Carrasco do Estado Islâmico é morto por forças americanas

Os Estados Unidos lançou, na noite desta quinta-feira (12), um ataque aéreo com drones em Raqqa, na Síria, contra o britânico Mohamed Emwazi, o ‘Yihadi John’ (Jihadista John), apontado como responsável pelas decapitações de reféns ocidentais em nome do Estado Islâmico. O anúncio foi feito pelo chefe de imprensa do Pentágono, Peter Cook.

‘Jihadista John’ é um dos terroristas mais procurados do mundo, desde que foi identificado como autor das decapitações de sete ocidentais, entre eles os jornalistas James Foley e Steven Sotloff, em agosto e setembro de 2014, respectivamente. Além deles, Emwazi também foi identificado nos vídeos da execução do agente humanitário britânico Savid Haines, do taxista britânico Alan Henning e do agente humanitário americano Abdul-Rahman Kassig, conhecido como Peter.

Peter Cook ainda não anunciou se o ataque foi bem-sucedido, mas a rede de televisão americana “ABC News” afirma que fontes do governo americana deram “Jihadi John” como morto.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

2 thoughts on “Carrasco do Estado Islâmico é morto por forças americanas

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: