Coligação PSB/PTC pede impugnação do vice de Léo Moraes

Amado Rahal, vice do deputado, teve pedido a impugnação de sua candidatura com base na Lei do Ficha Suja em ação movida pela Coligação Porto Velho Mais Forte 2 – PSB/PTC

Apesar do Ministério Público ter emitido novo parecer pelo arquivamento de sua representação, a decisão de arquivar cabe ao juiz, ou seja, o magistrado pode ter um entendimento diferente  e indeferir o registro de Amado.

Se não bastasse isso, ainda tem a ação proposta pela Coligação Porto Velho Mais Forte 2 – PSB/PTC, que possui o mesmo objeto, e que segundo o advogado que a representa, Nelson Canedo, não haverá desistência alguma da ação, pois entende que o vice de Léo Moraes está enquadrado na Lei do Ficha Suja, e se necessário for irá até o Brasília para dirimir a questão.

Sustentam os autores das ações que Amado consta na lista dos gestores que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas, na época em que era Diretor o Hospital de Base, em razão de ter autorizado o fornecimento de marmita para funcionários sem qualquer contrato.

Para Amado, no entanto, a questão está resolvida. Resta aguardar a decisão do TRE, que deve sair nos próximos dias.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário