Brasil registra 7 demissões por minuto

De acordo com a revista Exame, estão sendo registradas 7 demissões por minuto no país, e esse número vai dobrar. De acordo com a reportagem, entre 2015 e 2016, 2 milhões de pessoas devem engrossar a fila do desemprego, o que é um recorde na história do país.

Nesta quarta-feira a Microsoft anunciou que vai fechar sua fábrica em Manaus, o que vai representar 1.200 postos de trabalho à menos. As varejistas Casas Bahia e Pontofrio anunciaram o fechamento de 31 lojas em todo o país.

LEIA MAIS NA COLUNA PAINEL POLÍTICO

Jornalista Solano Ferreira assume ação social do município

O Rondoniagora informa que o jornalista Solano Ferreira filiado ao PDT e funcionário do senador Acir Gurgacz (que também é dono do PDT), é o novo secretário de Ação Social de Porto Velho.

A indicação de Solano faria parte de uma estratégia política envolvendo PSB (Nazif) e PDT, de olho nas eleições de 2016 e 2018. PAINEL POLÍTICO informa a seus leitores que o PDT tem um grande problema, que é a falta de nomes. A coisa é tão séria que nas últimas eleições municipais, a legenda se viu obrigada a indicar Dalton di Franco como vice de Mauro Nazif.

Resta saber como vai se comportar o senador Acir Gurgacz em relação a essas “novas lideranças” que seu partido vem tentando construir.

PAINEL POLÍTICO apóia esta causa

O senador Acir Gurgacz (PDT) informou que está agendada para o dia 26 de outubro uma diligência da Comissão de Infraestrutura do Senado na BR-319, que liga Porto Velho a Manaus. No entanto, diante do embargo das obras de manutenção e recuperação da rodovia, anunciados pelo Ibama neste final de semana, estamos trabalhando na possibilidade de realizar uma audiência pública do Senado, com a participação das assembleias legislativas e das bancadas federais de Rondônia e do Amazonas ao final desta diligência ou até mesmo em data anterior.

“Estou agora em contato com o Dnit Nacional, que ainda não foi notificado oficialmente, e com o Ibama, para saber do que se trata esse embargo. Não podemos admitir que uma rodovia que já existe desde a década de 1970 seja abandonada, dificultando a integração da Amazônia e o desenvolvimento regional”, afirmou Gurgacz.

Para o senador, “a reabertura desta rodovia representa novos caminhos para a sustentabilidade na Amazônia. Ela vai estimular o comércio, o turismo e a agricultura na região e também será um importante instrumento de proteção da floresta”.

PAINEL POLÍTICO apóia a reabertura dessa estrada e defende ainda a construção da ferrovia interligando todos os estados. Isso é desenvolvimento. Chega de atraso!

Desorganização da CAERD deixa servidoras sem exames do Hospital do Câncer

Pois é, em pleno Outubro Rosa, mês escolhido para a conscientização e massificação de exames de câncer de mama, as servidoras da CAERD ficaram sem fazer os exames devido a bagunça promovida pela direção da empresa. A carreta do Hospital do Câncer de Barretos estava agendada para realizar 60 mamografias e 50 papanicolau no estacionamento da CAERD, na última terça-feira, porém quando ela chegou, a direção da empresa se recusou a disponibilizar pontos de energia elétrica para o funcionamento do equipamento.

A carreta, que poderia estar atendendo em outros locais (a fila de espera é enorme) perdeu o dia por essa atitude descabida.

A carreta segue para o interior e vai estar em Ji-Paraná nesta quinta-feira e depois segue por todo o Cone Sul do Estado.

PAINEL POLÍTICO acha que a diretoria da CAERD deveria ser toda demitida por causa dessa irresponsabilidade. As servidoras terão que esperar no fim da fila agora.

Nota de apoio da Unasul quer dizer uma coisa, nada!

Ernesto Samper, secretário-geral da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) foi recebido por Dilma Roussef ontem (13) e prestou todo seu apoio a presidente que o povo brasileiro não quer mais. Para Samper, Dilma “é uma pessoa honesta, foi eleita constitucionalmente e, obviamente, esperamos que todos os temas políticos sejam tratados dentro do Congresso, dentro da Constituição, dentro da lei e em respeito às normas universais sobre legítima defesa”, disse Samper à saída do palácio.

Pois é. Samper foi presidente da Colômbia e esteve envolvido no chamado Processo 8000, um escândalo em que foi acusado de receber dinheiro do narcotráfico para sua eleição.

PAINEL POLÍTICO acredita que esse tipo de apoio não melhora em nada a já complicada situação presidencial. A Unasul apóia Dilma, mas falta o apoio da população, que não aguenta mais pagar as contas das pedaladas petista.