel Político

Redação Painel Político

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *