Justiça do Rio manda soltar Doutor Bumbum

On : --

Cirurgião Denis Furtado responde a processo por homicídio doloso duplamente qualificado da bancária Lilian Calixto, e associação criminosa

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum , deixará a prisão, no Rio de Janeiro, ainda nesta quarta-feira (30). O cirurgião, que foi preso no ano passado, só aguarda a chegada do seu alvará de soltura ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do estado.

A decisão de soltar o Doutor Bumbum foi tomada pelos desembargadores da 7ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (29). Denis estava preso preventivamente desde julho do ano passado, acusado de ser o responsável pela morte da bancária Lilian Calixto, ocorrida no mesmo mês, após a realização de um procedimento estético.

Em seu habeas corpus, os magistrados resolveram substituir a prisão por medidas cautelares como a proibição de deixar o Rio de Janeiro sem autorização da Justiça e de sair de casa à noite. O médico também deverá se apresenta..

Anúncios

Irmão da dupla Zezé e Luciano, Wellington Camargo é preso em Goiânia por não pagar pensão

On : --

Segundo Polícia Civil, irmão de Zezé e Luciano foi encaminhado à Central de Flagrantes e levado à unidade prisional de Senador Canedo, na Grande Goiânia

O cantor Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé di Camargo e Luciano, foi preso, na terça-feira (29), por não pagar uma pensão alimentícia, em Goiânia. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, ele foi levado à Central de Flagrantes da corporação e, na sequência, foi encaminhado à Unidade Prisional de Senador Canedo, na Região Metropolitana da capital.

Wellington Camargo foi preso pela Polícia Militar na noite de terça-feira, no Jardim América, na região sul de Goiânia. O cantor se separou de Yara Silva em 2017. No registro do sistema da Polícia Civil, conforme informou a assessoria da corporação, consta que a prisão foi por dívida de uma pensão alimentícia, mas não revela a quem nem o valor.

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) informou que não tem como se pronunciar sobre o assunto, pois casos desta natureza tram..