Confúcio silencia sobre impeachment de Dilma

O jornal Folha de São Paulo fez levantamento junto aos 27 governadores e descobriu que 15 deles são contra o processo de impeachment e 9 preferiram não se manifestar com clareza. Já os [su_frame align=”right”] [/su_frame]governadores de Roraima e o de Rondônia, Confúcio Moura, não se manifestaram. Confúcio é do PMDB e amigo pessoal de Michel Temer, mas também apóia a presidente Dilma Roussef. O tucano Geraldo Alckmin (SP) diz que o rito é necessário, e não considera “golpe” o processo de impeachment.

Já na bancada federal, os três senadores de Rondônia também não se manifestaram sobre o assunto. Acir Gurgacz, pedetista e um dos principais cabos eleitorais da presidente no Estado em 2014 não se pronunciou sobre o processo. Valdir Raupp (PMDB), vice-presidente nacional da legenda também tem evitado falar no assunto e Ivo Cassol segue o mesmo caminho.

 

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário