Coluna – Sérgio Morooo!!! O Eletrolão é aqui em Rondônia!!!!

José Dirceu andou por aqui na época da construção das usinas. Até o prefeito de Porto Velho tinha contrato

Relembrar é viver

Quem acompanha o cotidiano político do Estado vai lembrar, e quem estava por fora na época, vai ficar sabendo agora. No dia 25 de novembro de 2009, a coluna PAINEL POLÍTICO informava com exclusividade que o já ex-ministro Chefe da Casa Civil havia estado em Porto Velho entre os dias 20 e 21 daquele mês, para tratar de articular a eleição de Eduardo Valverde, pela Assembléia Legislativa, para ser o governador tampão, caso Ivo Cassol fosse afastado do cargo pelo TSE (o que não aconteceu). O PT contaria com 9 votos, distribuídos da seguinte forma: 3 do próprio partido, Neri Firigolo, Professor Dantas e Ribamar Araújo; 3 do PMDB, Amaury, Marcos Donadon e Edson Martins; 2 do PPS, Ezequiel Neiva e Jair Miotto e o de Daniela Amorim (PTB); Luizinho Goebel estaria sendo sondado também.

Naquele ano

José Dirceu já havia estado aqui na capital, mais precisamente em 3 de abril à pretexto de participar de um evento promovido pelo Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, o Seminário Construindo um Novo Brasil. Na época, Roberto Sobrinho havia sido recém-eleito e a capital enfrentava um problema gravíssimo, as obras inacabadas deixadas por uma empresa que deu calite até em vendedor de churrasquinho, a UNI Engenharia que mantinha fortes relações com os petistas e falava-se, era “cliente” da empresa de consultoria de José Dirceu. A UNI não concluiu as obras da Avenida Vieira Caúla, quem fez uma maquiagem foi a própria prefeitura na época.

Em 27 de outubro de 2011

Uma reportagem exclusiva feita por mim e Paulo Andreoli revelava à população de Porto Velho que o então prefeito Roberto Sobrinho  (PT) era proprietário (de fato) de uma empresa que prestava serviços para a usina de Santo Antônio. Era a V.R. Madeira, que funcionava na casa do próprio Roberto. A princípio ele desconversou, evitava falar sobre o assunto e não atendia os pedidos da reportagem. Até que no dia 4 de novembro daquele ano, durante uma solenidade de inauguração, ele assumiu publicamente, “quer saber se a empresa é minha? Eu sou o dono sim!”. E repetiu, diante de dezenas de testemunhas atônitas, “é minha! Apenas isso, pode anotar no seu caderno que eu sou o dono”. Roberto seria preso dois anos depois, no dia 9 de abril de 2013 e disse, “isso é uma injustiça”.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Esse flashback

Caro leitor, é para fazer com que você pense o seguinte, se Roberto Sobrinho, que era considerado “café pequeno” no jogo do PT tinha uma empresa, cujo valor do contrato com a Santo Antônio nunca foi revelado, e recebia seus pixulecos “legalmente”, imagine quanto dinheiro não circulou por essas terras de Rondon naquele período. E principalmente, o que fazia tanto por aqui o “companheiro” José Dirceu, se não fosse para articular alguma mutreta? Ou você realmente acredita que ele veio tratar de articulação política de Eduardo Valverde ou evento do PT regional? Naquela época a gente acreditava. Agora, com o avanço da Lava-Jato, a conta começa a fechar. Quero ver quando aportar aqui de uma vez por todas.

Quer saber mais?

O pixuleco rolou solto na época da construção das usinas. E teve pixuleco para todo mundo. Os detalhes devem começar a ser divulgados nas próximas semanas quando a Lava-Jato chegar aprofundar no “Eletrolão”. Em Belo Monte já começou a aparecer propina. A empresa Engevix revelou ter pago uma merreca de pouco mais de R$ 500 mil para o PT. A mesma Engevix atuou aqui em Rondônia, e garanto, se ela deu um pixuleco em Belo Monte, ela deu um caminhão de pixulecos nessas bandas…Fica olhando.

Movimentação

Desde a última terça-feira que estão todos alvoroçados com uma operação policial que aconteceria hoje (quarta) e não aconteceu, claro. Boatos de que mais de 200 homens da Polícia Federal estão espalhados pelo Estado, deixaram muita gente sem dormir de ontem para hoje. Acalmem, não vai ser assim, desse jeito que vocês vão ficar sabendo. Já dei a dica, acorda cedo, se arruma e espera. Às 6 horas eles chegam. Estão parecendo peru de véspera, sofrendo antes. Eu ligo o tic-tac primeiro.

Mas já vou avisando

Ir para o Espaço Alternativo disfarçar fazendo caminhada não adianta. Quando eles saem da superintendência agora, passam primeiro por lá. Eu sei, eu vi eles fazendo isso na última operação.

Não é verdade

Que Alex Testoni voltou ao cargo de prefeito esta semana em Ouro Preto do Oeste. A informação, irresponsável, partiu de um locutor da rádio do ex-senador Odacir Soares lá da região. Ele espalhou a notícia em seu programa de rádio, ninguém desmentiu e ficou o dito pelo não dito.

No tapetão

É tanto rolo na história da evasão fiscal que o governo resolveu se meter e extinguir a CPI que está em andamento na Assembleia Legislativa. O PMDB, alegando “não ter sido chamado” para compor a comissão quer acabar com o processo. Acontece que o PMDB foi chamado sim, só que o deputado novato Jesuíno Boabaid, inocente, chamou e não registrou nem em ata nem fez o comunicado no plenário, onde estaria gravado. O assunto voltará a ser debatido após a análise do pedido dos peemedebistas, que será feito pela procuradora da Casa. Depois deverá ir à plenário para votação nominal. O problema é que a “base aliada” está fechada. Por “base aliada” conte 21 dos 24 deputados que estão de tere-tê-tê com Confúcio Moura.

Bom lembrar

Que a companhia do governador atualmente não é das melhores. Que o diga Mauro Nazif que foi obrigado a dar explicações sobre o que ele não sabia à Polícia Federal. Minha vó já me dizia, “quem mal anda, mal acaba”.

Sabe o DER?

Pois é, continua igual. Tudo parado. Até o Anel Viário de Ji-Paraná. Mas os parentes “tá tudo’ empregado.

Em Ji-Paraná

A Polícia Federal colocou fim à baderna promovida pelo MST que confundiu o prédio da Receita Federal com a casa da mãe Joana. Em pouco mais de 6 minutos prendeu um monte e distribuiu uns empurrões, acabando com o tumulto. Passou da hora de encarar o MST como guerrilha e trazer esse povo para a realidade. É inadmissível a postura de alguns membros dessa facção petista, que age impunemente no país, ameaçando e depredando tudo sem o menor pudor. Chega de PT, e chega de MST.

Para contatos

Fale conosco pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no www.painelpolitico.com e www.facebook.com/painel.politico e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon. Whatsapp 9248-8911.

Ficar de pé melhora saúde do coração, diz estudo

Passar mais tempo em pé, em vez de sentado, pode melhorar os níveis do açúcar, gordura e colesterol no sangue, de acordo com um novo estudo publicado nesta sexta-feira no “European Heart Journal”. Pesquisadores da Austrália deram monitores de atividade a 782 homens e mulheres, com idades entre 36 e 80 anos. Os equipamentos podiam determinar quanto tempo cada participante passava dormindo, sentado ou deitado, além de caminhando e correndo. Foram analisadas amostras de sangue, altura, peso e circunferência da cintura. Os pesquisadores então estimaram o impacto na saúde de se substituir o período sentado para o em pé ou andando. Duas horas a mais por dia passadas em pé em vez de sentada reduz em 2% os níveis de açúcar no sangue e em 11% o de triglicerídeos (gordura). Já o resultado de se passar duas horas por dia caminhando em vez de sentado reduziu em 11% o índice de massa corpora e em 7,5 cm, em média, a circunferência da cintura. Além disso, os níveis de açúcar no sangue caíram 11% e os níveis de triglicerídios, em 14% por cada duas horas gastadas caminhando em vez de sentado.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário