Bloqueio do Whatsapp aconteceu porque MP é incompetente para tomar celulares de presos

Foram promotores de São Bernardo do Campo que pediram o bloqueio do WhatsApp em todo o país. Há tempos, o MP-SP vinha pedindo ao Facebook, proprietário do serviço, o conteúdo de trocas de mensagens entre traficantes do PCC, e alguns marginais que estão presos.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Como não obtiveram resposta, os promotores pediram à Justiça o bloqueio e um juiz de São Paulo concedeu o pedido. Coisas de um país que não respeita sua população. “Punir os milhões de usuários que usam corretamente o Whatsapp é como a cortar o fornecimento de água de um bairro inteiro porque uma torneira de uma casa está vazando e o dono não aceitou consertar.” Esta é a opinião do advogado especialista em direito digital, Adriano Mendes.

Pior ainda é que o Ministério Público deveria promover uma campanha para instalar bloqueadores de celular em presídios, ao invés de  pelo caminho mais absurdo, que é o de pedir suspensão de serviços.

 

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário