Cerca de 200 famílias são despejadas de imóveis invadidos em Porto Velho

Reintegração está sendo cumprida nesta quinta-feira (28) pela PM. Imóveis estão com obras paradas desde dezembro de 2017.

De acordo com informações da PM, o local tem 269 casas e cerca de 200 imóveis foram invadidos pelas famílias há cerca de dois meses, antes mesmo de serem entregues pelos verdadeiros donos. Uma decisão da Justiça de Rondônia autorizou a reintegração das casas.

O processo de desocupação segue pacífico e também é acompanhado pela prefeitura de Porto Velho, que ainda não se manifestou sobre o assunto.

Algumas das famílias retiradas do residencial estão sendo levadas para a Escola Estadual Flora Calheiros, mas outras estão indo para casas de parentes.

Famílias estão sendo levadas para quadra de esporte (Foto: André Oliveira/Rede Amazônica)

Pró-Moradia Leste
O residencial está com cerca de 60% das obras concluídas, mas as atividades estão paralisadas desde de dezembro do ano passado, quando a empresa desistiu da obra.

Todas as casas já têm moradores cadastrados e estes esperam o término da obra para poderem morar.

Fonte: g1/ro

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário