Sobe para 370 total de mortos devido a inundações na Índia

Milhares de soldados da Marinha, das Forças Aéreas, do Exército e da Força Nacional de Resposta a Desastres participam dos trabalhos de resgate

O número de mortos por conta das fortes chuvas e inundações que castigam, desde o dia 29 de maio, o estado de Kerala, na Índia, subiu para 370, dos quais 230 foram vítimas nos últimos 12 dias. O porta-voz do Departamento de Informação do Governo de Kerala, Pratheesh Sr. Mony, confirmou o balanço de mortos e situou em 724.649 as pessoas que estão abrigadas nos 5.645 acampamentos de emergência montados na região.

“O foco deve estar agora na provisão de ajuda como comida, água e remédios, e na restauração de serviços essenciais como eletricidade, gasolina, telecomunicações e transporte, depois que a água das inundações baixaram”, disse ontem à noite – em comunicado – o Ministério de Interior indiano.

Milhares de soldados da Marinha, das Forças Aéreas, do Exército e da Força Nacional de Resposta a Desastres participam dos trabalhos de resgate e das operações para socorrer pessoas isoladas e levá-las para acampamentos. Contam para isso com dezenas de helicópteros e aviões, além de centenas de lanchas. “As operações (de resgate e ajuda) continuarão até que a situação se normalize”, concluiu o departamento. O alerta vermelho na região foi cancelado.

Fonte: bandab

Pó de macaco: A droga que faz as pessoas pularem de prédios

A polícia britânica alertou que o uso da substância chegou a níveis epidêmicos na cidade de Stoke, na região central da Inglaterra.

“À noite eu não saio, porque é quando as pessoas drogadas tendem a sair”, diz Molly Lawton, uma chef de 19 anos da cidade de Stoke, localizada na região de West Midlands, ao programa Victoria Derbyshire da BBC.

“Você vê pessoas sob efeito do pó de macaco chacoalhando seus braços, gritando e berrando. [À noite] isso pode me assustar até à morte.”

O pó de macaco é uma droga da classe B que está em circulação há vários anos.

Mas agora os serviços de emergência de Stoke estão preocupados porque ela está se tornando uma epidemia.

A droga pode impedir que os usuários sintam dor e faz com que eles tenham alucinações – tornando-os altamente imprevisíveis.

O que a diferencia, no entanto, é que seus efeitos podem durar dias.

Pó de macaco é vendido por £ 2 a porção (o equivalente a R$ 10)

A polícia foi chamada para atender casos em que as pessoas correram em direção a carros e pularam de prédios.

Ninguém até agora morreu. Mas há a preocupação de que seja apenas uma questão de tempo para que isso ocorra.

Vendido por £ 2 a porção (o equivalente a R$ 10), o pó de macaco é usado por muitos moradores de rua da cidade.

Molly Lawton diz que tem medo de andar pelo centro de Stoke à noite por causa dos usuários da droga

Um homem, que se identificou como Ferreiro, disse que usa a droga há um ano.

Aos 31 anos, ele que mora nas ruas há 10 anos, diz que essa é uma das drogas mais potentes que ele já experimentou.

“Eu odeio o fato de que eu gosto dela. Eu odeio toda vez que eu uso, mas eu ainda uso”, diz ele, desejando que não fosse viciado.

“Está em toda parte. Há muitas pessoas nisso.”

‘O pior que já vimos’

Jeff Moore, superintendente da polícia de Staffordshire, disse que o órgão atendeu a 950 chamados relacionados à droga nos últimos três meses.

“Frequentemente, vemos a paranoia – exemplos de pessoas se jogando no trânsito, pulando de pontes e prédios altos, entrando nas casas das pessoas”, diz ele.

“Do ponto de vista das drogas, essa é a pior que já vimos. É a consequência não apenas de usar a droga, mas também de pessoas colocando a segurança dos outros em risco.”

Ele disse que foi difícil para os policiais lidarem com ela, uma vez que as pessoas sob o efeito da droga são muito imprevisíveis. Moore pediu uma abordagem mais ampla dos problemas sociais e de saúde pública que contribuem para o seu uso.

Smithy conta ter usado a droga durante um ano

“Não se trata apenas de um grupo de pessoas que estão desabrigadas e na cidade”, acrescentou ele, dizendo que pessoas de diferentes origens e idades também a usavam.

‘Pessoas escondendo armas’

Darren Murinas, um ex-traficante de drogas que trabalha com o grupo Expert Citizens, diz que anteriormente ele vivia com três pessoas usando a droga.

“Esses caras usavam crack e heroína, mas pararam por causa do preço”, diz ele.

Certa vez, conta ele, um rapaz que morava com ele “pensou que havia alguém sob as tábuas do assoalho atrás dele e não dormiu por dias”.

“Eu vi a droga induzir uma psicose – pessoas escondendo armas porque estavam com medo”, acrescenta.

Murinas diz que conhece uma pessoa que está “constantemente no hospital” por ser viciada na droga, e outra com trauma cerebral grave.

“Precisamos começar a registrar esse problema para que possamos obter os dados”, diz ele.

“E precisamos olhá-lo com uma lente de um problema de saúde mental, não apenas de polícia”.

O segurança Ari diz que a droga está dificultando a vida das empresas no centro da cidade

O Ministério do Interior disse que sua estratégia antidrogas “estabelece uma abordagem equilibrada que reúne a polícia, a saúde, a comunidade e parceiros globais para combater o tráfico ilícito de drogas, proteger os mais vulneráveis ​​e ajudar aqueles com dependência de drogas a se recuperarem e mudarem suas vidas”.

Entre aqueles que vivem no centro da cidade de Stoke, muitos têm visto os efeitos visíveis da droga.

O segurança Ari diz que está causando problemas para as empresas na área.

Charlie, um estudante de 18 anos que experimentou a droga algumas vezes, cujo sobrenome foi preservado, diz que nunca mais a tomaria.

“Eu me senti estranho”, diz ele, lembrando seus efeitos. “Eu senti, na primeira vez que tomei, como se eu estivesse andando como um zumbi. Não é inteligente.”

Ele diz que tem feito esforços para educar estudantes sobre os perigos da droga em sua faculdade, uma vez que a cidade se torna mais consciente de seus efeitos.

Para Molly, a maior preocupação é que a situação piore.

“Há muito dela porque os traficantes estão vendendo por apenas 2 libras (R$ 10) cada porção”, diz ela.

“Com isso tão barato, vai ter muito mais na região de Stoke também”.

Fonte: bbc

Atrasado para voo, homem liga para a polícia e inventa que havia bomba no avião

O incidente ocorreu no dia 11 de maio deste ano

Um homem foi preso por ligar para a polícia para dizer que tinha uma bomba em um avião, no aeroporto de Gatwick, em Londres, só porque estava atrasado para seu voo. As informações são do jornal inglês “The Guardian”.

O bibliotecário Jacob Meir Abdellak, 47, avisou que havia uma ameaça de bomba em um voo da companhia aérea Norwegian Air, com destino a Los Angeles (EUA), oito minutos antes da decolagem.

O homem não tinha conseguido chegar ao aeroporto e, por isso, criou essa maneira desesperada de atrasar o voo. A aeronave, de fato, decolou apenas uma hora e meia depois do previsto, por causa da falsa ameaça. O incidente ocorreu no dia 11 de maio deste ano.

No entanto, Abdellak não viajou, porque o embarque já tinha sido encerrado. No guichê da companhia aérea, ele acabou agindo de forma agressiva com os funcionários que se recusaram a deixá-lo entrar no avião.

Dias depois, empregados do aeroporto rastrearam a ligação anônima que avisava sobre a falsa bomba e chegaram à conclusão de que a chamada tinha sido feita do mesmo telefone que Abdellak usara para fazer sua reserva.

Quando o bibliotecário retornou a Gatwick para embarcar em outro voo com destino aos EUA, foi preso. Na última terça-feira (14), foi condenado a dez meses de detenção e a pagar uma multa pela mentira.

Inicialmente, Abdellak negou ter sido o autor da denúncia da bomba. O bibliotecário, que é cidadão francês, afirmou que havia perdido o chip de seu celular dias antes da ligação e que, por isso, a chamada não poderia ter sido feita por ele.

Porém, mais tarde, confessou ter feito uma falsa comunicação à polícia. O inspetor-chefe da polícia de Gatwick, Marc Clothier, descreveu as ações de Abdellak como ridículas.

“Como estava atrasado para o voo, ele achou que seria uma boa ideia ligar para fazer uma falsa ameaça de bomba. Esta foi a pior decisão que ele poderia ter tomado. Suas ações causaram medo e angústia entre os passageiros e tripulantes a bordo daquele voo”, afirmou.

“A sentença de Abdellak serve como um aviso para outros de que esse tipo de comportamento não será tolerado e de que os infratores serão tratados com firmeza”, completou.

Fonte: uol

Inundações na Índia deixam mais de 320 mortos

Balanço desta sexta-feira reúne vítimas que morreram em uma semana no estado de Kerala. Governo local já considera inundação a pior do século.

O número de mortos em uma semana de inundações no estado de Kerala, um dos mais turísticos na Índia, subiu para 324 mortos nesta sexta-feira (17), anunciou o governo local. Mais de 200 mil pessoas estão desabrigadas e precisaram buscar acampamentos, segundo a BBC.

O ministro-chefe de Kerala, Pinarayi Vijayan, indicou em um tuíte que seu Estado “enfrenta as piores inundações em um século, com a perda de 324 vidas”. Mais cedo, a administração do Estado descreveu a crise como “extremamente grave”.

O governo do estado disse que muitas pessoas foram vítimas dos deslizamentos de terra.

As operações de resgate, que mobilizam centenas de pessoas, foram reforçadas. Cerca de 30 de helicópteros do exército e 320 embarcações participam nas operações de salvamento de pessoas que ficaram isoladas pelas inundações. Milhares delas já foram salvas, mas 6.000 ainda se encontram isoladas.

Soldados da Marinha Indiana participam de operação de resgate em uma área inundada em Kerala, na Índia, nesta sexta-feira (17) (Foto: Sivaram V/ Reuters)

Segundo o ministro-chefe de Kerala, 223.139 pessoas sem moradia foram abrigadas em 1.500 acampamentos improvisados.

Milhares de indianos precisaram fugir para lugares mais altos. O governo fez um apelo para que as pessoas não ignorem as ordens para deixar suas casas.

Alerta vermelho

Como há previsão de mais chuva forte, o aeroporto foi fechado. A presidência de Kerala voltou a advertir aos 33 milhões de habitantes deste estado meridional: “Todos os distritos, excetuando o de Kasargod, estão em alerta vermelho. As chuvas torrenciais podem afetar 13 distritos. Todos os seus habitantes devem estar muito atentos”, informou a equipe de Vijayan em sua conta do Twitter.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, anunciou nesta sexta-feira ter tratado com Vijayan a situação das inundações, que começaram na semana passada.

“Me deslocarei nesta noite (de sexta-feira) em Kerala para examinar a situação”, prometeu Modi em uma mensagem no Twitter.

Ajude-nos

Cresce o número de habitantes que pedem ajuda nas redes sociais.

“Minha família e a dos vizinhos sofrem graves problemas por causa das inundações na região de Pandanad Nakkada, assegurou Ajo Varghese em uma publicação que viralizou no Facebook. Não temos “nem água nem comida”, lembrou. “Os telefones celulares não funcionam. Ajudem-nos, por favor!”, acrescentou.

Um dirigente local confirmou que o problema nas linhas telefônicas dificulta o contato com os habitantes afetados pelas inundações que precisam de ajuda de maneira urgente.

Chuvas de monções

No estado de Kerala, famoso por suas praias paradisíacas, costuma chover com muita intensidade durante a estação das monções, mas as precipitações foram especialmente fortes este ano.

Mais de um milhão de turistas visitaram Kerala no ano passado, segundo dados oficiais.

Fonte: g1

Homem mata e esconde mulher grávida e 2 filhas em tanques de gasolina

Antes de os corpos serem encontrados, o marido chegou a dar entrevistas nas quais mostrava-se preocupado com o desaparecimento

Um americano é o principal suspeito de matar a esposa grávida de 4 meses e as duas filhas em casa antes de esconder os três corpos em tanques de gasolina para abafar o odor da putrefação.

Christopher Watts, de 33 anos, é acusado de assassinar Bella, de 4, Celeste, de 3, e a mulher, Shannan, 34, e ocultar os cadáveres no campo de petróleo Anadarko Petroleum, no norte do estado americano de Colorado, segundo o canal Denver 7.

As vítimas foram encontradas na tarde desta quinta-feira (16/8) e estavam desaparecido desde o começo da semana. Agora, Watts está sendo acusado de homicídio e adulteração de evidências. Os procuradores ainda não divulgaram qual a causa da morte, nem as razões.

Um amigo da família, contudo, disse à revista People que havia discordâncias entre o casal e registros públicos apontam que eles enfrentaram problemas financeiros, chegando até mesmo a falir em 2015. Eles conseguiram se restabelecer, afirma o Denver Post, citando viagens caras mostradas nas redes sociais.

Antes de os corpos serem encontrados, o marido chegou a dar entrevistas nas quais mostrava-se preocupado com o desaparecimento e esperançoso pelo retorno dos familiares. Chris foi preso ainda na quarta (15/8) e não foi estipulada fiança. “Este é absolutamente o pior cenário que qualquer um de nós poderia imaginar”, afirmou John Camper, do Colorado Bureau of Investigation, ao anunciar que Shanann havia sido achada. Com informação da People.

Fonte: metropoles

EUA iniciam testes clínicos em humanos para vacina contra zika

Essas vacinas são aquelas que têm micro-organismos vivos ou debilitados e cujo propósito é provocar resposta defensiva do corpo para prevenção de doenças

Os Institutos Nacionais da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos iniciaram testes clínicos em humanos para uma vacina experimental contra o vírus da zika desenvolvida por pesquisadores do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (Niaid, na sigla em inglês).

“O Niaid segue comprometido com o desenvolvimento de vacinas seguras e efetivas contra o vírus da zika, e estamos felizes de começar os testes clínicos com uma vacina atenuada”, afirmou nesta quinta-feira em comunicado o diretor do instituto, Anthony Fauci.

Essas vacinas são aquelas que têm micro-organismos vivos ou debilitados previamente e cujo propósito é provocar uma resposta defensiva do corpo para a prevenção de certas doenças.

Atualmente, não estão disponíveis vacinas autorizadas para a infecção pelo vírus da zika, que é transmitido aos humanos principalmente pela picada de um mosquito infectado e também através do sexo, mas vários centros se encontram em diversas etapas de desenvolvimento.

O teste inclui um total de 28 adultos sadios com entre 18 e 50 anos que serão avaliados no Centro de Pesquisas de Imunização da Universidade Johns Hopkins em Baltimore (Maryland) e no Centro de Testes de Vacinas da Universidade de Vermont.

A equipe dirigida pelo cientista Stephen Whitehead, do Niaid, utilizou técnicas de engenharia genética para desenvolver um chamado vírus quimérico, criado através da combinação de genes de vários vírus.

O vírus quimérico está vivo, porém atenuado, por isso não pode provocar a doença nos receptores. Quando é injetado no corpo, o vírus enfraquecido deve provocar uma resposta do sistema imunológico.

A primeira fase dos testes clínicos analisará a resposta imunológica nos participantes e avaliará a segurança da vacina experimental, cujos resultados foram “promissores” em testes anteriores em macacos, de acordo com os cientistas.

Todos os 28 participantes serão distribuídos aleatoriamente para receber uma única dose subcutânea da vacina experimental (20) ou um placebo (oito).

Nem os participantes, nem os pesquisadores, saberão quem está recebendo a vacina experimental.

Depois da vacinação, os participantes receberão um diário para registrar sua temperatura em determinados momentos e suas amostras de sangue. Além disso, outros indicadores serão analisados durante seis meses.

Os pesquisadores estudarão essas amostras para ver se os participantes desenvolvem ou não anticorpos em resposta à vacina experimental.

Fonte: exame

Assessora de Schumacher desmente que ex-piloto esteja se mudando para Espanha

Sabine Kehm avisou que o ex-piloto alemão vai seguir o tratamento em sua casa na Suíça, onde mora desde 2002

Do IG – Nesta semana, a revista “L’Illustré” divulgou a informação de que Michael Schumacher estaria deixando sua residência na Suíça , onde está desde 2002, para seguir seu tratamento em uma mansão localizada nos arredores da cidade de Mallorca, na Espanha.

A prefeita de Andratx, Katia Rouarch , região espanhola onde está localizada a mansão onde Schumi iria morar, foi quem revelou a mudança. “Posso confirmar, oficialmente, que Schumacher vai se instalar em nosso município e que todos estaremos preparados para recebê-lo bem”, disse a política.

A suposta nova residência do alemão já pertenceu a Florentino Pérez , atual presidente do Real Madrid. Vale lembrar que o ex-piloto mora na cidade de Gland, na Suíça, onde vem sendo tratado por médicos 24 horas por dia nos últimos anos.

Segundo o diário espanhol “Mundo Deportivo”, a mansão em Mallorca foi comprada recentemente pela família do piloto alemão por 30 milhões de euros (R$ 132 milhões) e tem uma área total de 3 mil metros quadrados.

A assessora de Michael Schumacher não deu nenhuma informação adicional sobre o estado de saúde do ídolo da Fórmula 1 .

O acidente de Schumacher

Michael Schumacher ao lado da sua esposa Corinna
Divulgação

Michael Schumacher ao lado da sua esposa Corinna

Em 29 de dezembro de 2013, quando estava de férias na França, o heptacampeão de F1 perdeu o controle de seus esquis e bateu com a cabeça em uma pedra, sofrendo um grave traumatismo craniano, sendo resgatado de helicóptero e levado com urgência para o centro médico de Moutier.

Desde setembro de 2014, Michael  Schumacher  deixou o hospital e recebe tratamento em sua residência, na Suíça. Até hoje, pouco se sabe sobre o verdadeiro estado de saúde do ex-piloto.

Homem sofre fratura peniana após ‘ereção eterna’ causada por viagra

Criança pulou sobre o pai para acordá-lo durante manhã, mas, como ele sofria de uma ‘ereção eterna’, a queda resultou em uma fratura no pênis

Do IG – Um homem de 36 anos, morador da região de Uttar Pradesh, na Índia, sofreu uma fratura peniana após seu filho pular sobre ele para acordá-lo enquanto sofria de uma ‘ereção eterna’. Segundo informações do portal Daily Mail, o acidente aconteceu depois do indiano tomar comprimido de viagra e pênis não ‘voltar ao normal’.

O paciente com a fratura peniana , cujo nome não foi divulgado, procurou um hospital dois dias depois do acidente reclamando de muitas dores, além da deformação e inchaço no pênis. Ele explicou aos médicos que teve uma “ereção eterna” depois de tomar o medicamento, pois o efeito permaneceu mesmo após fazer sexo com a esposa e se masturbar.

Como não conseguiu resolver a questão, ele acabou dormindo. Mas não esperava que seu filho, ainda criança, decidiria pular sobre seu corpo para acordá-lo na manhã seguinte. Ao fazer isso, o menino caiu em cima da ereção e causou danos à estrutura do órgão genital.

No hospital, o homem passou pela triagem e foi encaminhado para o centro cirúrgico, onde a equipe do médico Deepanshu Sharma, responsável pelo caso, encontrou e reparou um rasgo em seu corpo cavernoso (tecido esponjoso que armazena o sangue durante uma ereção).

Ao publicar o caso em uma revista científica, os especialistas explicaram que o paciente não sofreu danos permanentes, mas demorou seis semanas para conseguir ter uma ereção e ficou com o pênis com o “formato de berinjela” após todo o caso.

Fraturas penianas normalmente acontecem durante relações sexuais ou masturbações e, em 50% dos casos, são identificadas com dores fortes e o som de algo sendo quebrado. Elas precisam de cirurgia para serem reparadas e podem deixar sequelas.

Na maioria dos casos, os pacientes ficam estéreis e sofrem com dores durante o sexo para toda a vida.

Considerados muito raros, cerca de 1,6 mil casos foram registrados na literatura médica mundial desde 1924, o que pode ser entendido como 16 ocorrências de uma fratura peniana por ano.

Os chocantes casos de abuso cometidos por ‘padres predadores’ contra centenas de menores nos EUA

A Suprema Corte da Pensilvânia publicou relatório em que afirma que cerca de 300 sacerdotes da Igreja Católica abusaram sexualmente de mais de mil menores de idade em seis dioceses do Estado americano.

E segue: “Para muitos de nós, esse tipo de histórias ocorreram em outro lugar, em algum lugar distante. Agora sabemos a verdade: ocorreram em todas as partes”.

Essas histórias são as de mais de mil menores de idade, possivelmente mais, que foram abusados sexualmente ao longo de 70 anos por cerca de 300 padres de seis dioceses do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Esses abusos ocorreram, segundo detalha o relatório divulgado pela Suprema Corte da Pensilvânia, “enquanto funcionários eclesiásticos tomavam medidas para encobri-los”.

Conheça a seguir detalhes de seis destes casos presentes no documento de 900 páginas do júri da Pensilvânia.

1. Um abuso disfarçado de ‘exame de câncer’

Cerca de mil menores de idade – talvez mais – foram vítimas de abusos ao longo de 70 anos – AFP/GETTY

Um padre em Erie, Chester Gawronski, acariciava sexualmente as crianças e dizia que o fazia para “checar se tinham câncer”.

Em 1997, depois de serem apresentadas queixas contra ele, Gawronski entregou à diocese uma lista de 41 possíveis vítimas e confirmou que havia feito o “exame de câncer” em menos 12 crianças relacionadas ali.

O padre confessou voluntariamente ter cometido abusos sexuais em múltiplas ocasiões e, ainda assim, de 1997 a 2002, ele permaneceu na ativa no clero e repetidamente foi transferido para outras paróquias.

2. ‘Por favor, ajude-me, abusei sexualmente de uma criança’

Um dos padres, Michael Lawrence, disse ao monsenhor Anthony Muntone: “Por favor, me ajude, abusei sexualmente de uma criança”.

Muntone registrou a confissão em um memorando confidencial escrito à mão. E, mesmo depois do registro, a diocese afirmou: “Essa experiência não será necessariamente um trauma terrível para a vítima”.

O padre Lawrence permaneceu na ativa na Igreja por anos sob o comando de três diferentes bispos.

O arcebispo Wuerl enviou aos padres da Pensilvânia uma carta em que alertava sobre o conteúdo ‘perturbador’ do relatório

3. O padre que engravidou uma jovem de 17 anos

O padre Raymond Lukac engravidou uma jovem de 17 anos, falsificou a assinatura de um pastor em uma certidão de casamento e se divorciou pouco depois de ela dar à luz.

Apesar de ter feito sexo com uma menor de idade, tido um filho com ela, se casado e divorciado, foi permitido que Lukac permanecesse na Igreja enquanto a diocese buscava “um bispo benevolente em outro Estado disposto a aceitar o predador e a escondê-lo da Justiça”.

4. Uma criança nua na casa do pároco

O padre Joe Pease abusou repetidamente de uma criança quando ela tinha entre 13 e 15 anos.

Funcionários da diocese encontraram em uma ocasião a vítima nua na casa onde o pároco vivia, mas Pease disse que era uma “brincadeira” e que “não havia ocorrido nada sexual”.

A diocese escreveu então em um dos seus memorandos confidenciais: “Por hora, estamos em um impasse: são alegações e não admissões”.

O padre teve de fazer tratamentos indicados pela Igreja, e foi permitido que ele voltasse à ativa por mais sete anos.

O ex-arcebispo de Washington, Theodore McCarrick, renunciou após acusações de que abusou de um menor nos anos 1970

5. Vítimas identificadas por cruzes de ouro

Um grupo de ao menos “quatro padres predadores” teria estabelecido um vínculo emocional e abusado sexualmente e de forma violenta de menores.

Uma das crianças teria sido forçada a ficar nua em uma cama e a posar como Cristo em uma cruz. Os padres fotografaram a vítima e incluíram essas imagens em uma coleção de pornografia infantil.

Para facilitar a identificação das vítimas, eles davam presentes às suas crianças favoritas: cruzes de ouro que elas deveriam usar no pescoço – esses itens indicavam que as vítimas estavam sendo preparadas para serem abusadas.

6. O padre que providenciou um aborto para sua vítima

O padre Thomas Skotek abusou de uma jovem e a engravidou. Ele mesmo providenciou depois um aborto para ela.

O bispo James Timlin expressou o que sentia em uma carta: “Este é um momento muito difícil em sua vida e me dou conta de quão amargo é. Compartilho de sua dor”.

A carta, entretanto, não era endereçada à vítima, mas ao padre.

‘O padrão foi de abuso, negação e ocultação’, afirmou procurador-geral da Pensilvânia

Estes são só alguns dos muitos exemplos incluídos no documento. E, como destacou o procurador-geral do Estado, Josh Shapiro, ao apresentar o documento, os casos “demonstram claramente que houve um abuso corrupto e desmedido”.

“O padrão foi de abuso, negação e ocultação”, afirmou Shapiro.

E o pior, destacou ele, é que ainda que a lista de padres que cometeram abusos seja longa, “não acreditamos que o relatório abrange todos”.

“Temos certeza de que muitas vítimas mais nunca se apresentaram para testemunhar”, afirmou o procurador.

Fonte: bbc

Em recuperação após acidente, Michael Schumacher se mudará para a Espanha

O ex-piloto da Ferrari completará 50 anos no final do ano

Michael Schumacher será transferido para a Espanha. Ele e sua família viverão agora na ilha de Mallorca. O heptacampeão mundial teve uma série de lesões na cabeça enquanto andava de esqui e ficou em coma por um longo período de tempo.

O Tweet diz: “Gravemente incapacitado por quase cinco anos, o ex-campeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher se mudará para a Espanha. Todos os detalhes poderão ser descobertos esta manhã nas bancas”.

Sua esposa, Corina, comprou uma mansão em Andratx no início deste ano por aproximados 30 milhões de euros. A casa já pertenceu ao presidente do Real Madrid, Florentino Perez.

O ex-piloto da Ferrari completará 50 anos no final do ano. Durante seis meses em 2013, ele esteve em coma e está se recuperando desde 2014. É provável que sua condição esteja melhor se ele estiver bem o suficiente para viajar até a Espanha. O prefeito de Andratx, Katia Rouarch, falou ao ‘L’illustre’.

“Eu posso confirmar oficialmente que Michael Schumacher vai se estabelecer na nossa comunidade e que tudo estará pronto para recebê-lo.”

O alemão inicialmente se aposentou da F1 em 2006, mas assinou com a Mercedes em 2010, onde correu duas temporadas ao lado de Nico Rosberg.