Biel é condenado a pagar R$ 4.400 por injúria

O pagamento deve ser único e a instituição a ser beneficiada ainda será definida

O clima pesou para o cantor Biel. Envolvido em escândalos recentes, ele foi condenado nesta segunda (10) a pagar R$ 4.400 a uma instituição de caridade, após o processo de injúria movido pela jornalista Giulia Pereira. Segundo Ana Paula Cortez, advogada da jovem, Biel tem até 30 dias para fazer o depósito em conta judicial do Estado. O pagamento deve ser único e a instituição a ser beneficiada ainda será definida, segundo o EGO.

A advogada contou que, após a audiência com juiz, realizada no Juizado Especial Criminal (Jecrim), na região da Barra Funda, em São Paulo, Biel pediu para conversar com Giulia e pediu desculpas à jovem.

“Ela aceitou e disse que só esperava que ele tivesse aprendido a lidar com o ser humano e explicou que não era nada pessoal. Os dois conversaram ao nosso lado, sem nenhuma intervenção dos advogados. Zeramos esse assunto”, contou.

Ana Paula disse ainda que a jornalista se emocionou durante conversa com Biel. “Isso já era esperado… Ela só queria que ele aprendesse a tratar bem as pessoas”, afirmou.

Biel foi à audiência acompanhado do pai e do advogado. “O advogado dele disse acreditar que ele realmente tenha mudado e que ele tem um coração bom. Espero que tenha aprendido mesmo”, comentou Ana Paula.

O cantor foi acusado de assédio pela repórter Giulia Pereira, então funcionária do portal IG de fazer comentários considerados abusivos durante uma entrevista. Biel chegou a convidá-la para ir a um motel.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário