Capixaba faltou 14 das 22 reuniões como membro de comissão de fiscalização

CFFC está analisando temas importantes, como os impactos da Operação Lava-Jato na economia do país; faltas não tem justificativas

O deputado federal Nilton Capixaba (PTB) é membro titular de uma das mais importantes comissões que estão em funcionamento [su_frame align=”right”] [/su_frame]atualmente na Câmara dos Deputados, a de Fiscalização Financeira e Controle, que vem promovendo audiências públicas e debates para tratar, entre outros temas, dos impactos que a Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, que está em sua 14ª fase, vem causando a economia do país e nos índices de desemprego. Mas o deputado rondoniense, ao que tudo indica, não está muito preocupado com essas questões. A comissão reuniu-se 22 vezes esse ano e o parlamentar faltou 14 dessas sessões, ou seja, 63.63% de faltas. Mas o deputado rondoniense também integrar outras 3 comissões e é membro suplente de mais duas. E ele costuma faltar as reuniões de praticamente todas.

Leia também:

Deputado apresenta atestado de doença e vai para a campanha

Capixaba e Confúcio são denunciados por reunião com servidores

Agora em 2015, foram realizadas um total de 34 reuniões e Capixaba vem acumulando uma série de faltas, a grande maioria (29.4%) sem justficativas, e ele explicou suas ausências em apenas 2.9%.

Em 2014, em plena campanha eleitoral, o deputado Nilton Capixaba havia apresentado atestado médico para não comparecer as sessões da Câmara, ele dizia estar “em tratamento de saúde”. Porém, em seu perfil no Facebook, o parlamentar aparecia em diversas cidades do interior, realizando campanha. Na época, o pedido de afastamento para “tratar de problemas de saúde” foi de 45 dias.

 

Imagens das faltas do deputado em 2014:

Nilton CapixabaNilton Capixabaa

Nilton Capixaba 2Nilton Capixaba 4Nilton CapixabaNilton Capixaba1Nilton Capixaba3

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *