Cracolândia se expandiu da Luz para mais 7 bairros de SP e pode aumentar, diz MP

Desde o seu surgimento na Luz, região central de São Paulo, em meados dos anos 1990, a Cracolândia só tem se expandido. Atualmente, ela tem ‘filiais’ em outras sete regiões da cidade, aponta levantamento do Ministério Público (MP) obtido pelo G1 que mapeou onde estão essas cracolândias (veja mapa abaixo). Em 2015, além da Luz, a Prefeitura contabilizava mais seis bairros com concentração de usuários de crack. A Prefeitura identificou 22 pontos de usuários de crack após megaoperação na Cracolândia.

Mas esse número de cracolândias pode aumentar ainda mais, segundo o promotor Arthur Pinto Filho, de Direitos Humanos na área da Saúde, já que dependentes químicos da maior Cracolândia, a da Luz, se espalharam pela capital após operação conjunta do governo estadual e da Prefeitura, realizada no domingo (21), para coibir o tráfico na região.

“Ao invés de resolver problea da dependência, espalha pessoas e cria mais cracolândias”, disse na terça-feira (23) o promotor Arthur à reportagem, criticando a ação que provocou a debandada dos usuários da Luz.

Nesta quinta-feira, a Guarda Civil informou que foram identificados 22 pontos em diferentes ruas e bairros após a ação da PM. Novas operações similares às de domingo deverão ocorrer nas outras cracolândias, segundo informou o prefeito João Doria (PSDB).

De acordo com dados atualizados da Promotoria, além da Luz, berço da primeira Cracolândia, a capital possui mais cracolândias nos seguintes bairros: Baixada do Glicério, Santa Cecília, Sé, Santa Ifigênia e Campos Elíseos (no Centro); Cidade Tiradentes (Zona Leste); e Campo Belo (Zona Sul).

 Fonte: g1/sp
Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário