Desenvolvida no Chile, a Yerka utiliza o próprio quadro da bicicleta para formar um sistema de proteção natural contra o roubo

Uma bike que não pode ser roubada parece algo puramente fantasioso, mas os engenheiros chilenos Cristobal Cabello, Andres Roi Eggers e Juan Jose Monsalve acreditam terem tornado realidade a bicicleta à prova de furto. Batizada de Yerka, essa bicicleta tem um sistema de segurança que funciona da seguinte maneira: a parte inferior desmonta, formando uma espécie de proteção natural contra o roubo. Neste [su_frame align=”right”] [/su_frame]caso, o que torna o sistema mais eficiente do que correntes e cadeados é o fato de o ladrão ter que destruir o próprio equipamento para furtá-lo.

Sem poder se apropriar do quadro da bicicleta, restaria ao ladrão tentar furtar as rodas, o que é, porém, bastante improvável também, já que a parte central das rodas só podem ser retiradas com uma ferramenta especial do fabricante.

A bicicleta à prova de roubos é feita de aço e alumínio e pesa 11,5 kg e foi desenvolvida para andar na cidade.
A Yerka está disponível em três cores: rosa, preto e verde. Uma quarta opção de cor virá em breve e a escolha está sendo feita na página da Yerka no Facebook.

O preço da Yerka é de US$ 449. A bicicleta pode ser comprada pela internet, através do site da Yerka. O frete para entrega, porém, pode chegar à US$ 150.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário