Kaique Luan Ribeiro Guimarães foi condenado a oito anos de prisão, segundo o G1

São Paulo – O goiano Kaique Luan Ribeiro Guimarães faz parte de um grupo de dez pessoas que foram condenadas, na Espanha, por envolvimento com uma célula jihadista ligada ao Estado Islâmico, segundo o site G1.

Guimarães foi condenado a oito anos de prisão. O grupo foi preso por planejar ataques em Barcelona, e outros membros do grupo (cinco marroquinos e quatro espanhóis) tiveram condenações de oito até 12 anos.

A mãe de Kaique Guimarães, Amaurinda Ribeiro, disse à GloboNews que vai recorrer da condenação e que acredita na versão do filho, de que estava passando férias na Turquia.

Ainda de acordo com a GloboNews, o brasileiro estava tentando atravessar a fronteira da Turquia para chegar a Síria quando foi detido na Bulgária e levado de volta para a Espanha. Isso aconteceu em dezembro 2014. Desde então, ele estava aguardando julgamento.

O jovem de Formosa, em Goiânia, foi com a família morar na Espanha em 2006. A família vivia na Catalunha, uma região de 200 mil habitantes perto de Madri.

Lá, ele se converteu ao Islã. Segundo entrevistas de amigos da família ao Fantástico em 2015, depois que ele passou a frequentar a mesquita, se afastou dos familiares e conhecidos.

Fonte: exame

Painel Político

Painel Político

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *