Bolsonaro “tira onda” com Maria do Rosário por ela estar em Lista de Fachin; assista

O deputado federal ironizou a colega e ainda provocou: “A petralhada vai chorar a noite toda hoje”

Com ação penal aberta contra ele por incitar o crime de estupro e por injúria, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) gravou um vídeo ironizando a deputada Maria do Rosário (PT-RS). Em meio a risadas, ele diz que não está na lista de políticos que tiveram pedido de abertura de inquérito autorizados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), e faz chacota com o nome da parlamentar.

“Meu nome não está aqui de novo. A petralhada vai chorar a noite toda hoje. Mas têm duas pessoas maravilhosas aqui: Carlos Zarattini (PT) e Maria do Rosário. Mas o que é isso, Maria do Rosário? A Papuda lhe espera!”, disse.


Jair Bolsonaro tira onda com lista de Fachin por painelpolitico

Bolsonaro responde como réu em ação penal por ter dito, em 2014, durante discurso no plenário, que Maria do Rosário “não merecia ser estuprada”. Além disso, declarou em um jornal no dia seguinte: “Ela é muito feia, não faz meu gênero, não a estupraria”. Bolsonaro recorreu da ação penal, mas em março deste ano a 1ª Turma do STF ratificou a abertura da ação contra ele.

O relator dos processos, ministro Luiz Fux, afirmou que as declarações de Bolsonaro sobre a deputada eram “reprováveis” e “geram indignação”. Fux não considerou a imunidade parlamentar no caso e deu prosseguimento ao processo.

Maria do Rosário está na lista divulgada esta terça-feira (11/4) pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. Ela faz parte de grupo de 108 pessoas dos 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao STF com base nos depoimentos de 40 dos 78 delatores do Grupo Odebrecht.

Com a autorização da abertura de inquérito, o Ministério Público Federal coletará provas e indícios de que os parlamentares cometeram os crimes e apresentará a denúncia ao STF. Caso a denúncia da PGR seja recebida pelos ministros, os acusados passam à condição de réus.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário