Corpo de juiz federal morto em acidente em Rondônia segue para Minas

Desde o início da noite deste domingo amigos, familiares e autoridades prestaram as últimas homenagens ao juiz federal Herculano Martins Nacif, que morreu no sábado em um grave acidente na BR-364, sentido Rio Branco. O velório acontece no prédio da Justiça Federal em Porto Velho, e reuniu centenas de pessoas.

Amigo de Nacif, o juiz Dimis Braga destacou a paixão que o magistrado tinha por Rondônia e que se emocionava quando ouvia o hino do Estado. E foi com a execução do hino que as homenagens foram encerradas, mas o velório segue até o início da manhã de segunda-feira. O corpo será transladado para Belo Horizonte, onde receberá novas homenagens. O juiz será sepultado no Cemitério Parque Bosque da Esperança, na capital mineira.

A morte de Herculano Martins Nacif consternou o meio jurídico rondoniense. Em nota, a OAB destacou o caráter do magistrado, afirmando que a categoria sempre via nele o exemplo de um bom juiz. Associações de classe também se manifestaram, destacando o legado de trabalho e comprometimento com o ser humano, como afirmou nota do Tribunal de Justiça do Estado. “Com um atuar regido pelo mais puro senso de justiça, o notável Magistrado deixa marcada sua passagem pelo Judiciário Federal”, posicionou-se o Ministério Público do Estado.

O acidente

O juiz federal de Rondônia, Herculano Martins Nacif, morreu por volta das 23h50min deste sábado, em um grave acidente no Km 818 da BR-364, sentido Rio Branco, nas proximidades de Mutum Paraná, a 160 quilômetros da Capital. Ele viajava sozinho em uma camionete, confirmou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com o boletim de ocorrência, o juiz saiu da pista e o veículo capotou.

Herculano Martins Nacif era mineiro, de Abre Campo, completaria 52 anos no próximo dia 15 de novembro. Atuava na Justiça Federal desde 2001 e era titular da 5ª vara ambiental e agrária.

Com informações do Rondoniagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *