Brasileira é vítima de estupro coletivo na Itália

O caso ocorreu no dia 25 de setembro, mas foi divulgado apenas nesta segunda-feira, após a prisão dos suspeitos

Uma brasileira de 48 anos foi espancada e estuprada por três pessoas em um barraco perto da estação Tuscolana, na periferia de Roma, capital da Itália. A identidade da vítima não foi divulgada.

O caso ocorreu no último dia 25 de setembro, mas foi divulgado apenas nesta segunda-feira, após a prisão dos suspeitos: um argelino de 27 anos, um tunisiano de 31 e uma romena de 23, namorada de um dos agressores.

A vítima havia dado entrada no pronto-socorro em estado grave, alegando ter sido espancada, sequestrada e violentada pelo grupo por se recusar a fazer sexo com os homens. Com as mãos amarradas para trás, ela foi estuprada até desmaiar.

Quando acordou, descalça e sangrando, percebeu que os criminosos dormiam e escapou. Os três suspeitos também são acusados de terem roubado um cidadão tunisiano na mesma região de Roma.

(Com ANSA)

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *