Com sanitário gigante na Esplanada, ativistas pedem saneamento básico

Segundo integrantes da ONG SOS Mata Atlântica, a falta de tratamento de esgoto representa a maior parte da poluição das águas no país

Ativistas protestaram contra a poluição das águas da Mata Atlântica, nesta quinta-feira (22), em frente ao Congresso Nacional. No local, integrantes de uma organização não governamental inflaram um balão em formato de vaso sanitário com 12 metros de altura. Eles reivindicam políticas mais eficientes de saneamento básico.

Segundo os ativistas da ONG SOS Mata Atlântica, a falta de tratamento de esgoto representa a maior parte da poluição das águas no país – em pleno século XXI, há mais de 35 milhões de brasileiros sem acesso ao saneamento básico, segundo dados do Ministério das Cidades.

O protesto na Esplanada foi curto. Começou por volta das 9h30 e terminou pouco depois das 10h, quando uma chuva forte fez os cerca de 50 manifestantes deixarem o local.

Fonte: metropoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *