Coluna – Confúcio desmente Mosquini, “tem empresa que não recebe há 2 anos”

Governo tenta liberar recursos do PROINVEST para quitar débitos com fornecedores. Deputado disse que “em Rondônia não tem atraso”

Nota de esclarecimento

“Em resposta a matéria publicada no site Painel Político em que afirma que a empresa usa cópia sem autenticação do Windows, a Eletrobras Distribuição Rondônia informa que é detentora de contratos ativos junto à Microsoft e que seus computadores estão regulares. Esclarece que o terminal fotografado havia sofrido manutenção corretiva onde foi necessária a reinstalação do sistema operacional Windows, não se tratando de falta de licença e sim apenas ativação, o que ocorreu no decorrer do dia”. Assina a nota a Assessoria de Comunicação Social e Relações Institucionais. Agora caros consumidores, parem de pegar no pé da Eletrobrás. Aquela “chavinha” que aparece pedindo a ativação é descuido do técnico.

"A culpa é do estagiário que esqueceu de ativar o Windows"
“A culpa é do estagiário que esqueceu de ativar o Windows”

E a imparcialidade?

[su_frame align=”right”] [/su_frame]A ministra do Tribunal Superior Eleitoral, Luciana Lóssio pediu vistas ao processo que pode cassar o mandato de Dilma Roussef e Michel Temer. Por enquanto, são 4 votos a favor contra 3 que ainda não foram apresentados, entre eles o de Luciana. O pedido de vistas é um procedimento normal em julgamentos complexos, o que não é bem o caso desse em questão. O processo é cristalino como água e a ministra sabe bem o que está acontecendo. Na verdade ela está tomando uma medida meramente protelatória. A ironia é que Luciana Lóssio foi advogada da campanha de Dilma Roussef em 2010. Eu não sei mas acho que ela deveria se dar por impedida em uma ação dessa natureza…ou estou enganado?

Frase

“Não há futuro viável se condescendermos agora com a corrupção. Não há país possível sem respeito à lei. O que tem sido chamado de espetacularização da Operação Lava Jato nada mais é que a aplicação de fundamental princípio da República: ‘Todos são iguais perante a lei’. Como disse, ‘pau que bate em Chico, bate também em Francisco'”, do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot em resposta ao senador Fernando Collor de Mello, que tentou enquadra-lo nesta quarta-feira durante sabatina no Senado. Collor teve a indelicadeza de trazer à baila o nome do irmão de Janot, que morreu há cinco anos e usar uma infração do falecido para atacar o Procurador Geral. Coisa de gente sem caráter mesmo.

Zoação

Foi dessa forma que os fornecedores do Estado encararam o discurso do deputado federal Lúcio Mosquini na semana passada no plenário da Câmara dos Deputados em relação ao “momento de prosperidade” pelo qual passa o Estado. Vários ficaram revoltados com a afirmativa do parlamentar de que “em Rondônia não tem atraso de fornecedores”. Tem gente mais quebrada que arroz de terceira na praça por culpa da falta de pagamento por parte do governo, e sabe o que é mais curioso? O próprio governador admitiu isso durante reunião para tratar da liberação de mais de R$ 120 milhões que estão emperrados no PROINVEST. Tem fornecedor que está há 2 anos sem receber deputado. Prosperidade só se for nos postos de combustíveis, porque os demais setores…

Exemplo recente?

A empresa que está construindo o presídio provisóriamente batizado de “470 vagas”, aqui em Porto Velho, deve parar as obras ainda esta semana por falta de pagamento. Faltam serem pagos cerca de R$ 2 milhões e pouco menos de 10% para que a obra seja concluída. Os diretores da empresa já comunicaram que não tem como arcar com as despesas caso não recebam esse valor. E o motivo da falta de pagamento é que a SEJUS não fez previsão orçamentária e agora tentam liberar via readequação, em outras palavras, tirar de um lugar e colocar em outro.

Extraído do DECOM

“Durante a reunião o governador explicou que o projeto, que tem como agente financeiro o Banco do Brasil, não encaminha recursos para pagamento há mais de dois anos. “As empresas estão todo este tempo sem receber e fica parecendo que é o Estado que não quer pagar”, declarou. Segundo ele, estes atrasos levaram o Estado a utilizar parte de recursos próprios e mesmo assim, já existem obras paralisadas”. Tá vendo a prosperidade ai Mosquini?

É deputado, não colou...
É deputado, não colou…

Falando em Mosquini

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni se apressou em divulgar desmentido sobre uma articulação para emplacar seu irmão, Jaques no comando do DER, conforme a coluna divulgou. Nós mantemos a informação.

Olha essa

O Estado de Rondônia tem uma legislação ambiental bem clara e atualmente alinhada com a legislação federal, principalmente no quesito liberação de licenças para construções que possam afetar o meio ambiente. Além do mais, qualquer acadêmico de Direito do primeiro período sabe que uma lei estadual não sobrepõe uma federal, e mesmo assim, quando os legisladores locais cometem essas barbeiragens, existe um remédio chamado Ação Direta de Inconstitucionalidade julgada pelo Supremo Tribunal Federal que corrige essas anomalias.

Pois bem

O governo vem tentando alterar a lei estadual no que diz respeito a construção de novas usinas de geração de energia de pequeno porte, que atendem regiões isoladas, como distritos e comunidades de minorias, como quilombolas e algumas tribos. A legislação federal e a estadual dizem que qualquer estação com capacidade de geração igual ou superior a 10 megawatts precisa de um Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA). Isso está previsto na Lei Estadual 890, de 24 de abril de 2000 e na Resolução CONAMA 001/86. Só que o governo agora quer “flexibilizar” esse limite para 16 megawhatts.

Evidente

Que isso tem um objetivo, que é o de atender uma empresa “amiga” que pretende implantar uma unidade de geração de energia elétrica em um distrito de Porto Velho, onde já tem uma operando atualmente, que é da Guascor, que perdeu a licitação, mas precisa manter as operações enquanto a nova não entra em funcionamento. Ocorre que o contrato da Guascor encerra agora em setembro e as obras da nova usina sequer iniciaram, e ainda de quebra, aguarda a alteração na lei. Evidente que isso, ao invés de gerar energia, vai gerar problemas e terminar deixando a população no escuro. Coisas da Rondônia da cooperação.

Do tempo do bumba

O jornalista carioca Antônio Pietrobelli chamou a atenção para uma foto antiga que correu o mundo na época em que Itamar Franco era presidente da República. A imagem é essa que você vê abaixo, da modelo Lilian Ramos ao lado do presidente, fotografada sem calcinha. Mas enquanto todo mundo se distrai com a desinibida da moça, Pietrobelli alerta para o sujeito de azul, do lado esquerdo, que é nada menos que Alberto Youssef, o doleiro preso na Operação Lava-Jato, que já está condenado por lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira, corrupção ativa, além de empréstimos fraudulentos. Itamar Franco faleceu em 2 de julho de 2011. Sabe qual era o partido dele? Isso mesmo, o PMDB.

lilian_youssef
Alberto Youssef em momento de descontração sempre ao lado do PMDB…

Pausa

A Churrascaria Paraná, Pioneira da Capital voltou com o sistema de rodízio de terça à domingo, oferecendo mais de 15 tipos de carne, e grande variedade de saladas. Querprovar o melhor churrasco da cidade? Vai na Paraná, Avenida Nações Unidas, 458.

Proteínas: alimentos de origem animal são mais saudáveis

O tipo de proteína consumida é tão importante para uma dieta saudável quanto a quantidade do composto em si. É o que diz uma revisão publicada recentemente na revista científica Applied Physiology, Nutrition and Metabolism. Todos já sabem que alimentos ricos em proteínas ajudam a perder peso, ganhar massa magra e até a afastar o desejo por alimentos calóricos. Entretanto, nem toda proteína é igual e alguns alimentos proteicos podem ser mais saudáveis do que outros. De acordo com o novo estudo, cada fonte de proteína – do peixe ao amendoim – contém “tipos diferentes” de aminoácidos (os blocos que formam as proteínas). Dos 20 diferentes aminoácidos existentes, nove são essenciais para nosso organismo e só podem ser obtidos por meio de alimentos. A questão é que nem todos os alimentos possuem os nove aminoácidos. No que diz respeito às proteínas de origem animal (carne, ovos, laticínios), quase todas podem ser consideradas boas, pois são constituídas por todos ou a maioria destes aminoácidos. Entretanto, a maioria dos alimentos de origem vegetal contém apenas uma fração dos aminoácidos essenciais. Isso significa que se sua única fonte de proteínas for vegetal, você pode ter deficiência de certos aminoácidos. Rajavel Elango, pesquisador de nutrição e metabolismo da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá e coautor do estudo, explica em reportagem do site americano de notícias Huffington Post que, quando ingerimos proteínas a partir de fontes vegetais, é importante ter uma grande variedade de alimentos para garantir a ingestão de todos os aminoácidos necessários. Além disso, os alimentos trazem vitaminas e minerais junto às proteínas. O que reforça ainda mais a importância em variar o cardápio proteico.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Coluna – Confúcio desmente Mosquini, “tem empresa que não recebe há 2 anos”

  1. Eu acho uma pouca vergonha esse deputado falar que o governo não deve ninguém. Onde já se viu isso? É só conversar com qualquer pessoa, eles estão devendo até vendedor de churrasqueinho.

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: