Ciro Gomes vai se filiar ao PDT com planos para eleições de 2018

O ex-ministro vai assinar a ficha de filiação no partido de Carlos Lupi no dia 18 de setembro

De olho em se candidatar em 2018, o ex-deputado Ciro Gomes acertou basta sexta-feira (4) sua filiação ao PDT. A candidatura foi acertada em reunião do comando do partido em Brasília e Ciro, que deixará o PROS, assinará sua ficha de filiação no próximo dia 16.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]No dia 30, haverá um ato em Fortaleza, base de Ciro, para marcar sua chegada ao partido. Lideranças do PDT apostam em Ciro como nome forte, capaz de emplacar uma candidatura à Presidência da República.

A ida de Ciro para o PDT deve ainda carregar seu irmão, o ex-governador do Ceará, Cid Gomes, além de outros parlamentares e políticos de seu grupo no Ceará.

A mudança do PROS para o PDT foi costurada com a colaboração do presidente do partido, Carlos Lupi, além do líder do partido na Câmara, André Figueiredo, presidente do partido no Ceará.

Com a chegada de Ciro ao PDT, o cenário pré-eleitoral para 2018 já conta com nomes como Marina Silva (que espera trocar o PSB por seu partido, a Rede), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e os tucanos Aécio Neves e Geraldo Alckmin.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário