Coluna – IPERON acumula rombo de R$ 7 bilhões e pode ficar inviabilizado

Arroz de terceira

O Instituto de Previdência do Estado de Rondônia – IPERON – está quebrado e com um débito, sem correções, de R$ 7 bilhões. Se forem aplicados juros e outras perdas, a conta passa de R$ 20 bilhões e o Estado não tem como pagar. Exemplificando de forma, digamos, criativa, o IPERON está na ante-sala da UTI, respirando com aparelhos e quase em coma. Os técnicos do governo não sabem o que fazer e praticamente todos os dias novos servidores passam a integrar a folha de inativos, que cresce proporcionalmente ao rombo do IPERON.

Consequencia

Do rombo do IPERON é que o Estado fica inadimplente e corre o risco inclusive de perder repasses constitucionais. Além disso, os inativos vão começar a sofrer atrasos em seus pagamentos. O rombo ocorre porque o governo vem deixando de recolher ao instituto, valores que são descontados nos salários dos servidores. A informação partiu de fontes confiáveis e o governo não consegue encontrar uma saída.

Tem mais

O Estado registrou uma queda na arrecadação de quase R$ 800 milhões, deixando os técnicos da SEFIN com um abacaxi para explicar a projeção que era a mais e fechou a menos. Com isso, a máquina administrativa está emperrada e a economia estagnada. Há tempos vínhamos alertando para o descontrole das contas e agora a coisa está apertando. Os fatores responsáveis por essa queda foram a falta de fiscalização na entrada do Estado e a internação de mercadorias na zona de livre comércio de Guajará-Mirim, também sem nenhum controle. Outro ponto fundamental foi a extinção de políticas de incentivo ao setor produtivo, que inviabilizaram a economia. E não se enganem, a coisa vai piorar.

Enquanto isso

Confúcio se ilude com uma pesquisa mostrada por Valdir Raupp e acredita em reeleição.

Ilhas

No governo Confúcio cada secretário manda em sua pasta e nenhum atende ao chefe do Executivo. Dias atrás, Confúcio nomeou uma pessoa que trabalharia na secretaria de saúde. O futuro barnabé chegou no gabinete de Williamens Pimentel, titular da SESAU com seu decreto embaixo do braço para se apresentar ao trabalho. Pimentel rasgou o decreto e disse com todas as letras que quem manda ali é ele. O sujeito foi embora e continua sem trabalhar. Não sei se está sem receber.

Isso acontece

Porque desde o começo do governo da atrapalhação que todo mundo manda e ninguém obedece. E graças a essa caos, o Estado está indo à bancarrota. E quem paga a conta é você, caro leitor.

Podcast

Ouça a coluna:

Oitivas

A irmã da deputada Ana da 8, Luciane Dermani de Aguiar foi ouvida nesta terça-feira na Vara de Delitos de Tóxicos em Porto Velho sobre a Operação Apocalipse, deflagrada pelo governo em julho do ano passado e que causou a maior confusão da história de Rondônia, dada a quantidade absurda de envolvidos supostamente com narcóticos que nunca foram encontrados. Luciane, por algum motivo que ninguém sabe, tem andado com escolta da Polícia Civil. Desde a semana passada que os acusados e testemunhas estão sendo ouvidos.

E falando em testemunhas

Na última segunda-feira, na sala reservada ás testemunhas, um delegado estava orientando os policiais que iriam ser ouvidos. Os advogados comunicaram o juiz, que por sua vez mandou um oficial de justiça verificar a informação. O Oficial encontrou o delegado na sala e isso é ilegal. O magistrado ficou irritado, com toda a razão, e determinou a imediata saída do delegado do prédio e que constasse na ata de audiência tal situação.

Essa trapalhada

Contamina toda a investigação, que já vem sofrendo com a falta de provas materiais. Sem testemunhas, um trabalho imenso pode ser jogado fora por uma simples manobra mal feita.

Não entendi

Porque o boletim informativo da Assembleia Legislativa vem noticiando as viagens feita pelo Padre Ton (que é deputado federal) à região de Guajará-Mirim e Nova Mamoré e Ponta do Abunã. Tudo bem que Ton estava acompanhado de Cláudio Carvalho, mas essa informação não tem nenhuma relevância para a população, até porque a viagem a Guajará e Nova Mamoré foi para tratar de questões partidárias. Será que Ton e Carvalho também receberam diárias de suas respectivas casas legislativas para resolver composição de diretórios petistas?

Tic-tac

Uma figura conhecida em todo o Estado deverá ser presa nas próximas semanas em um caso de arrepiar. E já que o relógio foi acionado, bom ficar atento também às prisões de Kaká Mendonça e Carlão de Oliveira. Só falta o ministro assinar os mandados. Ambos já foram condenados a regime fechado e antes das eleições já deverão estar presos. Eles foram indiciados por desvios da Assembleia Legislativa pela Polícia Federal durante a Operação Dominó. Os parlamentares mantinham uma folha de pagamento paralela sem precedentes na Casa de Leis.

Intervenção

Uma equipe de 12 interventores chegou ao Sebrae de Rondônia para colocar a casa em ordem. Eles devem fechar as regionais do interior por período indeterminado para a realização de auditoria. Cerca de 50% do efetivo do Sebrae também deve ir para a rua. A ordem é acabar com a bagunça que está a entidade em Rondônia, que foi alvo de uma operação policial dada a quantidade de denúncias de malversação de recursos. Para se ter uma idéia, com orçamento de R$ 29 milhões/mês, R$ 9 milhões simplesmente desapareciam sem explicação.

Submersa

Porto Velho está afundando. Literalmente. A região do Cai N’água já está alagada, assim como no bairro Nacional. Moradores e comerciantes estão acumulando prejuízos e todos olham com desconfiança para as usinas. E com toda razão. Até hoje não foram explicados quais os reais impactos causados pelos empreendimentos do governo federal. A coisa está séria, pois as enchentes causam doenças diversas, além é claro, dos prejuízos materiais. As águas devem invadir em breve a Avenida Rogério Weber.

Anuários

E já estamos encaminhando as propostas para os anuários dos advogados e médicos de Rondônia. Contatos para maiores informações podem ser feitos pelos telefones (69) 9363-1909 ou 3225-9979, falar com Murilo.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Para fazer parte de nossos grupos no whatsapp envie um whats para 9248-8911 com a seguinte informação: nome+sobrenome+NOTÍCIAS (apenas para receber informações); Caso queira participar de debates e interagir com os demais membros envie nome+sobrenome+DEBATES; Não incluímos ninguém por indicação, a própria pessoa deve enviar o pedido. Notícias são enviadas até às 22 horas, a partir desse horário só se for algo de grande relevância.

Viagra feminino chega ao mercado

Uma nova pílula apelidada de “Viagra feminino” chega às lojas inglesas este mês com a promessa de aumentar significativamente o prazer sexual das mulheres. À base de ervas, a pílula chamada Lady Prelox contém um extrato de casca de pinheiro francês chamado Pycnogenol e vai custar o equivalente a R$ 132 por 60 comprimidos cor de rosa — o correspondente a um mês de tratamento, já que a indicação é tomar dois comprimidos por dia. O fabricante da Lady Prelox, Nord Pharma, afirma que seu produto “aumenta a libido e a excitação em mulheres”, pois “estimula o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos, bem como o cérebro”. Na Itália, cientistas conduziram um pequeno estudo com 40 voluntários entre 40 e 50 anos e um outro grupo de mulheres entre 37 e 45 anos. Os dois grupos relataram melhora na vida sexual depois de oito semanas.

 

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário