Coluna – Corrida para governo em 2018 já começou com traições e acordos

E ainda, PGR requenta denúncia contra Raupp, mas não apresenta provas de propina

50

Esse é o número de assessores que o deputado estadual Cleiton Roque nomeou em Pimenta Bueno que estão “dando uma força” para sua esposa, Juliana, que disputa o primeiro cargo público de sua vida. Cleiton tenta criar seu pequeno feudo na cidade, mas desse jeito complica. Ministério Público já está de olho e o deputado e sua esposa/candidata terão que dar muitas explicações em um futuro próximo.

Uso da máquina

É no mínimo uma indecência o uso indiscriminado da máquina pública para custear campanhas eleitorais. O caso de Cleiton é um exemplo claro disso. A cota de assessores indicados pelo parlamentar é absurda. Esse caso tem que ser investigado e punido exemplarmente.

Direto do Planalto

Começamos nesta segunda-feira o programa Painel Político, direto de Brasília. O primeiro programa foi a apresentação do projeto e como vai funcionar. Iremos cobrir as atividades da bancada federal e temas relacionados aos servidores públicos. A apresentação é minha e comentários de Carlos Terceiro. O primeiro programa você confere aí embaixo:

Pressão

O senador Valdir Raupp está ficando em situação delicada junto à Procuradoria Geral da República, que apresentou denúncia na última sexta-feira contra o parlamentar rondoniense. O grande problema desse jogo é que entre os peemedebistas citados, o elo mais fraco da corrente é exatamente Valdir Raupp, e ele pode terminar servindo de bode expiatório para livrar a cara de gente como Renan Calheiros, Romero Jucá e o próprio Michel Temer. As doações que a PGR alega terem sido “propina” foram declaradas, fica complicado acusar baseado apenas em uma delação nessa altura do campeonato. Santo Raupp nunca foi, mas é preciso ter bem mais que apenas citações, são necessárias provas contundentes, do contrário é apenas foguetório.

Crime hediondo

O senador Acir Gurgacz apresentou proposta, que já está em análise na Comissão de Constituição e Justiça para transformar em crime hediondo o assassinato de jornalistas. A proposta é interessante, afinal o Brasil é um dos países mais perigosos para os profissionais de comunicação.

Rompendo

Gurgacz vem trabalhando pesado em seu projeto de disputar o governo em 2018. Ele só precisa combinar com o eleitorado, que anda desconfiado. Não pegou bem o afastamento do senado para que o segundo suplente assumisse. O senador também já deu indicativos de estar rompendo com o PMDB, que ele acreditava ser seu aliado em 2018.

Dependência

E Acir vai precisar, e muito, do PMDB. Caso se confirmem as candidaturas de Mariana Carvalho, Jaqueline (ou Ivo) Cassol, o cenário vai ficar embolado e Gurgacz tende a ficar isolado. Há que se levar em consideração que o PMDB tem um acordo com Maurão de Carvalho, que pode ou não ser cumprido. Por enquanto, Maurão é a noiva traída, mas isso pode mudar se ele conseguir se consolidar dentro do PMDB. Por mais distante que pareça estar, 2018 já começou, ao menos para os que querem disputar o governo.

Malandragem

Um projeto sobre caixa dois em campanhas eleitorais, que pretende criminalizar a prática, pode anistiar quem fez uso deste recurso ilegal nas eleições anteriores. O texto está na pauta de votações da Câmara dos Deputados e foi alvo de polêmica nesta segunda-feira (19). O acordo vem sendo costurado há algumas semanas por grandes partidos, como PMDB, PSDB e DEM, para votar o texto, que foi apresentado em 2007. Alguns deputados defendem incluir no projeto uma emenda para anistiar quem utilizou o caixa dois em todas as eleições anteriores. O projeto está na pauta desta segunda-feira e está rolando a votação.

Clínica Mais Saúde informa – Terapia com luz estimula o desejo sexual masculino

A exposição a luz intensa pode aumentar a satisfação sexual em homens com baixo desejo sexual. De acordo com um estudo apresentado durante o Congresso da Associação Europeia de Neuro psicofarmacologia, realizado entre os dias 17 e 20 de setembro, em Viena, na Áustria, homens com baixa libido submetidos a um tratamento de terapia da luz apresentaram aumento no nível de testosterona e relataram melhora significativa na satisfação sexual. Basicamente, a terapia da luz consiste na exposição do paciente a uma caixa de luz com tubos fluorescentes muito brilhantes – no mínimo dez vezes mais potente do que as luzes domésticas – que simula a exposição à luz solar. Quando o paciente olha para a caixa de luz, ela atinge a parte posterior do olho que transmite mensagens para a parte do cérebro que controla o sono, o apetite, o desejo sexual, a temperatura, o humor, entre outras atividades. O tratamento já é utilizado contra transtorno afetivo sazonal (TAS) e depressão em pessoas que vivem em locais com longos invernos. Apesar dos resultados, os pesquisadores afirmam que ainda é necessário mais pesquisa para a “luz terapia” se tornar um tratamento contra a falta de libido em homens.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Coluna – Corrida para governo em 2018 já começou com traições e acordos

  1. bom dia grande jornalista…na verdade, o Maurão não seria bem a noiva traída., e sim o deslumbrado sem noção….pois, da onde, que passa pela cabeça de alguém, que tenha um pouco de noção dos meandros da política.,que dentre tantos nomes e possiveis ‘”uniões” politicas, o PMDB, iria colocar um neófito para candidato á governo?…o Maurão esta apenas sendo o idiota útil de plantão….simples, assim……sem contar que governo do estado, é muita areia pro caminhão dele…….

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: